O OLHO DO DONO, QUE ENGORDA O BOI, AGORA É DIGITAL

//O OLHO DO DONO, QUE ENGORDA O BOI, AGORA É DIGITAL

Uma conhecida máxima de administração de empresas chegou aos currais brasileiros: o que é medido, é gerenciado. E isso está ocorrendo graças à ajuda de “gadgets” com alta tecnologia embutida que passaram a ser colocados nos rebanhos em fazendas de gado do país. De acordo com o Valor Econômico, há em execução atualmente no Brasil dezenas de aplicações diferentes de softwares e hardwares envelopados em coleiras, brincos e balanças inteligentes que geram informações capazes de elevar a produtividade e diminuir o custo de criação de bovinos. Transmitidos em tempo real ou armazenados em nuvem, esses dados começam a fortalecer o recente movimento de digitalização da pecuária, impulsionado pela chegada de startups. O “boitech” ainda pasta, rumina, se estressa e adoece. A diferença, agora, é que tudo isso já pode ser previsto com dias de antecedência e precisão nunca vista, diz Gustavo Junqueira, diretor da Inseed Investimentos. “Em fase final de elaboração, o 2º Censo de startups agropecuárias aponta uma expansão importante no ecossistema de inovação no campo”, informa o Valor.

 

Grandes frigoríficos ainda estão distantes das startups

 

Ao contrário das grandes empresas de insumos agrícolas, envolvidas em venture capital ou fomentadoras de seus próprios projetos de aceleração de startups, os principais frigoríficos brasileiros ainda estão a mil léguas de distância do ecossistema de inovação na pecuária que se forma no país. É o que informa o Valor Econômico. Seja por características inerentes ao produtor ou pelo momento complicado que a indústria de carnes enfrenta no Brasil, as startups contaram até agora com o dinheiro e o interesse apenas de gestoras de fundos de investimentos e de outros segmentos da indústria. Francisco Jardim, especialista em agtechs da SP Ventures, diz que o ponto de inflexão no segmento foi a entrada da Bosch em uma plataforma de pecuária de precisão. De forma inédita, a subsidiária brasileira apresentou ao mercado em julho de 2017 um sistema de pesagem e transmissão de dados que permite conhecer a performance do animal confinado ou no pasto sem necessidade de levá-lo ao curral. O marco da Bosch é visto como um produto ainda caro para pecuaristas de pequeno e médio portes. “O movimento fez os olhos de outros players, até então voltados a empresas de tecnologia agrícola, se virarem para os bovinos e seus desafios”, afirma a nota.

 

Sistema eletrônico que agiliza exportação supera 100 mil registros

 

O portal do Mapa destacou que mais de 100 mil operações de exportação de produtos de origem animal foram registradas no Sistema de Informações Gerenciais de Trânsito Internacional de Produtos e Insumos Agropecuários (SIGVIG), desde sua implantação em 12 de abril. Até o fim de agosto deverão ser incluídos os embarques de vegetais. Em dezembro, todas as exportações da agropecuária precisarão ser lançadas neste Sistema. O SIGVIG faz parte do Portal Único de Comércio do governo federal. A inclusão no SIGVIG é uma exigência para que o produto seja exportado. Pelo SIGVIG, o tempo de conclusão de uma operação de exportação nos portos e aeroportos brasileiros é de cinco minutos. Antes podia durar até três dias, pela necessidade de conferência da documentação e da carga. Agora, a cada cinco minutos, o SIGVIG atualiza as informações. “O coordenador do grupo técnico de sanidade da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Décio Coutinho, avalia que o SIGVIG facilita o comércio internacional, simplifica procedimentos de fiscalização, dá transparência e previsibilidade logística, usa intensivamente a tecnologia da informação, procede o gerenciamento de risco nas operações de fiscalização com a intervenção coordenada entre os diferentes órgãos da administração pública”, destaca o portal.

 

Aplicativo usará inteligência artificial para identificar pragas

 

Na agricultura, a inteligência artificial já ajuda produtores de uva a identificarem com agilidade doenças e pragas no vinhedo, entre outros distúrbios fisiológicos e problemas. De acordo com o jornal Zero Hora, o chamado sistema especialista ajuda técnicos e agricultores a reconhecerem pelo menos 35 possíveis situações que prejudicam a produção. A ferramenta foi concebida pela Embrapa Uva e Vinho, de Bento Gonçalves. Até o final do ano, será lançado um aplicativo para celular. E, no próximo ano, produtores de maçã, morango e pêssego também poderão utilizá-lo. Por meio de banco de dados que reúne o conhecimento de especialistas e utiliza inteligência artificial, o Uzum tem capacidade de interagir com o viticultor. Além de mostrar fotos para que ele compare com o parreiral, o sistema faz diversas perguntas ao usuário, que precisa informar os sintomas. Ao final do questionário, apresenta uma análise inicial, orientações e possíveis soluções. “A principal vantagem é ter diagnóstico rápido, para agir antes que a doença se espalhe, minimizando os danos”, explica o agrônomo Flávio Bello Fialho, pesquisador em modelagem de sistemas da Embrapa Uva e Vinho.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Sistema eletrônico que agiliza exportação supera 100 mil registros 

 

Mapa – Ministros discutem em Brasília o Acordo Mercosul-União Europeia

 

Mapa – Mapa participa da maior feira de fruticultura tropical do Brasil

 

MMA – Brasil e Alemanha avaliam proteção em unidades de conservação

 

