NOVA MINISTRA DA AGRICULTURA DIZ QUE ESPERA ‘CORRESPONDER’ À EXPECTATIVA DO SETOR PRODUTIVO

//NOVA MINISTRA DA AGRICULTURA DIZ QUE ESPERA ‘CORRESPONDER’ À EXPECTATIVA DO SETOR PRODUTIVO

Primeira mulher confirmada para comandar uma pasta no governo Jair Bolsonaro (PSL), a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS), escolhida para o Ministério da Agricultura, disse nesta quarta-feira (7), esperar corresponder à expectativa do setor produtivo. Tereza afirmou ainda que é preciso ter cuidado com o que fala “porque o mercado é sensível”. Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, indicada pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e pelo Instituto Pensar Agro, Tereza Cristina, de 64 anos, disse que ficou honrada e feliz com a indicação. Ao ser questionada sobre o que pretende fazer no ministério, completou: “Prefiro sentar lá com eles para ver o que querem de mim e dar minhas opiniões. Temos muitos mercados a conquistar. Tudo indica que neste ano teremos uma grande safra novamente. Precisamos de crédito, estradas, infraestrutura”. Tereza Cristina disse ainda que a possibilidade de fusão dos Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, agora descartada pela equipe de Bolsonaro, causou mal-estar. “A deputada defende, porém, que a Agricultura fique com programas ligados a agricultura familiar, pesca e com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), atualmente atrelados a outros ministérios”, enfatiza o jornal.

 

Agronegócio elogia experiência de futura ministra, mas destaca desafios



A coluna Vaivém das Commodities do jornal Folha de S. Paulo destacou que a indicação da deputada Tereza Cristina (DEM-MS) para o Ministério da Agricultura foi bem-aceita pelo setor do agronegócio. Considerada firme nas decisões, é bastante conhecedora dos desafios do setor, principalmente porque já esteve presente no governo de Mato Grosso do Sul e atualmente está à frente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Em nota, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) disse que Tereza Cristina terá condições de trabalhar a favor do agronegócio e construir uma agenda conjunta com o setor para o desenvolvimento agropecuário. Marcelo Vieira, presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), diz que é uma grande gestora. O desafio dela, segundo ele, será o de montar uma boa equipe. Para Francisco Turra, da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a indicada tem conhecimento técnico e respaldo político, além de ser conhecedora do setor. Marco Túlio Duarte Soares, presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), destaca a sensibilidade dela para os problemas agropecuários, principalmente pela vivência com eles na FPA. André Nassar, presidente-executivo da Associação Nacional das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), diz que é uma parlamentar que combina visão política e técnica. Já Elizabeth Farina, da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) destaca o conhecimento dela no agronegócio, principalmente no setor sucroenergético. Para Antônio Alvarenga, presidente da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), os desafios que ela vai enfrentar são grandes, mas a indicada é sempre firme nas decisões.

 

Seguro e resseguro de agro podem ter empurrão bilionário



A equipe econômica do governo atual e a de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) consideram comprar resseguro para a carteira do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro), uma espécie de seguro agrícola que garante o pagamento de obrigações financeiras relativas ao crédito rural de custeio. De acordo com a Coluna do Broadcast do jornal O Estado de S. Paulo, se a ideia for levada adiante pode ser um importante impulso para o segmento, uma vez que o volume de prêmios anuais do Proagro é da ordem de R$ 5 bilhões. O objetivo é usar a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF) para segurar a carteira e comprar o resseguro. “O entendimento da equipe econômica atual e a de transição, chefiada por Paulo Guedes, o ‘super ministro’, é atenuar perdas em anos com resultados negativos”, afirma a coluna.

