OFERTA DE LEITOS PSIQUIÁTRICOS NO SUS DIMINUIU QUASE 40% EM 11 ANOS

//OFERTA DE LEITOS PSIQUIÁTRICOS NO SUS DIMINUIU QUASE 40% EM 11 ANOS
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou, nesta terça-feira (21), levantamento em que mostra que o Sistema Único de Saúde (SUS) fechou 85 hospitais e quase 16 mil leitos psiquiátricos nos últimos 11 anos. Reportagem da Agência Brasil mostra que, segundo a entidade, das 40.942 unidades psiquiátricas existentes em 2005, restavam 25.097 em dezembro de 2016, o que representa redução de 38,7% na oferta de leitos psiquiátricos. “O documento aponta que houve redução de 37% no número de estabelecimentos que prestam serviços especializados em saúde mental. De 228 locais existentes em 2005, restaram 143 em dezembro do ano passado. O levantamento foi baseado em informações do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), que reúne os dados sobre estrutura física instalada nos estados e municípios, além de serviços disponíveis e profissionais vinculados ao sistema de saúde em todo o país”, destaca trecho do texto.

Efeitos do tratamento contra o câncer de mama

Os efeitos colaterais do tratamento contra o câncer de mama são recorrentes e marcantes. Reportagem do jornal Correio Braziliense destaca que em estudo conduzido na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, com 1.945 voluntárias, quase metade delas contou ter sofrido reações graves ou gravíssimas em decorrência da terapia, como falta de ar e náuseas. “Autor do estudo, Steven Katz ressalta que, apesar de se saber da agressividade desse tipo de intervenção, ainda não havia muito conhecimento a respeito das experiências vividas por pessoas submetidas a ela”, diz o texto. O investigador e médicos ouvidos na reportagem do Correio Braziliense ressaltaram, porém, que há medidas para tornar esse processo menos árduo.

Reprodução assistida na Justiça

Em um cenário em que a maternidade vem sendo adiada — segundo o Ministério da Saúde, o número de mulheres que engravidaram após os 40 anos cresceu em quase 50% nas duas últimas décadas — e a tecnologia em reprodução humana avança, nada surpreende que a procura por procedimentos de reprodução assistida esteja aumentando. É o que afirma reportagem do jornal Zero Hora, acrescentando que assim como ocorre com outros tantos tratamentos, essa demanda também tem batido à porta da Justiça. “Somente no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), uma centena de processos envolvem fertilização in vitro, que figura entre os métodos mais complexos e caros de concepção. Boa parte dessas ações envolve pedidos para que o poder público pague os medicamentos exigidos no tratamento, que podem ultrapassar os R$ 5 mil. Mas outra demanda tem surgido nessa lista: a de usuários de planos de saúde privados que pretendem que esses serviços deem cobertura a procedimentos de fertilização in vitro (FIV)”, afirma o texto.

Depois da carne, os remédios

Colunista de O Globo, José Casado defende na edição desta terça-feira (21) que é necessária a revisão da megaestrutura da Anvisa. Intitulado “Depois da carne, os remédios”, o texto destaca que a agência brasileira “é responsável pelo controle e vigilância sanitária da galáxia de medicamentos, alimentos, cosméticos, sangue, produtos e serviços médicos, vendidos no país ou exportados”. “Sobram razões para revisão dessa superestrutura, mostram os relatórios da agência ao Tribunal de Contas da União. Neles, a Anvisa confessa ser praticamente nula a sua capacidade de garantir a qualidade, a segurança e a eficácia dos medicamentos que estão no mercado”, diz Casado. “As falhas da Anvisa começam na subnotificação de eventos adversos no uso de medicamentos. Países com população e consumo menores registram muito mais notificações que o Brasil — Chile três vezes mais e Peru, dez vezes mais. A agência opera com dois bancos de dados, incomunicáveis e desligados do sistema de São Paulo. Quem quiser saber por que 5.762 medicamentos novos, genéricos e similares tiveram seus registros cancelados desde 2011, precisará fazer pesquisa manual no acervo de 126.902.000 de páginas de documentos”, afirma ele em trecho da coluna.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Ministro da Saúde se reúne com empresas de tecnologia em Israel

