ESTUDO APRESENTA PERDAS PARA O SETOR AGROPECUÁRIO SEM AVIAÇÃO AGRÍCOLA

//ESTUDO APRESENTA PERDAS PARA O SETOR AGROPECUÁRIO SEM AVIAÇÃO AGRÍCOLA

O portal Mais Soja destacou que a falta do setor aeroagrícola na lavoura de soja provocaria grandes prejuízos para a economia brasileira. Com perdas de mais de 500 milhões de toneladas, até 2022, nas exportações de soja, além de uma queda de 1,7 milhões de toneladas para quase zero no algodão e, no arroz, de um acumulado de 172 milhões para apenas 4 milhões de toneladas nas exportações, no mesmo período. As simulações fazem parte do estudo Aplicação Aérea de Defensivos Agrícolas: Impactos econômicos e sociais do banimento da atividade, que começou a ser divulgado nesta semana pela Syngenta, Sindag, Sindiveg, Unica, Aprosoja, Abrapa, Abramilho e Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Conforme o diretor do Sindag, Gabriel Colle, do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag), o relatório é um alerta à falta de profundidade das discussões em diversos fóruns que debatem a questão dos defensivos e da própria aviação agrícola baseados basicamente em mitos. “Temos projetos de leis em Estados, municípios e até no Congresso Nacional que, por exemplo, pregam a luta contra os produtos utilizados nas lavouras e ‘elegem’ como solução imediata proibir a aviação. Justamente o único meio de aplicação com regulamentação própria, altamente fiscalizável”, afirma a notícia.

 

Tempos difíceis para a Embrapa, uma joia do País

 

A manada de zebus procura se proteger do calor do cerrado sob as árvores de eucaliptos. A plantação e o gado pertencem ao núcleo regional no cerrado da Embrapa em Planaltina, criado para ajudar os pesquisadores a testarem de que forma alternar plantação e pecuária com o fim de transformar áreas de pasto degradadas em campos produtivos. Segundo o Estado de S.Paulo, Mauricio Lopes, diretor da Embrapa, acredita que esse know-how será tão valioso quanto a tecnologia inventada pela empresa nas décadas de 1970 e 1980, que ajudou a transformar o Brasil numa superpotência agrícola. Mas a empresa enfrenta críticas sem precedentes, pois os fazendeiros afirmam que suas pesquisas são irrelevantes para eles. Lopes considera essas críticas injustas. “Os fazendeiros podem comprar menos sacos de sementes com o logo da Embrapa, mas seu know-how faz parte de tudo o que eles fazem”, insiste Lopes. Mas as críticas estão corretas, pois quase 90% da contribuição econômica da Embrapa vêm do trabalho que ela realizou nos seus primeiros 25 anos. Lopes diz que deseja que a Embrapa trabalhe em áreas que as grandes empresas dispensam. “A Embrapa tem de ser mais diversificada, não menos”. “O problema não é que ela esteja dando atenção a coisas erradas, só que seus laboratórios praticamente não realizaram nenhum trabalho, por exemplo, no campo do mapeamento genético”, ressalta a nota.

 

Índia comprará do Brasil bois para reprodução e ovos sem patógenos

 

A Índia vai comprar do Brasil bovinos para reprodução e ovos livres de patógenos específicos. Segundo informações do Mistério da Agricultura, o Departamento de Saúde Animal (DSA) recebeu na quinta-feira (28) informe da aceitação dos modelos de certificados zoossanitários para exportação pelo Departamento de Pecuária, Laticínios e Pesca da Índia. De acordo com o Valor Econômico, a Índia é o país de origem do gado Zebu, mas o melhoramento genético realizado no rebanho zebuíno brasileiro gerou ganhos de produtividade e tornou-o atraente a criadores indianos. De acordo com nota publicada do Ministério, a Índia está investindo na melhoria genética de seu rebanho. Em relação às exportações de ovos, as tratativas entre os dois países foram iniciadas em 2014, afirmou o Ministério da Agricultura brasileiro. Os ovos sem patógeno são matérias-primas para a produção de insumos, antígenos e vacinas para animais, assim como de vacinas para uso humano. “Também são utilizados como meios de cultura ‘in vivo’ para pesquisas científicas e diagnóstico de microrganismos responsáveis por ocasionar doenças em humanos e animais”, informa o Valor.

