PLANTIO DE SOJA EVOLUI EM RITMO ACELERADO EM QUASE TODO O PAÍS

//PLANTIO DE SOJA EVOLUI EM RITMO ACELERADO EM QUASE TODO O PAÍS

O plantio de soja desta safra 2018/19 tem sido o mais rápido da história, pelo menos até agora. É o que informa o Valor Econômico. Segundo a consultoria AgRural, até quinta-feira passada (11), 20% da área estimada para a temporada havia sido semeada, avanço semanal de 10 pontos percentuais. Há um ano, 12% da área prevista para o ciclo 2017/18 estava plantada até a mesma data, segundo a consultoria A média dos últimos cinco anos para o período é de 10%. Se comparado ao ritmo de 2016/17, o mais veloz até então registrado, o plantio está 2 pontos percentuais adiantado. No Paraná, o bom avanço do plantio no norte compensou parcialmente a lentidão causada pelas chuvas frequentes no oeste. Em Mato Grosso, pancadas esparsas de chuva têm garantido umidade adequada e plantio acelerado em boa parte do Estado. Em Goiás, chuvas bem distribuídas na região sudoeste permitiram que os produtores da região acelerassem o plantio nesta semana. Em São Paulo, o ritmo acelerado já garante 30% de área plantada, bem à frente dos 6% da média dos últimos cinco anos e dos 8% da safra passada. “Nos demais Estados, o plantio chegou a 6% em Santa Catarina, 2% em Minas, 0,6% no Pará e 25% em Rondônia, segundo a AgRural”, destaca a matéria.

 

Nome de Luis Carlos Heinze é defendido para Ministério da Agricultura, em caso de vitória de Bolsonaro



Reportagem da Folha de S.Paulo destaca que grupos aliados de Jair Bolsonaro (PSL) estão discutindo a indicação de nomes de seu ministério, caso a vitória contra Fernando Haddad (PT) se confirme no segundo turno. Pesquisa do Ibope divulgada na segunda-feira (15) mostra Bolsonaro com 59% dos votos válidos e Haddad com 41%. “Na quinta-feira (11) passada, 18 deputados da Frente Parlamentar da Agricultura foram reafirmar o apoio do grupo suprapartidário ao deputado, levando uma agenda com diversos pontos defendidos pelo setor. “Eles traziam também a sugestão de que o senador eleito Luis Carlos Heinze (PP-RS) seria seu favorito. Alertados por bolsonaristas de que isso seria lido como uma ofensa pelo presidenciável, que faz campanha montado na promessa de que não aceitará indicações políticas, não falaram nada. Mas o recado foi dado indiretamente”, diz a reportagem. O nome natural para os aliados mais antigos de Bolsonaro é o de Luiz Antonio Nabhan Garcia, presidente da União Democrática Ruralista e um dos primeiros apoiadores da candidatura do PSL. Nabhan não teria “apoio na frente e na Confederação Nacional da Agropecuária, embora seja bem aceito pelo setor produtivo —que será o fator determinante para a escolha, segundo diz Bolsonaro”, enfatiza a Folha.

 

Argentina proíbe 5 ingredientes ativos



Conforme o portal Agrolink, o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Alimentar da Argentina (Senasa) acabou de proibir o processamento, importação e fracionamento das substâncias ativas carbofuran, carbosulfan, diazinon, aldicarb e dicofol e seus produtos formulados. A Resolução 263/2018 já foi assinada pelo presidente do Senasa, Ricardo Negri, e entrará em vigor no dia seguinte à sua publicação no Diário Oficial. A proibição engloba também a comercialização e o uso desses ingredientes ativos e seus produtos formulados a partir de 365 dias após sua entrada em vigor. Após dessa data, a retirada automática dos produtos ocorrerá no Cadastro Nacional de Terapêutica Vegetal, responsável pela Direção Nacional de Agrotóxicos, Produtos Veterinários e Alimentos da Senasa. A medida visa impedir a comercialização e utilização para acompanhar as regras internacionais que regem a produção, uso e comercialização de produtos fitofarmacêuticos. “O não cumprimento resultará em sanções que podem ser aplicadas em conformidade com as disposições do Capítulo V da Lei nº 27.233”, afirma o portal.