 

Selic baixa pode reduzir subsídio agrícola



A taxa básica de juros em 6,5% ao ano, o menor nível histórico, traz uma oportunidade para o governo mudar as regras e reduzir o subsídio aos financiamentos do agronegócio, defendem entidades setoriais e o Banco Central. A lógica é que a Selic nesse patamar, que se aproxima das taxas garantidas aos produtores, permitiria fazer essa reforma sem afetar o setor. É o que informa o jornal O Estado de S. Paulo. O gasto do Tesouro para subsidiar juros mais baixos para o agronegócio deve chegar a R$ 10 bilhões na safra 2018-19, e cerca de 40% de todo o crédito tomado pelos agricultores têm algum apoio do governo. Em evento no fim de setembro, o Banco Central afirmou que o atual sistema de crédito subsidiado limita a expansão da agricultura. Parte dessa análise é justificada pela PEC do Teto de Gastos, aprovada em 2016, que coloca freios nos subsídios dos próximos governos. “Dessa maneira, o setor passou a discutir alternativas que permitam a expansão da lavoura sem que isso signifique o aumento dos gastos com subsídios – e a atual Selic favoreceria esse ajuste”, informa a notícia.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Inmet completa 109 anos neste mês 

 

MMA – Fundo Amazônia atinge 1 bilhão em desembolsos

 

MMA – Curso sobre nutrição e biodiversidade

 

Embrapa – Implantação de pomares cítricos é tema de dia de campo na Bahia

 

Embrapa – Tem início evento que debate pequenas frutas e frutas nativas

 

Embrapa – Embrapa & Escola encerra agenda 2018 com atividade para 430 estudantes

 

Embrapa – Embrapa Milho e Sorgo divulga edital de estágio obrigatório não remunerado

 

Embrapa – 7º Dia de Campo do Leite aborda o uso da água na propriedade leiteira

 

Embrapa – Redução de custos e aumento de renda: projeto visa o fortalecimento da agricultura no Circuito das Frutas

 

Embrapa – Empresas do setor produtivo apresentam tecnologias desenvolvidas com a Embrapa em Seminário de Inovação

 

Embrapa – Brasil e China debatem agricultura urbana

 

Embrapa – Curso ensina coletar sementes e produzir mudas de espécies do Cerrado e Pantanal

 

Embrapa – Cultivo de algodão agroecológico no semiárido brasileiro ganha reforço

 

Ibama – Ibama desativa garimpos ilegais em dois parques nacionais no PA

 

Câmara dos Deputados – Deputados querem programa de crédito fundiário mais acessível

 

Câmara dos Deputados – Debatedores defendem projeto que proíbe o desperdício de alimentos próprios para o consumo humano

 

Câmara dos Deputados – Acordo de Paris diz respeito ao comportamento futuro dos países, diz embaixador

 

Câmara dos Deputados – Frente Parlamentar Ambientalista debate pauta do setor no contexto do novo governo

 

Senado Federal – Aprovado em comissão, novo Código Brasileiro de Aeronáutica vai para o Plenário

 

Senado Federal – CAE aprova seguro-desemprego para agricultor familiar em caso de calamidades

 

Senado Federal – Randolfe critica ultraliberalismo e fusão de ministérios

 

O Estado de S. Paulo – Animais podem evitar doenças e dar apoio emocional a idosos diante do abandono familiar

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Tribunal barra venda de produtos com agrotóxicos no Mercado Livre

 

O Estado de S. Paulo – Coluna do Broadcast – Seguro e resseguro de agro podem ter empurrão bilionário

 

O Estado de S. Paulo – Selic baixa pode reduzir subsídio agrícola

 

O Estado de S. Paulo – Nova ministra da Agricultura diz que espera ‘corresponder’ à expectativa do setor produtivo

 

O Estado de S. Paulo – 1/3 da vegetação nativa do Brasil está em áreas pobres

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Governo revê números, e receitas com exportações de milho são menores

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Agronegócio elogia experiência de futura ministra, mas destaca desafios

 

Folha de S. Paulo – Tereza Cristina (DEM-MS) será ministra da Agricultura de Bolsonaro

 

Folha de S. Paulo – Com Tereza Cristina na Agricultura, ruralistas defendem nome técnico para o Meio Ambiente

