MINISTÉRIO DA SAÚDE QUER FILA ÚNICA PARA CIRURGIAS PELO SUS

//MINISTÉRIO DA SAÚDE QUER FILA ÚNICA PARA CIRURGIAS PELO SUS
O Ministério da Saúde anunciou na quinta-feira (27) que planeja mudar a forma de acesso a cirurgias eletivas no Sistema Único de Saúde (SUS). A previsão é que essa organização ocorra por meio de uma ‘fila única’ a cada Estado, com possibilidade de atendimento dividido a cada regional de saúde. Anunciada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, após reunião com gestores municipais e estaduais de saúde, a ideia é que a organização traga maior clareza de quantas pessoas hoje aguardam por cirurgias eletivas (ou seja, que podem ser agendadas) no país e possa acelerar o acesso ao procedimento. “Hoje, na maioria dos Estados, o Estado tem uma fila, a prefeitura tem uma fila, cada hospital tem uma fila. Isso não é possível dentro do sistema e não é o conceito do sistema. Mas, infelizmente, por questões políticas, há uma disputa por esse poder de controlar a fila. Agora conseguimos uma resolução na comissão tripartite (governo federal, Estados e municípios) que define que a fila será única”, afirma.

Mutirões para diminuir a espera

O jornal O Estado de S.Paulo ressalta que o Ministério da Saúde tem em caixa o equivalente a R$ 360 milhões para implantação dessa fila única a cirurgias não emergenciais. Mutirões serão programados de acordo com a real necessidade de cada Estado. O Ministério pretende tornar obrigatória a informação sobre quem são os pacientes, onde eles estão e que tipo de atendimento eles aguardam nos serviços do SUS. “Esses dados devem estar registrados no Sistema Nacional de Regulação, um programa endereçado às secretarias estaduais e municipais de saúde para registro de pacientes que esperam a realização de exames, consultas e procedimentos. Atualmente, menos da metade das prefeituras usa o sistema”, afirma o Estadão. Conforme a reportagem, dados informados pelas 2.548 prefeituras indicam que há no País pelo menos 800.559 cirurgias aguardando realização. A maior demanda é na especialidade de traumatologia e ortopedia (182.003), com significativa expressão também para as cirurgias gerais (161.219).

Municípios poderão ampliar Mais Médicos diretamente com a Opas

O Ministério da Saúde anunciou, também na quinta-feira (27), que municípios de todo o país terão oportunidade de participar ou ampliar o número de vagas do Programa Mais Médicos. Com a resolução aprovada na reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), as prefeituras agora vão poder realizar a contratação de profissionais cubanos, por meio de cooperação direta com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), com recursos próprios. A medida poderá ser adotada tanto pelas cidades que já fazem parte do Programa quanto para as que ainda não aderiram à iniciativa. “Acordamos que os municípios poderão contratar diretamente, com recursos próprios, os médicos do convênio da OPAS com o governo de Cuba. É uma nova oportunidade para municípios aderirem e conseguirem, assim, expandir com qualidade o atendimento à população na Atenção Básica”, declarou o ministro, conforme publicação no site do Ministério da Saúde.

Funcionários da Anvisa contra indicado a diretor

A coluna Radar On-Line, do site da Revista Veja, destaca que os funcionários da Anvisa estão descontentes com a indicação de João Abukater Neto para assumir a cadeira de diretor da agência. “Ele foi indicado por Michel Temer ao cargo em março, mas ainda não passou pela sabatina do Senado. Abukater trabalhou na prefeitura de Celso Pitta e conta com o apoio de Celso Barros e outras figuras do PP. Mas esse é só um dos problemas. Engenheiro, ele não tem nenhuma relação com a área de saúde. Com esse argumento, a Associação dos Servidores da Anvisa decidiu em assembleia trabalhar contra a indicação. Ontem, representantes da entidade entregaram a Marta Suplicy, presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado, onde ocorrerá a sabatina do pretenso diretor, um ofício pedindo que o colegiado vete o nome dele”, diz a nota, assinada pelo jornalista Gabriel Mascarenhas.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – MP permite registro de crianças nas cidades onde os pais residem

Ministério da Saúde – SUS terá fila única para cirurgias eletivas

Ministério da Saúde – Municípios poderão ampliar número de vagas no Mais Médicos

Anvisa – Saiba quais empresas são de alto ou baixo risco

Anvisa – Nota: medicamento para Atrofia Muscular Espinhal

Anvisa – Anvisa é homenageada no seminário “Brasil Mais Simples”

Fiocruz – Enfermagem: projeto quer exigir exame para exercício da profissão

Fiocruz – Com apoio da Fiocruz, OMS imuniza 13 milhões de angolanos contra febre amarela

TJDFT – Presidente do TJDFT e secretário de Saúde tratam da instalação do NAT-JUS no DF

Veja Abril – Abertas, unidades de saúde têm baixa procura em SP

Veja Abril – Funcionários da Anvisa tentam barrar nomeação de diretor

Veja Abril – Exame de sangue pode prever retorno de câncer de pulmão

Folha de S.Paulo – Vítima de câncer em SP, assistente social cria casa de apoio a pacientes

Folha de S.Paulo – Governo quer ‘fila única’ no SUS para cirurgias e mutirão de atendimento

O Estado de S.Paulo – SUS terá fila única para cirurgias não-emergenciais

Diário do Congresso – Roberto Cláudio fala sobre desafios da saúde durante encontro de prefeitos em Brasília

O Globo – Remédio barato evita hemorragia pós-parto, que mata 100 mil por ano

Zumm Ribeirão – Qualidade que se transforma em crescimento

Diarinho – Técnicos devem ajudar juízes catarinenses em decisões

Diário Induscom – Ana Paula de Souza Cury – A face penal da judialização da saúde

Jornal Dia-a-dia – Paraná busca novas parcerias com a Índia na área farmacêutica

Patio Hype – Pacientes apontam dificuldades para ter acesso a novos tratamentos para câncer

Zero Hora – A longa e difícil jornada de quem precisa importar medicamentos à base de canabidiol

MaxPress – Femama promove Ciclo de Debates sobre Câncer de Mama para Parlamentares no Pará

A Crítica – Fundação de Medicina Tropical inscreve pacientes com HIV em novo teste

Jornal de Campinas – Hemocentro da Unicamp registra queda de 6% nos estoques de sangue

Portal Mec – Hospital Universitário de Sergipe tem aumento de 52% em serviços prestados

Maricá Info – Maricá: Iniciada informatização dos postos de saúde

G1 – Doença desconhecida deixa nove mortos na Libéria, alerta OMS

G1 – Exame de sangue detecta ressurgimento de câncer com 1 ano de antecedência

Paraná Imprensa – Categorias são beneficiadas com terceirização

ABC do ABC – Prefeitura capacita profissionais para Campanha de Câncer Bucal

Lab Network – Revisão de norma de coletores foi tema da palestra no IPT em simpósio internacional de resíduos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.