ENTIDADES DA SAÚDE ENTREGARÃO A PRESIDENCIÁVEIS PROPOSTAS PARA O SETOR

//ENTIDADES DA SAÚDE ENTREGARÃO A PRESIDENCIÁVEIS PROPOSTAS PARA O SETOR

O jornal Folha de S. Paulo destacou que representantes de presidenciáveis vão receber, na quarta-feira (19), propostas de entidades de setores da saúde como hospitais, operadoras, farmacêuticas. As sugestões foram separadas em oito eixos, de judicialização de tratamentos a parcerias entre público e privado, segundo Claudio Lottenberg, presidente do Instituto Coalizão Saúde e do UnitedHealth Group no Brasil, dono da Amil. “A integração dos prontuários de pacientes e a regulamentação da telemedicina são duas das questões mais urgentes”, afirma.

 

Planos dos presidenciáveis ignoram fila de espera de 1 milhão por cirurgias



Todo ano eleitoral a saúde sempre aparece como principal reclamação do eleitor, mas nem de longe se traduz como prioridade nos planos de governo dos candidatos. Conforme a colunista Claudia Collucci do jornal Folha de S. Paulo, é o que fica claro nas propostas apresentadas pelos presidenciáveis no Tribunal Superior Eleitoral. Em geral, os planos são genéricos, sem metas específicas e não consideram o cenário de crise econômica e de ajuste fiscal enfrentado pelo país. Não há nenhuma proposta, por exemplo, para minimizar o gargalo das cirurgias eletivas nos hospitais públicos e filantrópicos que prestam serviços ao SUS. A fila de espera para esses procedimentos chega a quase 1 milhão, segundo levantamento feito ano passado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Diante disso, é desanimador ver que as propostas dos presidenciáveis para o setor sejam tão vagas. “Não há dúvida de que os planos possam ser melhorados depois, mas, hoje, são os únicos documentos oficiais por meio dos quais será possível fazer escolhas na hora de votar e, principalmente, cobrar a execução dos projetos depois das eleições”, informa o jornal.

 

Governo quer tornar obrigatória exigência de carteirinha de vacinação nas escolas



Em uma tentativa de reverter a queda nos índices de vacinação de crianças, o governo estuda tornar obrigatória a exigência da carteirinha nacional de imunização como requisito para a matrícula nas escolas. É o que informa o jornal Folha de S. Paulo. Atualmente, a apresentação da carteirinha de vacinação já é cobrada por parte das redes de ensino durante a matrícula dos alunos, mas não há uma regra federal sobre o tema. Agora, a ideia, que tem apoio do Ministério da Saúde, é fazer uma portaria conjunta com o Ministério da Educação para regulamentar essa exigência. A cobrança de um documento que comprove a vacinação foi defendida pela coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Carla Domingues. Não está claro, porém, se a exigência impediria o acesso do aluno à escola. Membros do Ministério da Saúde, porém, dizem avaliar que a ideia é que haja exceções. “Atualmente, o Estatuto da Criança e do Adolescente determina como ‘obrigatória’ a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias. A cobrança dessa obrigatoriedade, no entanto, divide especialistas”, destaca a notícia.

 

Cuidadores devem ser vistos como mão-de-obra prioritária



Se há um mercado que não para de se ampliar é aquele voltado para atender às demandas do envelhecimento da população. De acordo com estimativa da PHI, organização norte-americana sem fins lucrativos que milita pela valorização dos cuidadores, até 2024 haverá um incremento de mais de 600 mil postos para esses trabalhadores nos EUA. Ainda assim, o déficit dessa mão-de-obra alcançará a marca de 5 milhões nesse período. De acordo com o portal do G1, o desafio também se aplica ao Brasil e poderá se transformar numa bola de neve, obrigando algum membro da família a abandonar o mercado para assumir essa função, com reflexo negativo para a economia do país. A grande questão é como treinar adequadamente uma mão-de-obra cujo trabalho se tornará cada vez mais complexo. De acordo com Angelina Del Rio Drake, diretora-executiva da PHI, “é preciso ampliar as habilidades de um cuidador”. No Brasil, a proposta que regulamenta a profissão continua parada no Congresso, depois de ter sido aprovada, em fevereiro, pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado. “De acordo com o projeto de lei 11/2016, os profissionais devem ter Ensino Fundamental e curso de qualificação na área, além de bons antecedentes criminais e atestados de aptidão física e mental”, enfatiza o portal.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Brasília sediará Simpósio da Atenção Domiciliar 

 