Inca – Obesidade, alimentação e câncer são temas de debate em evento no INCA

Fiocruz – Pesquisadores buscam transmissores da febre amarela em Casemiro de Abreu

Fiocruz – Evento discute o monitoramento terapêutico e a vigilância da resistência a antimaláricos

Anvisa – Diretoria da Anvisa debate norma para aditivos

Anvisa – Propagandas irregulares de 18 sites são suspensas

Anvisa – Listas de substâncias entorpecentes são atualizadas

Agência Brasil – CFM: Oferta de leitos psiquiátricos no SUS diminuiu quase 40% em 11 anos

Agência Senado – Projeto facilita importação de remédios para tratamento de doenças raras

Folha de S.Paulo – Febre amarela no Rio retoma medo de avanço e urbanização da doença

Folha de S.Paulo – Uso de smartphone pode estar nos emburrecendo, sugerem estudos

Folha de S.Paulo – Em livro, médico compara indústria farmacêutica ao crime organizado

O Estado de S.Paulo – OMS amplia recomendação de vacina contra febre amarela para Estado de SP

O Globo – Laudo da Fiocruz dá negativo para febre amarela em macacos mortos no Rio

O Globo – Dráuzio Varella sobre febre amarela: ‘Quase perdi a minha vida’

O Globo – Prefeito Marcelo Crivella tem tumor na próstata

O Globo – José Casado – Depois da carne, os remédios

Correio Braziliense – Efeito do tratamento contra o câncer de mama é grave para 45% das mulheres

Correio Braziliense – Anvisa proíbe venda de paçoca por alto teor de substância cancerígena

Correio Braziliense – Aluno de escola particular do Sudoeste está infectado com H1N1

Valor Econômico – Novo Nordisk chega ao topo no tratamento de diabetes

Valor Econômico – Criação de planos populares de saúde causa polêmica

Zero Hora – Para que planos de saúde paguem reprodução assistida, famílias acionam Justiça

Zero Hora – Santa Casa lança o Pacote Social, programa que oferece procedimentos com preços acessíveis

Veja – Pesquisa abre caminho para a medicina regenerativa no diabetes

Folha do Sudoeste – Pedro Ramos – A máfia da Judicialização da Saúde

STM – Estão abertas as inscrições para seminário no STJ que tratará sobre os dez anos da Lei de Drogas

AFCP – Brasileiros consomem até três vezes mais açúcar do que população mundial

Revista Amazônia – Grupo da USP investiga como a fototerapia combate a dor neuropática

G1 – Casos de malária reduzem 40% em Cruzeiro do Sul, diz Saúde

Cimena Skope – Papel Cartão preserva a saúde do consumidor

Folha de Londrina – Anvisa suspende propaganda de alimento que promete prevenir tipos de câncer

ABC Maior – ‘Carne Fraca’ é mais um entre tantos outros ataques à segurança alimentar

Blog Saúde – Vacina: Conitec ajuda a ampliar assistência no SUS

MaxPress – Internações podem ocasionar sequelas graves

A Crítica – Câncer de próstata é a neoplasia mais frequente no sexo masculino

CinemaSkope – Membrana Inovadora revoluciona o mercado de curativos

Bem Paraná – Anvisa proíbe venda de paçoca por alto teor de substância cancerígena

Popular Online – Sem receber há 3 meses, médicos cruzam os braços em Cáceres

Guará Notícias – Brasil tem 2,6 milhões de crianças em situação de trabalho infantil

Jornal do dia – Doenças causadas pelo Aedes aegypti possuem diferenças específicas

Balta Show – Febre amarela já tem 144 mortes confirmadas no país

A Gazeta News – OMS recomenda vacina contra febre amarela para áreas dos estados do RJ e de SP

Rigon – A omissão do ministro

De Olho na Cidade – Ministério relaciona baixa cobertura vacinal ao surto atual de febre amarela

Uniad – Representante do Ministério da Saúde avalia situação de hospitais psiquiátricos

iG Saúde – Aplicativo ajuda a administrar saúde de pessoas com Síndrome de Down

Asmetro – Portaria redistribui cerca de 4 mil servidores da Funasa para Ministério da Saúde

Popular Online – Governador vistoria reforma e ampliação da Central de Regulação

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.