O AGRO PUNIDO NA GRANDE SAFRA

//O AGRO PUNIDO NA GRANDE SAFRA

O governo deveria estar festejando a segunda maior safra de grãos da história brasileira e dando o máximo apoio ao plantio das lavouras de verão, mas, em vez disso, tem criado problemas para o agronegócio e insegurança para toda a economia. Depois de aumentar a tabela de fretes, a Agência Nacional de Transportes Terrestres propôs a aplicação de multa de R$ 5 mil por viagem a quem contratar transporte rodoviário a preço inferior ao piso. Conforme destaca o Editorial do jornal O Estado de S. Paulo, o custo maior do transporte vem afetando as vendas externas. Em vez de atingir os 32 milhões de toneladas estimadas no começo do ano, as exportações de milho ficarão em 20 milhões de toneladas, segundo o diretor-geral da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais, Sérgio Mendes. Isso representará uma perda de receita de US$ 1,8 bilhão, acrescentou. “O encarecimento do frete complicará também o plantio das lavouras de verão, porque o custo de insumos, como fertilizantes, defensivos e sementes, será aumentado”, informa o Editorial.

 

Volume de contratação do crédito agrícola é o maior em cinco anos

 

As contratações de crédito agrícola, no primeiro bimestre do Plano Agrícola e Pecuário 2018/19, tiveram acréscimo de 45%, atingindo R$ 34,1 bilhões, com 139.155 operações, na comparação com o mesmo período da safra passada. Do total de recursos liberados, são destaque as operações de custeio, que totalizaram R$ 20,8 bilhões, o equivalente 111.245 operações com aumento de 35%, segundo levantamento realizado mensalmente pelo Departamento de Crédito e Estudos Econômicos da Secretaria de Política Agrícola. É o que informa o portal do Mapa. Para o secretário de Política Agrícola do Mapa, Wilson Vaz de Araújo, o bom desempenho do crédito rural, cuja contratação é a maior para o período nos últimos cinco anos, reflete expectativas do produtor rural em relação ao comportamento do mercado agrícola. “Há recursos disponíveis e os produtores recorrem ao crédito para aproveitar oportunidades de negócios”. “Considerando que não alteramos o limite de custeio, a maior atratividade por esses recursos foi a redução das taxas de juros”, ressalta.

 

União Boeing-Embraer é saudável para Airbus



O jornal Folha de S. Paulo destacou que para o novo presidente da Airbus na América Latina e Caribe, Arturo Barreira, a aproximação entre a Boeing e Embraer não assusta. “A Embraer e a Boeing seguiram a Airbus no que se refere a parcerias de mercado. Há alguns competidores da nossa família A220, mas, honestamente, acreditamos que uma competição forte e saudável é muito bom para nós e também bom para os clientes e passageiros”, disse Arturo Barreira. O espanhol passou 21 de seus 47 anos na Airbus, onde já foi diretor de marketing para o Oriente Médio e vice-presidente de vendas para América Latina, posição que ocupou de 2012 até julho. Nesse período, ajudou a destronar a Boeing e consolidar a liderança da Airbus nas encomendas de aviões com mais de cem assentos na região, mercado em que a europeia responde por 70% dos pedidos. Boeing e Embraer negociam desde dezembro uma parceria que pode resultar em uma nova empresa. “O movimento é uma reação à compra pela Airbus da divisão de aviões comerciais da Bombardier, principal rival da Embraer”, enfatiza o jornal.

 

EUA ocupam parte do mercado externo de milho do Brasil neste ano



Os Estados Unidos ocuparam boa parte do espaço do Brasil no comércio internacional de milho neste ano. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, os brasileiros deverão colocar 25,5 milhões de toneladas do cereal no mercado externo nesta safra 2018/2019, conforme dados divulgados nesta terça-feira (11) pela Conab. A presença menor do Brasil no mercado internacional ocorre devido a vários fatores, segundo Daniele Siqueira, analista da AgRural. Começou com um plantio menor do cereal na safra de verão, devido à rentabilidade maior da soja. A queda de área se estendeu também para a safra de inverno, que foi prejudicada, ainda, por um clima adverso. Com isso, houve um recuo médio na produtividade, e a safra brasileira cai para 81 milhões de toneladas neste ano, bem abaixo dos 98 milhões obtidos em 2017. Os Estados Unidos, líderes mundiais em exportação de milho, colocaram 62 milhões de toneladas no mercado externo na safra 2017/18. “Mesmo com a queda de vendas neste ano, o Brasil deverá se manter em segundo lugar no ranking mundial dos exportadores, após os Estados Unidos”, destaca a matéria.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Conab fecha números da segunda maior safra de grãos 