Ministério da Saúde – Brasil bate meta de vacinar 95% das crianças contra poliomielite e sarampo

 

Ministério da Saúde – Quadro preliminar da campanha nacional de vacinação por estado

 

Ministério da Saúde – Encontro no RN discute regionalização de serviços e plataforma DigiSUS

 

Ministério da Saúde – Paraíba recebe novos leitos de UTI para tratamento oncológico

 

Ministério da Saúde – Projeto Lean nas Emergências abre inscrições para o segundo ciclo

 

Ministério da Saúde – Conheça as instituições que fazem parte do Projeto Lean nas Emergências

 

Ministério da Saúde – Conheça o Projeto Lean nas Emergências

 

SUS Conecta – Participação popular em Salvador contribui com assistência farmacêutica, ciência e tecnologia

 

SUS Conecta – Encontro em Salvador sobre Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia reúne ativistas contra “mercantilização da vida”

 

SUS Conecta – Recife receberá encontro sobre Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica

 

SUS Conecta – Pesquisadores da UNB apresentam ao CNS projeto para aprimorar gestão pública

 

SUS Conecta – Conselheiros de saúde definem comissão organizadora para 16ª Conferência Nacional de Saúde

 

Fiocruz – Espiritualidade e ciência em pauta no Canal Saúde

 

Fiocruz – Pesquisadora da Fiocruz Minas recebe medalha Ruth Nussenzweig

 

Fiocruz – Castelo da Fiocruz será iluminado contra arboviroses

 

Câmara dos Deputados – Nova legislação deve estabelecer quantidades mínimas de uso de drogas, defende médico

 

Câmara dos Deputados – Proposta obriga sanitização de ambientes fechados de acesso coletivo

 

Câmara dos Deputados – Projeto destina recursos de leilões da Receita Federal às santas casas

 

O Estado de S. Paulo – Uma criança morre a cada cinco segundos no mundo, alerta OMS

 

O Estado de S. Paulo – Governo estuda tornar obrigatória vacinação de crianças

 

O Estado de S. Paulo – Sete em cada dez profissionais de saúde já sofreram algum tipo de agressão, mostra pesquisa

 

Folha de S. Paulo – Entidades da saúde entregarão a presidenciáveis propostas para o setor

 

Folha de S. Paulo – Tomar aspirina todo dia traz risco para pessoas mais velhas, mostra estudo

 

Folha de S. Paulo – Planos dos presidenciáveis ignoram fila de espera de 1 milhão por cirurgias

 

Folha de S. Paulo – Governo quer tornar obrigatória exigência de carteirinha de vacinação nas escolas

 

G1 – 1 em 5 homens e 1 em 6 mulheres terão câncer em algum momento da vida, diz agência ligada à OMS

 

G1 – Surto de febre suína na China favorece criadores de frango

 

G1 – Como cérebros doados no Brasil estão ajudando a descobrir origem do Mal de Alzheimer

 

G1 – Cuidadores devem ser vistos como mão-de-obra prioritária

 

G1 – Britânica com paralisia cerebral consegue fazer cirurgia nos EUA após doação anônima de R$ 200 mil

 

G1 – Casos de febre amarela crescem 421% em SP neste ano

 

O Globo – Cientistas identificam mais de 500 regiões do genoma ligadas à pressão sanguínea

 

O Globo – Artigo: O bisturi e a imprensa

 

O Globo – Clínica do Recreio promove palestra gratuita sobre Alzheimer

 

Zero Hora – Secretaria da Saúde descarta destinar médicos nomeados nesta segunda para Postão

 

Zero Hora – Mortes por câncer devem chegar a 9,6 milhões neste ano, estima OMS

 

Zero Hora – Aparelhos ortodônticos: tire suas dúvidas sobre os tipos e funcionalidades

 

Correio Braziliense – Especialistas discutem inovações de tratamento contra o câncer em seminário

 

Correio Braziliense – Com baixa adesão, governo estuda tornar obrigatória vacinação de crianças

 

Correio Braziliense – Banco de leite humano do Hospital Regional de Taguatinga celebra 40 anos

 

Correio Braziliense – Índios Yanomami impedem a saída de profissionais de saúde em aldeia

 

Cada Minuto – Médico denuncia que falta medicamento para portadores da ELA no Estado

 

Terra – Falta de vitamina D + gengivite = maior risco de diabetes

 

Panorama Farmacêutico – Duas farmacêuticas estão entre as indústrias mais inovadoras do mundo

 

Panorama Farmacêutico – Interfarma contra fim da exigência de certificado em compras de medicamentos

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.