CRIAÇÃO DE FUNDO PRIVADO PARA O SEGURO RURAL NÃO AVANÇA

//CRIAÇÃO DE FUNDO PRIVADO PARA O SEGURO RURAL NÃO AVANÇA

O jornal Valor Econômico desta quarta-feira (26) destaca que, três meses após ter iniciado seus trabalhos, o grupo criado pelo Ministério da Agricultura para tentar encontrar uma saída para alavancar o seguro rural no país desistiu da missão central encomendada pelo ministro Blairo Maggi. A reportagem ressalta que a criação de um fundo privado capaz de financiar parte dos custos dos produtores rurais com apólices esbarrou na forte resistência de algumas empresas, principalmente indústrias de insumos, que não aceitaram despejar dinheiro no projeto sem saber qual benefício teriam, uma vez que o plano não encontra semelhança com nenhuma experiência já testada nos principais países produtores de alimentos do mundo. “Hoje, o governo subsidia parte do prêmio – algo em torno de 30% a 55% -, mas o orçamento destinado para tal finalidade sofre com seguidos contingenciamentos. O objetivo era que o governo pudesse continuar com esse apoio, mas com uma participação menor”, diz a publicação.

Projeto piloto com soja

Blairo Maggi havia delegado ao ex-ministro da Agricultura e atual presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Alysson Paolinelli, a tarefa de formatar tal fundo, por meio do qual os recursos necessários para as subvenções ao prêmio do seguro agrícola seriam alimentados, sobretudo por contribuições de tradings, fabricantes e revendedores de insumos e outros elos da cadeia do agronegócio que se envolvem no financiamento ao setor. O Valor Econômico ressalta que, sem interesse das indústrias de fertilizantes e defensivos, uma saída seria sugerir ao ministro que faça um projeto piloto com soja, no qual o Ministério da Agricultura definiria um valor global de subvenção ao prêmio para o seguro, mas não arcaria com todo o volume de recursos. “Em contrapartida, revendas de insumo bancariam parte desses custos, ajudando o governo a subvencionar o produtor, só que com recursos privados”, afirma o jornal.

Roubos de defensivos mobilizam setor produtivo

O Agrolink, portal de notícias agropecuárias, publicou nesta quarta-feira (26) reportagem sobre o aumento da criminalidade no meio rural, destacando a preocupação com os roubos de agroquímicos. A matéria destaca que, na terça-feira (25), uma comitiva de empresários, junto com o presidente da Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav), Salvino Camarotti, esteve na Câmara dos Deputados para cobrar providências sobre a escalada da violência. “A Andav declarou apoio ao Projeto de Lei 2079/2015, de autoria do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), que quer aumentar as penas para roubo, furto, receptação e contrabando de agroquímicos”, destaca a publicação. A proposta está pronta para ser votada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, com parecer favorável do deputado Alceu Moreira (PMDB-RS). Depois, a matéria ainda precisa ser votada pelo plenário. Se aprovada, seguirá para análise do Senado.

Barreiras chinesas injustificáveis

O governo brasileiro apresentou, na terça-feira (25), aos diplomatas chineses, informações para indicar que uma barreira contra o açúcar nacional “não se justificaria”. O encontro ocorreu em Genebra, depois que Pequim anunciou que estava abrindo uma investigação para a eventual imposição de uma sobretaxa contra a importação de açúcar. “Durante a reunião, os chineses indicaram que a investigação pode se prolongar por mais dois ou quatro meses. Pequim, porém, não deu garantias de que evitaria uma sobretaxa provisória, até que o caso seja encerrado. Do lado brasileiro, porém, o Itamaraty justificou que não existem os principais argumentos para legitimar a imposição da taxa: a existência de um surto de importação e de um dano real para os produtores chineses”, conforme destacou a reportagem do jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira (26).

EUA e Brasil contra Canadá

Os Estados Unidos se juntaram ao Brasil contra o Canadá na Organização Mundial do Comércio (OMC), contestando subsídios que o governo canadense vem concedendo para a Bombardier e afetando as condições de concorrência no mercado de jatos regionais. Segundo a reportagem do jornal Valor Econômico, nesta quarta-feira (26), a delegação americana aproveitou o Comitê de Subsídios e Medidas Compensatórias para também questionar os canadenses e manifestar preocupação com os desembolsos de dinheiro público para sustentar a Bombardier. “Para Washington, a questão é ainda mais importante porque o governo federal e a província do Quebec estão sendo acionadas para injetar mais capital na Bombardier, sem as análises de risco que normalmente ocorreram. Na prática, isolam a companhia das pressões do mercado, e dão uma competitividade maior, levando a empresa canadense a vender jatos a preços mais baixos”, diz a publicação.

NA IMPRENSA

Agência Brasil – PEC do Teto deve ter votação concluída em dezembro no Senado – http://ow.ly/3FCD305yR8u

Agrolink – Roubo de defensivos mobiliza setor produtivo – http://ow.ly/sEcr305yVFA

Folha de S.Paulo – Acordo de Mercosul e União Europeia será assinado em 2018, diz ministro – http://ow.ly/ZlPG305yLHj

Zero Hora – Campo Aberto – Vaquejadas poderão ajudar provas campeiras – http://ow.ly/zKMF305ySLT

O Estado de S.Paulo – Itamaraty diz que barreiras chinesas ‘não se justificam’ – http://ow.ly/IiRy305yRSK

O Estado de S.Paulo – Xico Graziano – Efeito estufa do arroto bovino – http://ow.ly/MZHo305yRpA

O Estado de S.Paulo – Plenário da Câmara aprova redação final da PEC do Teto, que vai ao Senado – http://ow.ly/ukJu305yRLD

O Globo – Terminal 1 do Galeão será desativado no mês que vem – http://ow.ly/pZD4305yR0W

Valor Econômico – EUA se juntam ao Brasil na OMC contra jatos canadenses – http://ow.ly/nZlp305yOtF

Valor Econômico – Energia renovável supera fósseis em novas instalações – http://ow.ly/2e3h305yOyp

Valor Econômico – Cristiano Prado – Oportunidade de avanço da eficiência energética no Brasil – http://ow.ly/PlFK305yODm

Valor Econômico – Prévias apontam lucro para Vale – http://ow.ly/aARz305yOQn

Valor Econômico – MT vira campo de teste para novas tecnologias – http://ow.ly/Qk5V305yPko

Valor Econômico – Naufraga o fundo privado do seguro – http://ow.ly/7qT8305yPud

Valor Econômico – China tende a sobretaxar o açúcar de fora – http://ow.ly/ereN305yPxu

Valor Econômico – África entra no mapa das multinacionais de lácteos – http://ow.ly/ptx1305yPFo

Valor Econômico – Commodities Agrícolas – http://ow.ly/32sI305yPnY

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.