 

Folha de S. Paulo – Mônica Bergamo – Frota diz que participou de indicação da nova ministra da Agricultura

 

Folha de S. Paulo – Cães, gatos, coelho e até galinha viram selos dos Correios sobre pets

 

Folha de S. Paulo – Deputada Tereza Cristina é escolhida por Bolsonaro para Ministério da Agricultura

 

Folha de S. Paulo – Indicada para Agricultura admite negócio com JBS, mas nega conflito de interesses

 

Folha de S. Paulo – Futura ministra da Agricultura fala em desconforto com mundo árabe por mudança de embaixada

 

Folha de S. Paulo – Temer pode autorizar neste ano novo modelo de ministérios de Bolsonaro

 

G1 – Ruralistas indicam, e Bolsonaro anuncia Tereza Cristina como ministra da Agricultura

 

G1 – BRF reduz perdas, mas tem prejuízo de R$ 812 milhões no 3º trimestre

 

G1 – Conab prevê safra de soja 2018/19 entre 116,8 milhões e 119,3 milhões

 

G1 – IBGE prevê safra de grãos 0,2% menor em 2019

 

G1 – Piloto do PR é encontrado vivo três dias após queda de avião agrícola em MT

 

O Globo – Exportador já procura indicada para Agricultura por temer reações de países árabes

 

O Globo – Biodiversidade é ‘galinha de ovos de ouro’ desperdiçada no Brasil, mostra relatório

 

Valor Econômico – Exportações de carne de frango cresceram 0,4% em outubro

 

Valor Econômico – Exportação global de café cresceu 2% na safra internacional 2017/18

 

Valor Econômico – Câmbio levou Biosev a fechar segundo trimestre da safra com perdas

 

Valor Econômico – FS Bioenergia começa a construir nova usina de etanol de milho

 

Valor Econômico – Raízen Energia teve prejuízo de R$ 107,2 milhões no último trimestre

 

Valor Econômico – Rússia pretende aumentar exportação de soja à China

 

Valor Econômico – Venda de máquinas voltou a crescer em outubro e acumula alta de 10% este ano

 

Valor Econômico – Boeing emite alerta de segurança após queda de aeronave na Indonésia

 

Zero Hora – Mais de 300 mil animais devem ser vacinados contra aftosa durante segunda etapa da campanha

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Tecnologia produzida no RS é aposta da AGCO para crescer no mercado mundial

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Irã e Egito demonstram interesse na compra de gado vivo gaúcho

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Por que deputada Tereza Cristina foi escolhida ministra da Agricultura

 

Zero Hora – Soraya Elias Marredo sobre fusão de ministérios: quando voltar atrás é positivo

 

Correio Braziliense – Frente do Agronegócio sugere deputada Tereza Cristina para a Agricultura

 

Correio Braziliense – Correio vence Prêmio ABEAR, com reportagem sobre sustentabilidade

 

Correio Braziliense – ‘Tereza Cristina fará grande gestão, com certeza’, diz Blairo Maggi

 

Correio Gravataí – A pulverização de agrotóxicos é para atender interesses econômicos

 

Eldorado – Uso de drones para detectar pragas em lavouras em MT gera a produtores economia de até 70% com agrotóxicos

 

Infonet – Feira da Agricultura Familiar comercializa produtos orgânicos dia 8

 

Mais Soja – Chuvas em excesso podem provocar aparecimento de doenças nas lavouras de soja

 

Mais Soja – Deputados querem programa de crédito fundiário mais acessível

 

Mais Soja – Uso de estoques de produtos à base de benzoato é novamente autorizado em Goiás

 

Mais Soja – Presidente da SNA considera ‘excelente’ indicação de Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura

 

Mais Soja – CNA defende aprimoramento do crédito fundiário

 

Mais Soja – Brasil poderá colher até 238 milhões de toneladas de grãos na safra 2018/19

 

_________________________________________________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.