EUROPA QUESTIONA CARNE DO BRASIL E AMEAÇA SUSPENDER IMPORTAÇÕES

//EUROPA QUESTIONA CARNE DO BRASIL E AMEAÇA SUSPENDER IMPORTAÇÕES
Um dos maiores mercados para a carne brasileira, a União Europeia sinaliza a possibilidade de banir importações vindas do Brasil. Em carta enviada ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, a Comissão Europeia, braço executivo da UE, afirma que o Brasil não tem feito nada para retomar a confiança do bloco após o escândalo provocado pela Operação Carne Fraca. O documento da UE, ao qual a Folha de S.Paulo teve acesso, é duro e destoa do tom normalmente empregado em correspondências diplomáticas. Assinada pelo comissário de Saúde e Segurança Alimentar da UE, Vytenis Andriukaitis, a carta afirma que o bloco “duvida da credibilidade dos sistemas de controle [sanitário]” e que os recentes escândalos enfraquecem a confiança na capacidade das autoridades brasileiras”. No documento, a Comissão Europeia comunica a suspensão das importações de carne de cavalo do Brasil. O gesto é simbólico, uma vez que a carne não representa fatia significativa das exportações brasileiras. Além de barrar a carne de cavalo, os europeus querem que o Brasil implemente um sistema de testes microbiológicos para analisar a carne bovina e de frango antes que ela saia do país em direção à UE. A Folha de S.Paulo procurou o Ministério da Agricultura, mas não houve resposta até a publicação da reportagem. A embaixada da UE em Brasília não comentou o caso.

Milho gera ajuste para cima do valor da produção agropecuária

O Ministério da Agricultura elevou sua estimativa para o valor bruto da produção (VBP) agropecuária do país em 2017. Sobretudo por causa de um ajuste para cima no cálculo para o milho, o departamento de Crédito e Estudos Econômicos da Pasta passou a prever R$ 546,3 bilhões, R$ 1,4 bilhão a mais que a projeção de maio e montante, recorde, 5,3% superior ao de 2016. De acordo com o jornal Valor Econômico, segundo levantamento divulgado na terça-feira (13), o VBP dos 21 produtos agrícolas que fazem parte da pesquisa foi redimensionado para R$ 376,3 bilhões em 2017, R$ 2 bilhões acima do estimado no mês de maio e resultado de 11,3% maior que o de 2016. “O milho, cuja projeção ‘ganhou’ R$ 1,8 bilhão na comparação com o cenário traçado em maio graças ao bom andamento da ‘safrinha’, vem em terceiro lugar, com R$ 51,6 bilhões, incremento de 25,7% em relação a 2016. O crescimento reflete a recuperação da produção nesta safra 2016/17 – e poderia ser maior, não fossem os preços deprimidos. Para o VBP dos cinco principais produtos da pecuária brasileira, a previsão do ministério caiu para R$ 170 bilhões, ante os R$ 170,3 bilhões estimados em março e os R$ 180,9 bilhões de 2016. No grupo, a liderança segue com os bovinos (R$ 67,9 bilhões, queda de 5,4% sobre 2016)”, completa a reportagem.

Índice de confiança do campo recuou no 1º trimestre

O Índice de Confiança do Agronegócio (ICAgro) calculado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) voltou a recuar no primeiro trimestre deste ano, deixando para trás a trajetória de alta esboçada com o impeachment de Dilma Rousseff. O indicador ficou em 100,5 pontos, em baixa de 3,9 pontos percentuais em relação ao quarto trimestre de 2016 – quando a queda sobre o período anterior foi de 1,9 ponto -, pressionado sobretudo pelo maior pessimismo dos produtores agropecuários, em virtude dos baixos patamares de preços de produtos como soja, milho, açúcar, etanol, boi e mesmo leite, que registrou relativa recuperação. O jornal Valor Econômico destaca que a pesquisa conduzida pelas entidades aponta que apenas as empresas de insumos agropecuários mantiveram seu grau de otimismo relativamente estável no primeiro trimestre de 2017.

Kepler Weber eleva aposta na América Latina

A Kepler Weber, fabricante de silos e equipamentos para armazenagem de grãos, ajustou sua estratégia e pretende voltar a crescer ampliando as exportações, com especial atenção para os demais países da América Latina. Conforme reportagem do Valor Econômico, o objetivo é ampliar sua participação nas exportações totais de seu segmento na região de 35% para 50% em dois anos. “Segundo Olivier Colas, vice-presidente da Kepler Weber, o plano independe da conclusão da venda da empresa para a americana AGCO, uma das maiores fabricantes de máquinas agrícolas do mundo, dona da marca Massey Ferguson. A múlti anunciou em fevereiro sua oferta de US$ 185 milhões para adquirir a companhia brasileira. O executivo lembrou que a AGCO, no portfólio de produtos da marca GSI, tem linhas voltadas para a América Latina. A Kepler já mantém participações de mercado em todos os países da América do Sul, e quer ampliar significativamente a presença na Argentina e Colômbia, mercados nos quais, conforme Colas, há grande potencial de crescimento”, ressalta a publicação.

NA IMPRENSA
Mapa – Valor da produção agropecuária de 2017, de R$ 546,3 bi, é o maior dos últimos 27 anos

Mapa – Na China para participar de reunião dos BRICS, Maggi busca ampliar comércio

Mapa – Soja representa quase 50% das exportações brasileiras do agronegócio em maio

Mapa – Em Petrolina, Novacki destaca importância de impulsionar ainda mais o desenvolvimento regional

MMA – Mercosul reúne ministros na Argentina

MMA – Ministro pede união pelo clima

MMA – Encontro busca indicadores para agroecologia

MMA – Sarney Filho: transparência é fundamental

Ministério da Saúde  – Acordo com a indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio dos alimentos

Ibama – Ibama embarga três carvoarias e apreende máquinas no entorno da Chapada dos Veadeiros, em GO

Embrapa – Pesquisa desenvolve corantes naturais de frutas tropicais com potencial funcional

Embrapa – Boas práticas ajudam no manejo de insetos-praga em hortaliças

Embrapa – Desafio de startups busca soluções para cadeia de grãos no Brasil

Embrapa – Vazio sanitário da soja começa amanhã em cinco estados

O Globo – Pesquisa defende uso de drones para fornecer resposta rápida a ataques cardíacos

Folha de S.Paulo – ‘Vamos regular área já ocupada’, diz senador sobre menor proteção florestal

Folha de S.Paulo – Europa questiona carne do Brasil e ameaça suspender importações

Folha de S.Paulo – Instituto de Gilmar Mendes recebeu patrocínio de R$ 2,1 milhões da J&F

Folha de S.Paulo – Brasil e México voltam a negociar acordo comercial

G1 – Abate de bovinos, suínos e frangos cresce no 1º trimestre em relação a 2016

Folha Max – Deputado propõe política de incentivo às feiras de alimentos orgânicos

Valor Econômico – Empresa espera conclusão de sua venda para a AGCO 

Valor Econômico – Coreana CJ adquire controle da Selecta

Valor Econômico – Exportações do campo mantiveram ritmo forte em maio 

Valor Econômico – Milho gera ajuste para cima do valor da produção agropecuária 

Valor Econômico – Índice de confiança do campo recuou no 1º tri 

Valor Econômico – Kepler Weber eleva aposta na América Latina 

Portal Vermelho – Projetos no Congresso flexibilizam controle de agrotóxicos

Notícias Naturais – [Estudo] Pesticidas Anti-Zika Demonstraram Causar Danos Neurológicos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.