PAULO REBELLO FILHO É APROVADO NO SENADO PARA COMPOR DIRETORIA DA ANS

//PAULO REBELLO FILHO É APROVADO NO SENADO PARA COMPOR DIRETORIA DA ANS
O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (05) o nome de Paulo Roberto Rebello Filho para o cargo de diretor da ANS. Ele foi indicado pela Presidência da República para ocupar a vaga deixada pela ex-diretora Karla Coelho, que terminou seu mandato em julho. De acordo com o portal da ANS, a sabatina foi realizada na Comissão de Assuntos Sociais, tendo sido aprovado por unanimidade com 16 votos. Na sequência, o plenário da Casa confirmou a decisão, com 43 votos favoráveis, 2 contrários e 2 abstenções. Paulo Roberto Rebello Filho é graduado em Direito pelo Centro Universitário de Ensino de João Pessoa. Em sua trajetória profissional, atuou em diversos órgãos públicos, incluindo os ministérios das Cidades e da Integração Nacional. Atualmente, ocupa o cargo de chefe de gabinete do Ministério da Saúde. “A aprovação do nome do diretor segue agora para sanção presidencial”, informa o portal.

Projeto reduz prazo para início de tratamento de câncer no SUS



Agência Câmara destacou que proposta em análise na Câmara dos Deputados reduz de 60 dias para 30 dias o prazo limite para o início do tratamento de pessoas diagnosticadas com câncer no SUS. É o que determina o Projeto de Lei 9665/18, do deputado Jorginho Mello (PR-SC). O texto prevê que o primeiro tratamento deverá ocorrer em até 30 dias ou, conforme a gravidade do caso, em prazo menor. Nos diagnósticos em que o tumor esteja em estágio avançado, o primeiro atendimento deverá ser imediato. O projeto altera a chamada “Lei dos 60 dias” (Lei 12.732/12), que atualmente assegura a pacientes diagnosticados com câncer acesso ao início do tratamento em até 60 dias. “A redução do prazo é importante não só pelo rápido início do tratamento físico, mas também auxilia na recuperação psicológica do paciente, vez que a espera pelo tratamento é um período muito angustiante para o enfermo”, disse Mello.

Oficialização da campanha Outubro Rosa é aprovada na CAS



Seguiu para análise do Plenário do Senado o Projeto de Lei 32/2018, que destina oficialmente o mês de outubro à conscientização sobre o câncer de mama no país, integrando o Brasil ao movimento internacional conhecido por Outubro Rosa, aprovado sem ressalvas pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) nesta quarta-feira (5). É o que informa a Agência Senado. De autoria dos deputados Carmen Zanotto (PPS-SC) e Dr. Jorge Silva (SD-ES), a proposta prevê que em todos os meses de outubro devem ser realizadas atividades para alertar a população sobre a doença, como a iluminação dos prédios públicos com luzes cor de rosa; realização de palestras, eventos e atividades educativas; e a veiculação de campanhas de mídia e informação por meio de banners, folders e outros materiais ilustrativos sobre a prevenção, o diagnóstico e o tratamento do câncer de mama. A relatora na CAS, senadora Marta Suplicy (MDB-SP), acrescentou que é o segundo tipo de neoplasia maligna mais comum em mulheres no Brasil e a que mais mata. “Evidencia-se, nesse contexto, a importância da campanha Outubro Rosa, que visa a advertir a população sobre o câncer de mama e sobre as medidas de prevenção, diagnóstico e tratamento da doença”, opinou Marta.

Proposta prevê política de atendimento integral ao diabético na rede pública de saúde



A Câmara analisa o Projeto de Lei 9966/18, do Senado, que implanta uma política de atendimento integral ao diabético pelo SUS. Entre outros pontos, o projeto assegura ao diabético o direito ao início do tratamento “de forma tempestiva” e com integralidade na assistência. Conforme a Agência Câmara, a proposta ainda prevê uma política de educação permanente aos profissionais envolvidos no atendimento, a promoção de pesquisas relacionadas à doença e o oferecimento de serviços de diagnóstico precoce e prevenção. O projeto também determina a abertura de centros especializados em diabetes pelo País. Além do tratamento, os centros deverão assegurar amplo acesso a medicamentos, insulinas e outros insumos. “De acordo com o texto, fica criado um período de 180 dias a partir da publicação da lei para que o poder público possa por efetivar as ações determinadas no âmbito do SUS”, destaca a Agência.
SAÚDE NA IMPRENSA