 

Fusão com Embraer teria influenciado decisão de ministro sobre privatizações

 

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski de conceder liminar proibindo o governo de vender estatais sem o aval do Congresso teria como pano de fundo a venda da fabricante de aviões Embraer à americana Boeing, disseram assessores próximos ao magistrado. É o que informa o jornal O Globo. Forte defensor da soberania nacional e contra a venda da Embraer, uma empresa privada, por considerá-la estratégica para a defesa, Lewandowski vê com maus olhos a parceria com a Boeing. A necessidade de aval prévio do Congresso para a privatização de qualquer estatal dificulta os planos do governo. Com a decisão do ministro do STF, todas as privatizações precisam passar pela análise de deputados e senadores. Para duas fontes ligadas a Lewandowski, o ministro já iria dar uma interpretação restritiva às privatizações ao analisar a Lei das Estatais. “Por isso, assessores do ministro avaliam que, se ele tiver de decidir sobre a venda da Embraer aos americanos, vai se posicionar de maneira contrária a ela”, destaca a matéria.

 

NA IMPRENSA

Mapa – Revisão da legislação brasileira de agrotóxicos

 

Mapa – Legislação de produtos com indicação geográfica poderá ser revista

 

Mapa – Conab apura estoque privado de café próximo a 10 milhões de sacas

 

Mapa – Índia vai comprar do Brasil bois para reprodução e ovos sem patógenos específicos

 

Mapa – Embrapa e Forças Armadas tratam de parceria para construção de satélite

 

MMA – Comitê Nacional discute áreas úmidas

 

MMA – Desafios para a gestão dos recursos hídricos

 

MMA – Aplicativo mostra abastecimento de água

 

MMA – Ararinhas-azuis mais perto de casa

 

Embrapa – Embrapa participa de debate sobre redução do desmatamento ilegal na Comissão de Mudanças Climáticas

 

Embrapa – Projeto Pesca Sustentável na Costa Amazônica lança diagnóstico da pesca artesanal no Amapá

 

Embrapa – Adolescentes com síndrome de down aprendem sobre cultivo de hortaliças

 

Embrapa – Marco Legal do Biogás é aprovado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

 

Embrapa – Começa primeiro módulo de curso sobre acerola orgânica

 

Embrapa – Feira Agroecológica na Embrapa passa a ser realizada semanalmente

 

Embrapa – Genômica e reprodução são temas de evento em Campo Grande (MS)

 

Embrapa – Fórum mundial discutirá em Brasília uso sustentável do fósforo

 

Fiocruz – Comissão da Câmara aprova flexibilização da lei de agrotóxicos

 

Senado Federal – CMA discute desmate ilegal em assentamentos da reforma agrária

 

Estado de S.Paulo – Tempos difíceis para a Embrapa, uma joia do País

 

Estado de S.Paulo – Geraldo Alckmin apresenta programa de agricultura e ouve demandas no Paraná

 

Estado de S.Paulo – Bela Gil, Marcos Palmeira e o Greenpeace a favor do meio ambiente

 

Estado de S.Paulo – Corvos utilizam a memória para fabricar e adaptar ferramentas, dizem cientistas

 

Folha de S.Paulo – Produtos agropecuários pressionam inflação no atacado

 

G1 – Veterinária cria primeiro banco de sangue para pets na região de Bauru

 

O Globo – Fusão com Embraer teria influenciado decisão de ministro sobre privatizações

 

Valor Econômico – BRF faz seu primeiro embarque de carne suína à Coreia do Sul

 

Valor Econômico – Estoques privados de café somavam 9,8 milhões de sacas em 31 de março

 

Valor Econômico – Índia comprará do Brasil bois para reprodução e ovos sem patógenos

 

Valor Econômico – BNDES libera R$ 1,5 bi em capital de giro para agroindústrias de aves

 

Valor Econômico – Subsídio agrícola no mundo somou US$ 620 bi ao ano entre 2015 e 2017

 

Valor Econômico – Estoque privado de café tem leve recuo

 

Valor Econômico – Embate EUA-China derruba soja em Chicago

 

Valor Econômico – Quebra de safra na Argentina gera perda de US$ 5,9 bi

 

Valor Econômico – BRF informa suspensão de contratos de trabalho em unidade de produção

 

Correio Braziliense – Cesta básica vai ficar mais cara com tabelamento do frete, diz CNA

 

Agrolink – PL sobre agroquímicos gera repercussão nas redes sociais

 

Info Money – Portaria favorece exportações de defensivos agrícolas

 

Mais Soja – Estudo aponta que perdas no agro seriam catastróficas sem aviação agrícola

 

Mais Soja – Especialistas falam sobre manejo de plantas daninhas e destruição de soqueira em Dia de Campo

 

Mais Soja – Unemat disponibiliza mapeamento da safra atual de soja

 

Mais Soja – Aliada da economia, agricultura familiar ajuda no controle da inflação, diz Temer

 

Mais Soja – Governadora do Paraná reafirma apoio do Estado aos trabalhadores rurais

 

______________________________________________________

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.