SENADO APROVA RECONDUÇÃO DE DIRETORA DA ANS

//SENADO APROVA RECONDUÇÃO DE DIRETORA DA ANS
O Senado Federal, em sessão realizada na quarta-feira (17), aprovou aa recondução de Simone Sanches Freire para o cargo de diretora da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A agência é responsável pela regulação dos planos de saúde no Brasil. Conforme destaca publicação do Senado Federal, Simone Sanches iniciou as atividades na agência em 2002, em contrato temporário. “Em 2005, foi admitida no cargo efetivo de analista administrativo, especialidade Direito. Atuou na corregedoria da agência até novembro de 2007, quando foi aprovada no concurso público para o cargo efetivo de especialista em regulação de saúde suplementar, também na área de Direito. Desde 2014 é diretora da ANS”, ressalta o texto.
Defensoria Pública de Cuiabá celebra sucesso em casos de judicialização da saúde

A Defensoria Pública de Mato Grosso atingiu o índice de 85,14% de liminares favoráveis nas ações de saúde propostas em Cuiabá no primeiro trimestre de 2017. Os dados integram um relatório elaborado pela Defensora Pública Synara Vieira Gusmão, que atua nas varas de fazenda pública da capital. Conforme nota da assessoria da Defensoria Pública, e publicada no site MT Mídia, até 31 de março foram ajuizadas 148 ações pleiteando vagas em UTIs, medicamentos, cirurgias, exames e tratamentos oftalmológicos, das quais 126 foram deferidas em caráter liminar. “Mais da metade desses pedidos (56,76%) são de vagas em UTIs, totalizando 84 ações, seguido dos pedidos de medicamentos, com 18,24%, e cirurgias, que representou 10,81% do volume de ações no período. Exames, procedimentos oftalmológicos e de outra natureza somam 14,19% do restante. Acerca dos pedidos de medicamentos, a Defensoria se concentra na busca de tratamentos para câncer e doenças raras, indica o relatório”, destaca a publicação.

Ação do papa Francisco dá visibilidade à Doença de Huntington

Patologia rara e degenerativa que afeta de 13 mil a 19 mil pessoas no Brasil – e segue desconhecida pela maioria da população –, a Doença de Huntington ganhou nesta quinta-feira (18, uma importante vitrine. Pacientes e familiares foram recebidos pelo papa Francisco, no Vaticano. Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo destaca que o objetivo do encontro foi dar visibilidade à doença, diminuindo o estigma sofrido pelos portadores e chamando a atenção para a importância de melhores políticas públicas para o tema. A Doença de Huntington é uma patologia hereditária que compromete as funções motoras e cognitivas do paciente afetado. “Na esfera motora, ela costuma provocar movimentos involuntários e falta de equilíbrio. Há ainda um declínio cognitivo que pode levar a demência, além de alterações psiquiátricas, como quadros de depressão ou comportamentos explosivos”, diz ao Estadão a neurologista Mônica Haddad, responsável pela assistência a pacientes com a doença no Ambulatório de Distúrbios do Movimento do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Delação da JBS abala o governo de Michel Temer
Delação dos executivos da JBS, Joesley e Wesley Batista, acusando o presidente Michel Temer de autorizar a compra de silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha para obstruir a operação Lava Jato provocou nova crise política no Brasil, colocando em dúvida a continuidade do governo. A informação sobre a delação, divulgada pelo colunista de O Globo, Lauro Jardim, na noite de quarta-feira (17), também destaca que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi gravado ao pedir R$ 2 milhões aos executivos da JBS. Nesta quinta-feira (18), o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o mandato de Aécio e autorizou que Temer seja investigado na Operação Lava Jato. A primeira consequência das denúncias é a paralisação das atividades do governo e do Congresso Nacional. Já foram apresentados três pedidos de impeachment na Câmara dos Deputados, mas há parlamentares que defendem a renúncia do presidente. Em caso de saída de Michel Temer, o artigo 81 da Constituição prevê que o presidente da Câmara, atualmente Rodrigo Maia (DEM-RJ), assume o cargo interinamente, enquanto é conduzida a eleição indireta para a Presidência da República. Temer, que conforme a Folha de S.Paulo teria dito a ministros que “não disse nada de comprometedor” aos executivos da JBS, solicitou a íntegra do conteúdo da delação e estaria programando pronunciamento em rede nacional para as 16h. De concreto, até agora, é a reação no mercado: a Bovespa chegou a acionar circuit breaker após o Ibovespa cair mais de 10% pela manhã e o dólar saltou de R$ 3,13 para a casa dos R$ 3,30, resultado das incertezas sobre o futuro do país.
SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Após mobilização nacional, apenas 53% do público-alvo se vacinou contra a gripe em todo o país

Anvisa – Dois suplementos clandestinos são proibidos

Anvisa – Guia de Inspeção em Bancos de Células está disponível

Anvisa – Anvisa alerta sobre lotes de hormônio falsificados

Anvisa – Novo medicamento para exame de contraste ganha registro

Anvisa – Diabetes: Autorizada primeira insulina biossimilar

Senado Federal – Presidente da rede Sarah fará palestra sobre tratamento em casos de microcefalia

Senado Federal – Senado aprova recondução de diretora da ANS

Senado Federal – CDH estende a surdos isenção de IPI na compra de carro zero 

Senado Federal – Reforma psiquiátrica está ameaçada, dizem participantes de homenagem

Folha de S.Paulo – Anvisa aprova primeiro teste de farmácia do país para detectar HIV

Folha de S.Paulo – Cientistas tentam descobrir como os médicos pensam

Folha de S.Paulo – Doria anuncia financiamento para concluir obras de hospitais em SP

Folha de S.Paulo – Mercado Aberto – Aumento da receita de farmácias perde ritmo, mas cresce 9% no 1° tri

O Estado de S.Paulo – Ministro da Saúde critica eficiência de hospitais federais do Rio

O Estado de S.Paulo – Mães de bebês com microcefalia encontram obstáculos para obter benefício

O Estado de S.Paulo – Papa ajuda a jogar luz sobre um raro mal

Correio Braziliense – Nova técnica de regeneração óssea une terapia genética com ultrassom

O Globo – Mutação no zika pode ter ajudado na ocorrência de epidemia no Brasil

G1 – Cientistas estão mais próximos de produzir células-tronco do sangue em laboratório

G1 – Casos de ebola no Congo representam alto risco nacional, mas baixo risco global, diz OMS

MT Mídia – Defensoria Pública atinge 85% de sucesso em ações de saúde na capital

O Nortão – Febre maculosa ou febre do carrapato

Folha do Estado – Laboratório em processo de produção de insulina

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.