USUÁRIO DE PLANO DE SAÚDE VAI PAGAR ATÉ 40% DE COPARTICIPAÇÃO E FRANQUIA, SEGUNDO NOVAS REGRAS DA ANS

//USUÁRIO DE PLANO DE SAÚDE VAI PAGAR ATÉ 40% DE COPARTICIPAÇÃO E FRANQUIA, SEGUNDO NOVAS REGRAS DA ANS

Os usuários de planos de saúde poderão pagar até 40% do valor de cada procedimento médico realizado. Foram publicadas nesta quinta-feira (28) as regras atualizadas de coparticipação e franquia em planos de saúde. É o que informa o jornal O Globo. Criadas pela ANS, as normas também impõem limites mensal e anual para o quanto os consumidores podem pagar. As mudanças incluem ainda os procedimentos a que os clientes têm direito, sem terem que pagar um valor além da mensalidade do plano. As regras, que constam da Resolução Normativa 433, publicada no Diário Oficial da União, entrarão em vigor em 180 dias e valerão apenas para contratos novos. As duas modalidades já eram previstas pela legislação do setor, mas faltava regulamentação, pois não havia um limite máximo de cobrança estabelecido. A ANS apenas orientava as empresas a não cobrarem mais do que 30%. “As novas regras, portanto, acabam permitindo que as operadoras ampliem esse limite, já que o percentual passa a ser de até 40%”, afirma a notícia.

 

Mortes por diabetes cresceram 12% no Brasil em seis anos, diz Ministério da Saúde



O Brasil registrou crescimento de 12% no número de mortes por diabetes entre 2010 e 2016, mostram dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM). De acordo com o G1, em todo este período, o país registrou 406.452 mortes de brasileiros que tiveram relação com a doença. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (27), quando é celebrado o Dia Nacional de Controle do Diabetes. “O diabetes é uma doença crônica que pode ser evitada, desde que hábitos saudáveis, como uma alimentação adequada e a prática de atividade física, sejam adotados”, diz Marta Coelho, coordenadora de programa de doenças não transmissíveis do Ministério da Saúde. A pasta também divulgou nesta quarta dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) sobre a diabetes. “Segundo o levantamento, entre 2006 e 2017, o número de homens que apresentou diagnóstico da doença cresceu 54%”, destaca a nota.

 

Senador critica demora do Ministério da Saúde em fornecer medicamentos para doenças raras



Preocupado com a falta de medicamentos disponíveis aos pacientes de doenças raras, o Senador Humberto Costa (PT-PE) criticou a lentidão do Ministério da Saúde para a compra e liberação de remédios e afirmou que os doentes não podem ficar à mercê de problemas administrativos e burocráticos da administração pública. Segundo o Blog da Cidade em Foco, o parlamentar ressaltou que é um direito de cada cidadão brasileiro portador dessas enfermidades acessar os medicamentos que, comprovadamente, melhoram a condição de vida. Diante do quadro, ele promoveu uma audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, na terça-feira (26), que debateu sobre a preocupação com a falta dos medicamentos Aldurazyme (laronidase), Myozyme (alfa-alglicosidase) e Fabrazyme (beta-agalsidase). Humberto observou que tudo começou a partir do momento em que várias decisões judiciais obrigaram o Ministério da Saúde a fornecer os medicamentos. “Mas, segundo ele, ao invés de realizar uma dispensa de concorrência, a pasta optou por licitar. Humberto avaliou que, sem a Declaração de Detentor do Registro, há risco de liberar lotes falsificados de medicamentos”, informa a matéria.