 

Mapa – Volume de contratação do crédito agrícola é o maior em cinco anos

 

MMA – Edital FNMA/FNMC é prorrogado até dia 17

 

MMA – Santuário de baleias obtém 60% de votos favoráveis

 

MMA – Conselho de povos tradicionais tem primeira reunião

 

Embrapa – Atenção aos detalhes faz a diferença no cultivo do feijoeiro

 

Embrapa – Impactos das micotoxinas na saúde humana é tema de workshop

 

Embrapa – Feira estimula o uso de sementes crioulas na alimentação

 

Embrapa – Embrapa dá início às ações do Fundo Amazônia no Sudeste Paraense

 

Embrapa – Começou o XXXII Congresso Nacional de Milho e Sorgo

 

Embrapa – Embaixada dos Países Baixos conhece automação na Embrapa

 

Embrapa – Jovens agricultores participam de oficina para produção multimídia

 

Ibama – Capacitação orienta sobre como participar do Chamamento Público para Conversão de Multas Ambientais

 

Câmara dos Deputados – Representantes do Legislativo, Executivo e sociedade civil debatem formas de proteger o Cerrado

 

Câmara dos Deputados – Exposição revela riqueza da fauna da Bacia do Paraná

 

O Estado de S. Paulo – Minerva anuncia aumento de capital de até R$ 1 bilhão

 

O Estado de S. Paulo – O agro punido na grande safra

 

O Estado de S. Paulo – Produtor de milho estima perda de US$ 1,8 bi no ano com tabelamento de frete

 

Folha de S. Paulo – Cooperativa vai investir R$ 63 milhões em armazenagem de grãos

 

Folha de S. Paulo – União Boeing-Embraer é saudável para Airbus

 

Folha de S. Paulo – Zona leste de SP tem novo Cãotinho do Amigo, espaço de lazer para cães

 

Folha de S. Paulo – EUA ocupam parte do mercado externo de milho do Brasil neste ano

 

G1 – Empréstimos a agricultores somam R$ 34 bi no 1º bimestre do Plano Safra 2018/19

 

O Globo – Diferença de preços de serviço de petshop chega a 63%, no Rio

 

Valor Econômico – Bayer nomeia Gerhard Bohne como presidente da divisão agrícola no país

 

Valor Econômico – Anvisa e Ibama reforçam posição contrária ao PL dos agrotóxicos

 

Valor Econômico – Produção de café no país deve somar 57,4 milhões de sacas, diz IBGE

 

Valor Econômico – Contratação de crédito rural cresceu 45% no começo da safra 2018/19

 

Valor Econômico – Minerva fará aumento de capital de R$ 1,1 bi

 

Valor Econômico – Só oferta de milho preocupa em mais uma safra robusta

 

Valor Econômico – Abates de bovinos e suínos sobem no 2º trimestre, mas o de frango cai

 

Valor Econômico – Moagem de cana cresce 10,83% na 2ª quinzena de agosto

 

Valor Econômico – Acordo Embraer-Boeing vai demorar, diz especialista

 

Zero Hora – Giovani Grizotti – Marcação de gado é sinônimo de festa e tradição gaúcha

 

Zero Hora – Desativado há três anos, Caminhão do Peixe deve voltar a funcionar no primeiro trimestre de 2019

 

Zero Hora – Exportação de animais vivos com mais segurança

 

Zero Hora – Sol muito bem-vindo nas lavouras de trigo do Estado

 

Correio Braziliense – Ararinha-azul está provavelmente extinta da natureza, indica estudo

 

Correio Braziliense – Desenvolvimento rural sustentável é tema de evento em Brasília

 

Portal do Agronegócio – Campanha orienta sobre cuidados com as sementes de soja no período do carregamento e armazenagem

 

Mais Soja – Área plantada com soja na safra 17/18 cresceu 3,7% no Brasil

 

Mais Soja – Conab confirma 2 milhões de t de pluma

 

Mais Soja – Em agosto, IBGE prevê safra 6,2% menor que a de 2017

 

Mais Soja – Impactos das micotoxinas na saúde humana é tema de workshop

 

Mais Soja – Volume de contratação do crédito agrícola é o maior em cinco anos

 

Mais Soja – Semeadura de soja tem início no Paraná e colheita de trigo segue atrasada

 

Mais Soja – Algodão: Lotes heterogêneos limitam negócios; tendência de queda diminui

 

Mais Soja – Arroz: Agentes recuam, mas preço permanece estável no RS

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.