MARINGÁ RECEBE O CONGRESSO DA AVIAÇÃO AGRÍCOLA DO BRASIL EM AGOSTO

//MARINGÁ RECEBE O CONGRESSO DA AVIAÇÃO AGRÍCOLA DO BRASIL EM AGOSTO

O portal do O Diário destacou que Maringá será a capital do setor aeroagrícola nacional, com a realização do Congresso da Aviação Agrícola do Brasil. O evento é promovido pelo Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e vai ocorrer de 6 a 9 de agosto, no Recanto das Águias e no Parque da Sociedade Rural de Maringá. A programação reunirá empresários, pilotos, produtores rurais, autoridades e pesquisadores, com palestras e debates sobre demandas e perspectivas do setor. O primeiro dia do Congresso terá demonstrações práticas de aviões, drones e equipamentos, no Aeródromo Recanto das Águias. A aviação agrícola é um setor altamente especializado e o Paraná possui a quinta maior frota do País. As aeronaves são essenciais em lavouras como soja, milho, cana-de-açúcar, arroz, trigo, florestas, cítricos e banana. Principalmente por causa da rapidez e precisão, além de conseguir atender estágios de plantas altas e em terrenos alagados, sem falar que evita o amassamento de plantas. “Além da aplicação de produtos químicos ou biológicos nas plantações, os aviões servem também para a aplicação de fertilizantes e semeadura, e combate a incêndios em áreas de preservação até o povoamento de lagoas ou rios com alevinos”, afirma o portal.

 

Tabelamento de frete já elevou custos da indústria de soja em até 50%



O tabelamento do frete rodoviário já aumentou os custos da indústria da soja entre 30% e 50% e pode prejudicar a próxima safra de grãos, afirmou Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). É o que informa o Valor Econômico. Segundo a associação, o aumento dos custos foram forçosamente absorvidos pela indústria de processamento e pelos produtores. Com isso, a Abiove estima que a produção da próxima safra de grãos, que será plantada a partir de setembro, será afetada, dado que ninguém sabe quanto vai custar o transporte de insumos e a movimentação da produção. Os produtores não estão recebendo os fertilizantes no tempo certo, nem estão vendendo sua produção de forma antecipada ou obtendo financiamento para comprar insumos. “Dessa forma, uma redução da produção agrícola vai reduzir o PIB e gerar inflação de alimentos”, ressalta o Valor.

 

Começa julgamento sobre problemas de saúde atribuídos a pesticida da Monsanto



A Monsanto deliberadamente ocultou os riscos de seu herbicida de glifosato? Questiona o jornal O Globo. Essa é uma das perguntas que um tribunal americano começou a examinar na segunda-feira (9) no julgamento movido por um indivíduo com câncer em estágio terminal. Embora haja milhares de processos em andamento nos Estados Unidos contra a gigante agroquímica, a denúncia de Dewayne Johnson, americano de 46 anos, que trabalhou fumegando Roundup por mais de dois anos, é a primeira relacionada com este produto e seus possíveis efeitos cancerígenos a ser julgada. Vendido há mais de 40 anos, o Roundup, um dos pesticidas mais usados no mundo, contém glifosato, uma substância muito controversa que é alvo de estudos científicos contraditórios sobre seu caráter cancerígeno. O processo não será fácil para Johnson, pois seus advogados terão que provar uma ligação entre sua doença, que causa muitas lesões na pele, e a fumigação do glifosato. “A Monsanto sempre negou qualquer ligação entre o câncer e o glifosato. Contrariando a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, a Califórnia colocou o glifosato na lista de cancerígenos”, destaca a matéria.