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde atualiza casos de sarampo

 

Ministério da Saúde – Dez milhões de crianças foram vacinadas contra sarampo e pólio

 

ANS – ANS determina a suspensão da venda de 26 planos de saúde de 11 operadoras

 

ANS – Paulo Rebello Filho é aprovado no Senado para compor diretoria da ANS

 

SUS Conecta – Resistência: CNS forma multiplicadores do controle social no SUS

 

Fiocruz – Cientistas da Fiocruz descrevem nova espécie de parasito

 

Fiocruz – Ministério da Saúde inicia campanha de vacinação contra o HPV

 

Fiocruz – Nova edição da revista Memórias do IOC está online

 

Câmara dos Deputados – Proposta prevê política de atendimento integral ao diabético na rede pública de saúde

 

Câmara dos Deputados – Projeto permite que supermercados vendam medicamentos isentos de prescrição

 

Câmara dos Deputados – Auxílio para aposentado que precisa de cuidador está em debate na Câmara há três anos

 

Câmara dos Deputados – Projeto reduz prazo para início de tratamento de câncer no SUS

 

Senado Federal – Senado aprova indicação de novo diretor da ANS

 

Senado Federal – Oficialização da campanha Outubro Rosa é aprovada na CAS

 

Senado Federal – Aprovado projeto que garante ajuda de custo a pacientes do SUS para atendimento em outra cidade

 

Senado Federal – Aprovada proposta que obriga hospitais a notificarem acidentes com menores

 

O Estado de S. Paulo – Casos de sarampo no País chegam a 1.579, diz Ministério da Saúde

 

O Estado de S. Paulo – Artrite reumatoide tem impactos emocionais incompreendidos

 

O Estado de S. Paulo – Vítima de câncer, jornalista deixa presentes por mais 18 anos para que filho se lembre dela

 

O Estado de S. Paulo – Mulheres com deficiência e com Down estrelam capa da ‘Teen Vogue’

 

O Estado de S. Paulo – Farmácias e drogarias são autorizadas a aplicar vacinas em SP

 

Folha de S. Paulo – Falta de atividade física prejudica 47% da população do Brasil

 

Folha de S. Paulo – Após operar crânio, brasileiro põe cérebro a serviço de revolução médica

 

Folha de S. Paulo – Desenvolvedora de software compra empresa de tecnologia da Unimed

 

Folha de S. Paulo – 1968: Hospital das Clínicas informa que pacientes transplantados estão bem

 

G1 – Movimento ‘Menos é mais’ ganha força na medicina

 

G1 – Brasil teve oito mortes por sarampo em 2018, diz Ministério da Saúde

 

G1 – Atendimento precário mata mais do que a falta de acesso a médicos, diz estudo

 

G1 – Novo medicamento tornará controle do diabetes mais eficiente

 

G1 – Estudante de medicina em Belém customiza receita para paciente analfabeto lembrar horários de remédios

 

O Globo – Com suspeita de cólera, passageiros de avião vindo da Argélia são retidos

 

Zero Hora – Cerca de 2,5 mil pessoas aguardam consultas psiquiátricas pelo SUS em Caxias

 

Zero Hora – Estudo inovador cria pele a partir de tecido para curar ferimentos

 

Zero Hora – ANS suspende a comercialização de 26 planos de saúde de 11 operadoras

 

Correio Braziliense – Asmáticos graves têm vias aéreas enervadas, diz estudo com 63 voluntários

 

Instituto Oncoguia – Prevenção e diagnóstico do câncer colorretal nos dias de hoje

 

O Presente – Pato Bragado busca eficiência no preparo e aplicação de insulina

 

Panorama Farmacêutico – Campeonato de startups aproxima farmácias de projetos inovadores

 

Panorama Farmacêutico – Parceria entre farmacêuticas aumenta alcance de exame para pacientes com câncer

 

Panorama Farmacêutico – Varejo farmacêutico vive a era do cliente empoderado e conectado

 

Panorama Farmacêutico – Atendimento precário mata mais do que a falta de acesso a médicos, diz estudo

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.