MENOS INTERVENCIONISMO NO AGRONEGÓCIO ARGENTINO

//MENOS INTERVENCIONISMO NO AGRONEGÓCIO ARGENTINO
A coluna Vaivém das Commodities, da Folha de S.Paulo, destaca que este poderá ser o ano do renascimento do agronegócio da Argentina. “Ele será dirigido mais pelas forças de mercado, como oferta e demanda, do que por interferências governamentais, o que vinha ocorrendo em anos recentes. Além disso, a eliminação de tarifas de exportação —ou reduções, em alguns casos— e a remoção de restrições às vendas externas vão dar novo ânimo ao setor. Outro fator positivo para o agronegócio argentino é a taxa de câmbio. Mais favorável, dará competitividade aos produtos do país no exterior. Essas conclusões são de um estudo do Rabobank, instituição financeira voltada para o agronegócio”, diz trecho da publicação.

Números do setor

O texto da Folha destaca ainda que o alento ao setor agropecuário na Argentina vem das medidas de abertura do governo, da menor interferência no mercado e da busca de incremento nos negócios. “Os resultados dessa nova política já aparecem nos números do setor. As áreas de milho e de trigo deste ano são 29% e 26%, respectivamente, maiores do que as de 2016. A área de trigo sobe para 4,9 milhões de hectares, e a de milho, para 4,5 milhões. Esses produtos agora estão isentos de taxas de exportação. Já a soja, cuja taxa foi reduzida de 35% para 30%, praticamente manterá a mesma área, que soma 19,3 milhões de hectares neste ano. Mesmo com a alíquota em 30%, o produto é competitivo”, ressalta a coluna Vaivém das Commodities.

Previsão de VBP maior

Puxado pelo bom andamento das safras de soja e milho, e com destaque para um forte avanço previsto para o “Matopiba” (confluência entre os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), o valor bruto da produção (VBP) agropecuária do país caminha a passos firmes para se recuperar do tombo observado em 2016, quando adversidades climáticas prejudicaram a colheita desses grãos de diversas outras culturas, e estabelecer um novo recorde histórico. Segundo levantamento divulgado ontem pelo Ministério da Agricultura, o VBP da agropecuária nacional (“da porteira para dentro”) deverá somar R$ 547,9 bilhões em 2017, R$ 2 bilhões a mais que o projetado em fevereiro e montante 3,2% (R$ 16,9 bilhões) superior ao calculado para 2016. Para os 21 produtos agrícolas que fazem parte da pesquisa, o ministério passou a prever VBP de R$ 367,1 bilhões, R$ 2,6 bilhões acima da previsão do mês passado. Conforme destaca a reportagem do Valor Econômico, “se confirmado, esse total representará um aumento de 6,3% (R$ 21,6 bilhões) em relação ao ano passado”.

NA IMPRENSA
Mapa – Valor da produção agropecuária de 2017 é estimado em R$ 548 bilhões, o maior em 30 anos

Mapa – Rondônia contribui para fortalecer o Agro+ ao lançar versão local do programa

MMA – Ministério participa de debate sobre zoneamento no DF

Embrapa – Distribuição de chuvas favoreceu safra de soja em Mato Grosso

Embrapa – União Europeia e EUA importam 2/3 dos cafés em nível mundial

Folha de S.Paulo – Três grupos estrangeiros desistem de leilão de aeroportos brasileiros

Folha de S.Paulo – Vaivém das Commodities – Menos intervencionismo impulsiona agronegócio argentino

Folha de S.Paulo – Regra de bilhete aéreo estreia com veto na Justiça e dúvidas

Valor Econômico – Valor da produção rumo a novo recorde

Valor Econômico – Stoller abre mais uma unidade em São Paulo

Valor Econômico – JBS confirma lucro no 4º tri e anuncia aquisição nos EUA

Valor Econômico – Justiça suspende assembleia da Renuka do Brasil

Zero Hora – Como o porto de Rio Grande se prepara para receber a supersafra

Diário de Santa Maria – PRF de Santa Maria apreende agrotóxicos, droga e R$ 60 mil

Lab NetWork – Mérieux Nutrisciences oferece estudos de resíduos em BPL, conforme exigido pela Anvisa

MaxPress – Câmara Setorial de Trigo se reúne para debater desburocratização, mercado e redução no uso de defensivos

Ouro Preto do Oeste – Emater realiza campanha de coleta de embalagens de agrotóxicos

Juína News – Encontro em Juína, MT, prioriza regularização ambiental e fundiária para Plano Estadual da Agricultura Familiar

Amambai – Iniciativa 2,4-D contesta que São Gabriel está em área de risco de contaminação por agrotóxicos

Mídia News – Extinção de abelhas afeta cadeia alimentar

Panrotas – Gol sugere Flórida e planeja toda frota com wi-fi em 2018

Panrotas – American vai construir hangar de US$100 milhões em GRU

TN Online – Veja pousos de aviões no aeroporto mais perigoso do mundo

Infomoney – Após ser “lanterna” em 2016, Embraer tem redenção na Bolsa: o que levou à virada da companhia?

Diário Catarinense – Aeroporto de Chapecó será ampliado no segundo semestre

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.