 

Mudança climática diminuirá produção de cerveja no mundo



Os fãs de cerveja devem se preparar para uma escassez: a mudança climática ameaça diminuir drasticamente a produção de cevada, matéria-prima da bebida maltada. De acordo com o jornal Correio Braziliense, os eventos climáticos extremos que afetam esse cereal farão com que a bebida alcoólica mais popular do mundo se torne mais rara e mais cara, de acordo com um estudo publicado nesta segunda-feira (15). Se o aquecimento global continuar no ritmo atual, os principais fenômenos adversos afetarão cada uma das principais áreas de cultivo de cevada pelo menos uma vez por ano no decorrer deste século, o que causará uma queda de 16% na produção mundial de cerveja. Isso é o equivalente ao que é bebido em um ano nos Estados Unidos atualmente, calcularam os pesquisadores em seu estudo, publicado na Nature Plants. “Como resultado dessas crises, o preço médio dobrará”, informa o jornal.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Criada zona de proteção na fronteira ao sul da Venezuela 

 

MMA – Especialistas debatem gerenciamento costeiro

 

Embrapa – Workshop em Cristalina (GO) destaca feijoeiro e seus aspectos fitotécnicos

 

Embrapa – Primeira mulher condecorada como agrônoma do ano em Sergipe

 

Embrapa – Encontro Nacional de Feijão será realizado em novembro em Uberaba

 

Embrapa – Embrapa traz para Petrolina o debate da pesquisa para o desenvolvimento sustentável

 

Embrapa – Pesquisadores divulgam informações sobre a estria bacteriana do milho no Paraná

 

Embrapa – Seminário na Embrapa em Concórdia debate qualidade do piso em instalações de suínos

 

Embrapa – Nove municípios debatem Pecuária Familiar em Seminário nas Missões

 

Embrapa – Braquiária consorciada com grãos pode dobrar produtividade no SEALBA

 

Embrapa – Festas Municipais do Morango e Pêssego são lançadas

 

Embrapa – Embrapa apresenta proposta para o Zoneamento Agrícola da Uva para RS e SC

 

Senado Federal – Quatro medidas provisórias perdem a vigência

 

Senado Federal – Alimentação está na pauta do novo Congresso

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Direito Animal

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Brasil ganha mercado de soja na China, mas perde espaço para EUA na Europa

 

Folha de S. Paulo – Aliados de Bolsonaro já fazem disputa por espaço e indicações de ministros

 

G1 – Plantio de soja no Brasil atinge 20% e já é o mais rápido da história, diz consultoria

 

Valor Econômico – BNDESPar aprova venda da Keystone pela Marfrig

 

Valor Econômico – BNDES aprova financiamento de R$ 125 milhões à Castrolanda

 

Valor Econômico – Dedini aposta em destilarias de etanol a partir do milho

 

Valor Econômico – Acionistas da Minerva aprovam aumento de capital de R$ 1 bi

 

Valor Econômico – Polícia Federal vê fraudes ‘coordenadas’ praticadas pela BRF

 

Valor Econômico – Plantio de soja evolui em ritmo acelerado em quase todo o país

 

Valor Econômico – Agrícola Xingu, braço do Mitsui, corrige foco e vislumbra avanço

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Excesso de umidade atrasa o plantio de arroz no Estado

 

Zero Hora – José Luiz Tejon – “Presta atenção nas batatas”

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – 78% das mulheres do campo no Brasil entendem que há desigualdade de gênero

 

Correio Braziliense – Mudança climática diminuirá produção de cerveja no mundo

 

Correio Braziliense – De creme a xampu para pet, Polishop não para de inventar

 

Agrolink – Argentina proíbe 5 ingredientes ativos

 

Paraná Shop – Embraer lança aeronaves executivas de alta tecnologia e maior performance

 

Mais Soja – Pesquisa em 17 países aponta barreiras para avanço das mulheres no agronegócio

 

Mais Soja – Brasil terá sete novos adidos agrícolas

 

Mais Soja – Braquiária consorciada com grãos pode dobrar produtividade no SEALBA

 

Mais Soja – CONAB estima Produção de algodão em pluma no Brasil em 2 milhões de toneladas

 

Mais Soja – Cotonicultura passa a representar 12,13% do VBP total da agropecuária no MT

 

Mais Soja – Até o final da safra mato grosso exportará 16,96 M/ton de milho, diz Imea

 

Mais Soja – Semeadura de soja no MT chega a 27,28% da área total estimada

 

Mais Soja – Consumidores não acham que produção de alimento ameace o meio ambiente

 

__________________________________________________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.