MMA – Brasil lidera grupo para políticas agroambientais

 

MMA – Contribuições para diálogo sobre clima

 

MMA – Governo mobilizado para combater incêndios florestais

 

MMA – MMA apoia Virada Sustentável de SP

 

Embrapa – Manual de Métodos de Análise de Solo é lançado em formato Epub

 

Embrapa – Congresso online reúne múltiplos temas do setor agropecuário

 

Embrapa – Embrapa lança tecnologias para pecuária e publicações na Expointer

 

Embrapa – Planejamento para estação chuvosa maximiza ganhos na fazenda

 

Embrapa – Embrapa Soja destaca tecnologias de manejo do solo e de insetos na Expointer

 

Embrapa – Pesquisa agropecuária assina cooperação para desenvolvimento de cana e lúpulo e lança Régua de pastagens na 41ª Expointer

 

Embrapa – Grão-de-bico será destaque do II Seminário de Leguminosas, em Brasília

 

Embrapa – Embrapa Uva e Vinho apresenta tecnologias na Expointer 2018

 

Embrapa – Uso de fungos e bactérias em culturas agrícolas é tema de evento internacional em Foz do Iguaçu

 

Embrapa – Curso inédito da Embrapa ensina a prevenir e controlar fungos e pragas em bibliotecas e arquivos

 

Embrapa – Valoração de serviços ecossistêmicos do solo foi tema de curso

 

Embrapa – Prosa Rural: Manejo e uso de recursos naturais no norte de Minas

 

Embrapa – Prosa Rural: E-PlanFor: planejamento alimentar forrageiro

 

Embrapa – Prosa Rural: Cultivo de hortaliças em sistema agroecológico na amazônia

 

Embrapa – Prosa Rural: Controle de plantas daninhas em erva-mate

 

Ibama – Ibama identifica fraude que provocou desmatamento de 7 mil hectares em MT

 

Abrapa – Safra recorde eleva expectativa da Abrapa para o 12º CBA

 

Abrapa – Ação da AGU contra a suspensão de Glifosato, Tiram e Abamectina alivia mas não tranquiliza o cotonicultor

 

Fiocruz – ICTB lança chamada pública para mestrado em ciência em animais de laboratório

 

Câmara dos Deputados – Proposta obriga empresa agropecuária em recuperação judicial a entregar mercadoria vendida

 

Câmara dos Deputados – Comissão especial promove seminário em Florianópolis para debater redução de agrotóxicos

 

G1 – Maggi se corrige e diz que liminar proibindo uso de glifosato no Brasil continua em vigor

 

G1 – Como controlar as plantas invasoras na pastagem?

 

G1 – Agricultura e ciência: a aposta de produtores de Goiás

 

G1 – Seca prejudica produção de leite em PE

 

G1 – Dificuldade para transportar milho preocupa produtores em Mato Grosso

 

G1 – Aumento nos custos preocupa criadores de suíno em MG

 

Valor Econômico – Unica prevê queda maior da produtividade dos canaviais

 

Valor Econômico – IICA destaca potencial de cooperação agrícola entre Brasil e Argentina

 

Valor Econômico – O olho do dono, que engorda o boi, agora é digital

 

Valor Econômico – Grandes frigoríficos ainda estão distantes das startups

 

Valor Econômico – ‘Boitech’ ajuda a cortar custos na pecuária

 

Valor Econômico – Escassez de pilotos ameaça expansão da aviação global

 

Zero Hora – Inteligência artificial para fazer render

 

Zero Hora – Aplicativo usará inteligência artificial para identificar pragas

 

Zero Hora – Bem-estar animal é imperativo

 

Zero Hora – No primeiro dia de Expointer, candidatos ao governo estadual debatem propostas para o campo

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Entidade tem meta de expandir o cavalo crioulo nos EUA

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – “O crédito fundiário irá acontecer”, diz secretário especial da Agricultura Familiar

 

Correio Braziliense – Marina defende modelo de agricultura sustentável em fazenda de Ipameri (GO)

 

Correio Braziliense – Marina descarta privatizar Embrapa, Caixa, Banco do Brasil e Petrobras

 

Correio Braziliense – Agronegócio tem medo de mim, mas deveria sorrir, diz Marina em Goiás

 

Correio Braziliense – Debate sobre mudança na lei dos agrotóxicos opõe ruralistas e cientistas

 

Brasil Agro – Estudo financiado por sojicultores minimiza riscos do glifosato

 

Diário do Nordeste – Feiras agroecológicas trazem consumo sustentável à cidade

 

Portal do Agronegócio – Sistema de irrigação gera própria energia

 

Mais Soja – Fungicidas multissítios aplicados em mistura com fungicidas específicos no manejo da ferrugem-asiática (Phakopsora pachyrhizi Sydow) na cultura da soja

 

Mais Soja – MILHO: dólar dispara e indicador segue em elevação

 

Mais Soja – 17º Encontro Nacional do Plantio Direto na Palha começa a ser preparado

 

Mais Soja – Mapeamento genético do trigo é concluído e pode ajudar a alimentar o mundo

 

Mais Soja – Estudo observa a relação entre caracteres relacionados à seca e a estabilidade da produção de grãos de milho

 

Mais Soja – BASF e Taranis fecham parceria para levar tecnologia inovadora com inteligência artificial aos cultivos de larga escala

 

Mais Soja – Pesquisa da Unicamp não reconhece traços de glifosato em trabalhadores rurais

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.