 

Microsoft anuncia novos investimentos em nuvem e inteligência artificial para saúde



Estado de S.Paulo destacou que a gigante de tecnologia, Microsoft, anunciou nesta quarta-feira (27), mais um passo importante em sua reorganização ao criar uma nova área dedicada a criar soluções em nuvem e de inteligência artificial para atender o mercado de saúde. A nova divisão, que terá o nome de Microsoft Healthcare, atenderá médicos e clínicas especializadas, será comandada por Jim Weinstein, ex-presidente do sistema de saúde Dartmouth-Hitchcock. Outro reforço da empresa é Joshua Mandel, ex-Google, que agora atua como arquiteto chefe do negócio de saúde da companhia. Mandel será responsável por desenvolver uma plataforma em nuvem aberta que será oferecida para provedores de assistência médica. “Estamos confiantes de que muitos aspectos das bases de tecnologia para a área de saúde migrarão dos consultórios e clínicas dos médicos para morar na nuvem”, explicou Peter Lee, diretor da Microsoft Healthcare ao site de tecnologia The Verge.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Percentual de homens com diabetes cresce no Brasil 

 

Ministério da Saúde – Atuação de profissionais de psicologia na SESAI é premiada em Congresso Internacional de Saúde

 

ANS – ANS define regras para cobrança de coparticipação e franquia em planos de saúde

 

INCA – Cadernos de Psicologia recebe trabalhos inéditos para publicação

 

Fiocruz – Preparatório Abrascão 2018: “é preciso criar uma nova utopia construtiva”

 

Anvisa – Aberta CP sobre Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira

 

ALESP – Seminário reúne especialistas em saúde pública para debater o câncer

 

ALESP – Ampliação de academias adaptadas a pessoas com deficiência

 

Câmara dos Deputados – Debatedores apontam imposições sociais e culturais como causas do adoecimento mental feminino

 

Câmara dos Deputados – Comissão aprova normas para exposição e venda de produtos sem glúten

 

Estado de S.Paulo – Microsoft anuncia novos investimentos em nuvem e inteligência artificial para saúde

 

Estado de S.Paulo – Comissários de bordo têm mais chances de desenvolver câncer, diz estudo

 

Estado de S.Paulo – Pela primeira vez, o vírus da zika em alta resolução

 

Estado de S.Paulo – Município paulista confirma sétima morte por febre maculosa

 

Estado de S.Paulo – Nova norma de planos prevê que paciente pague até 40% do valor dos atendimentos

 

Folha de S.Paulo – Agência confirma reajuste de 10% em planos de saúde individuais

 

Folha de S.Paulo – Como o diabetes pode causar um AVC? Como prevenir?

 

Folha de S.Paulo – Inverno atrasa, e pernilongos avançam pela zona oeste de São Paulo

 

G1 – Planos de saúde: nova norma estabelece que paciente pague até 40% do valor dos atendimentos

 

G1 – Marcar consulta com especialista é o maior problema no SUS, diz pesquisa

 

G1 – Vírus H1N1 provocou 66% das mortes por gripe em 2018, diz Ministério da Saúde

 

G1 – Atividade física na idade adulta diminui risco de depressão em 16%, diz estudo

 

G1 – Mortes por diabetes cresceram 12% no Brasil em seis anos, diz Ministério da Saúde

 

O Globo – Usuário de plano de saúde vai pagar até 40% de coparticipação e franquia, segundo novas regras da ANS

 

O Globo – Supervia faz ações de prevenção a saúde e ao meio ambiente

 

O Globo – Gengibre é opção saudável para dietas e prevenção do câncer de cólon

 

Zero Hora – Quase 50 mil beneficiários podem ter aumento de 10% nos planos de saúde em Caxias

 

Zero Hora – Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Farroupilha ainda têm vacinas contra a gripe

 

Zero Hora – Os riscos da cirurgia de olhos à laser

 

Zero Hora – Reajuste de planos de saúde deve atingir 314 mil beneficiários no RS

 

Correio Braziliense – Descoberta feita por acaso nos EUA dá esperança a pacientes de narcolepsia

 

Diário do Nordeste – Entidade americana antecipa recomendação para rastreamento de câncer colorretal

 

Blog da Cidade em Foco – Humberto critica demora do Ministério da Saúde em fornecer medicamentos para doenças raras

 

UNALE – Saúde debate atendimento a portador de neurofibromatose

 

A Redação – Eliton inaugura primeiro Centro Estadual de Atenção ao Diabetes do Brasil

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.