 

IBGE prevê safra 5,3% menor que a de 2017



Em sua 6ª estimativa para o ano, o IBGE projeta safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas de 227,9 milhões de toneladas, volume 5,3% menor que a do ano passado. De acordo com o G1, em relação à estimativa anterior de 230,14 milhões de toneladas, feita em maio, a produção caiu 0,1%. A estimativa da área a ser colhida será de 61,2 milhões de hectares, alta de 31.009 hectares frente à área colhida em 2017. Somados, o arroz, o milho e a soja são 92,8% da estimativa da produção e 87% da área a ser colhida. Em relação ao ano anterior, houve acréscimo de 2,6% na área da soja e reduções de 7,3% na área do milho e de 4,2% na área de arroz. “No que se refere à produção, houve acréscimo de 1,2% para a soja e queda de 15,9% para o milho e de 7,2% para o arroz”, informa a nota.

 

NA IMPRENSA
Embrapa – Lançadas cinco novas cultivares de trigo e uma de triticale 

 

Embrapa – Projeto Biomas mostra tecnologias para adequação ambiental no Cerrado

 

Embrapa – Embrapa disponibiliza segunda edição do Boletim Agropecuário de Rondônia

 

Embrapa – Dia de Campo do Algodão 2018 é realizado em Luís Eduardo Magalhães (BA)

 

Embrapa – Novos parâmetros de qualidade do leite passam a vigorar somente em 2019

 

Embrapa – Ganhador do Prêmio Nobel da Paz alerta para a conservação do solo

 

Anvisa – Nova orientação para análise de registro de agrotóxicos

 

Câmara dos Deputados – Audiência debaterá dificuldades de acesso das pessoas com deficiência ao transporte aéreo

 

Senado Federal – Fernando Collor condena projeto que flexibiliza uso de agrotóxicos

 

Estado de S.Paulo – O debate sobre as capacidades cognitivas do mundo dos insetos

 

Estado de S.Paulo – Produção de grãos na safra 2017/18 deve ser de 228,52 milhões de toneladas, diz Conab

 

Folha de S.Paulo – Cadela precisa de oxigênio durante voo e é salva pela tripulação

 

G1 – Devido ao desmatamento, Brasil pode não cumprir meta no acordo de Paris

 

G1 – Meta de reduzir em 10% a emissão de CO2 deve estimular demanda por etanol no Brasil até 2028, diz Unica

 

G1 – IBGE prevê safra 5,3% menor que a de 2017

 

O Globo – TCU adia votação sobre ações da Embraer

 

O Globo – Começa julgamento sobre problemas de saúde atribuídos a pesticida da Monsanto

 

Valor Econômico – Boi em alta e recuo recente do milho estimulam confinamento

 

Valor Econômico – OIC eleva previsão de déficit global de café na safra 2017/18

 

Valor Econômico – Tabelamento de frete já elevou custos da indústria de soja em até 50%

 

Valor Econômico – Flexibilização de regra ambiental do RenovaBio em pauta

 

Valor Econômico – Vendas de soja perdem ritmo no país

 

Valor Econômico – Mercado futuro estimula confinamento bovino

 

Valor Econômico – Carrefour investe em pecuária sustentável

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Embarque de gado vivo na mira da Assembleia do RS

 

Zero Hora – Carlos Cogo: a concorrência desleal dos subsídios agrícolas

 

Correio Braziliense – Gigante da aviação, Boeing 747-800 pousa pela primeira vez em Brasília

 

Nordeste Rural – Nova tecnologia ajuda a reduzir o uso de defensivos agrícolas em plantações de hortaliças

 

Revista Campo & Negócios – Molibdênio com aminoácidos aumenta produtividade e teor de proteína da soja

 

O Diário – Congresso de aviação agrícola em Maringá

 

Mais Soja – Cientistas vão treinar robôs para identificação automática de plantas

 

Mais Soja – Safra de grãos deve ultrapassar 228 milhões de toneladas

 

Mais Soja – Semeadura de trigo está praticamente concluída no Paraná

 

Mais Soja – Colheita do milho no MT alcança 34,32% da área estimada

 

Mais Soja – Colheita do algodão segue em ritmo lento no MT, e alcança 1,89% da área estimada

 

Mais Soja – Ganhador do Prêmio Nobel da Paz alerta para a conservação do solo

 

______________________________________________________

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.