EMPRESA CHINESA DE DRONES FIRMA PROTOCOLO COM GOVERNO DO MATO GROSSO

//EMPRESA CHINESA DE DRONES FIRMA PROTOCOLO COM GOVERNO DO MATO GROSSO

A empresa chinesa Zhuhai Yuren Agricultural Aviation assinou um protocolo de intenções com o governo do Mato Grosso para instalação de uma fábrica de drones agrícolas no Estado. É o que informa o site Defesa Net. O acordo ocorreu na última quarta-feira (8), em Pequim, durante um fórum promovido pelo governo mato-grossense na capital chinesa. O governador Pedro Taques liderou a comitiva brasileira, que apresentou para cerca de 150 empresários chineses projetos de investimentos no Estado, como a Zona de Processamento e Exportação de Mato Grosso, parque tecnológico, infovia e concessão de aeroportos e estradas. A empresa de drones ainda doou um modelo para a para a Secretaria de Agricultura Familiar do Estado. Além da Zhuhai Yuren, outra empresa, a ZN Solar, também sinalizou a intenção de instalar uma unidade sua no Brasil. Nesse caso, para fabricação de placas solares de captação de energia. A comitiva do Mato Grosso teve a participação de prefeitos de nove cidades do Estado, além de deputados e representantes de entidades do setor primário. “Como resultado imediato da missão, foram assinados protocolos de intenção para a instalação de duas fábricas chinesas em Mato Grosso: a ZN Solar, para fabricação de placas solares de captação de energia; e a Zhuhai Agricultural Aviation, para fabricação de drones agrícolas”, destaca a publicação.

Caixa prorroga redução de juros para operações de crédito rural 

A Caixa Econômica Federal informou na quinta-feira (16) a prorrogação até o fim de dezembro a redução de 7,5% para 6,7% ao ano das taxas de juros que cobra dos financiamentos do Pronamp, linha voltada a produtores rurais de médio porte e que conta com recursos controlados do Plano Safra. Inicialmente, a ideia era que a medida durasse até setembro, mas a Caixa avaliou que a estratégia vem colaborando para o crescimento de suas operações com crédito rural neste começo da Safra 2017/18. De acordo com o Valor Econômico, nos quatro primeiros meses da temporada (julho a outubro), o volume de crédito rural concedido pelo banco cresceu 74% em relação ao mesmo período do ciclo 2016/17, para R$ 2,1 bilhões. O governo decidiu permitir em outubro esse tipo de redução em relação aos juros estabelecidos no Plano Safra. A forte queda da taxa básica de juros (Selic) também tem estimulado esse movimento, que vem sendo adotado por outras instituições.

País adota compromisso por biocombustíveis

O Brasil e outros 19 países selaram na quinta-feira (16) compromisso para desenvolver a bioenergia na Conferência do Clima, a COP 23, que ocorre em Bonn, na Alemanha. As 20 nações lançaram declaração conjunta para a promoção da bioeconomia em evento oficial do Brasil na programação da Conferência. O portal do Meio Ambiente enfatiza que o objetivo é reduzir emissões no setor de transportes e, assim, contribuir para conter o aumento da temperatura global e os prejuízos associados. A declaração reuniu o esforço coletivo dos 20 países integrantes da Plataforma para o Biofuturo, lançada há exatamente um ano na COP 22, em Marrakech, no Marrocos. No documento, o grupo declara seu compromisso com o desenvolvimento dos biocombustíveis e da bioeconomia. Juntos, assinam a declaração Argentina, Brasil Canadá, Dinamarca, Egito, Finlândia, França, Índia, Indonésia, Itália, Marrocos, Moçambique, Holanda, Paraguai, Filipinas, Suécia, Reino Unido e Uruguai. Reunidos na COP 23, todos eles fizeram uma avaliação do primeiro ano da Plataforma para o Biofuturo, um instrumento para atrair investidores e formuladores de políticas públicas. A proposta para criação da Política Nacional de Biocombustíveis (Renovabio) também foi apresentada no evento. O projeto de lei para instituição da medida foi apresentado na terça-feira (14) à Câmara dos Deputados.

Oferta de café robusta do Brasil é considerada ‘normal’ pela 1ª vez no ano, diz Abic

A oferta de café robusta para a indústria brasileira foi considerada como “normal” pela primeira vez em 2017, evidenciando uma recuperação na safra nacional da variedade após perdas em colheitas recentes por causa da seca, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) divulgados na quinta-feira (16). Conforme o site do G1, entre 6 e 10 de novembro, o Índice de Oferta de Café para a Indústria (IOCI), medido pela entidade, atingiu 7,77 pontos, acima da marca de 7 pontos, a partir da qual o suprimento é considerado normal. O índice vai de 1 a 9 e, quanto maior, melhor a disponibilidade do produto. “A explicação (para a melhora no IOCI) é que a colheita de conilon (robusta) e de arábica terminou e há café suficiente no mercado. Os preços estão estáveis, o que diminui a pressão compradora”, afirmou à Reuters o diretor-executivo da Abic, Nathan Herszkowicz, por e-mail. “Pelas projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Brasil deverá produzir ainda este ano 10,7 milhões de sacas de robusta, expressiva alta de 34% na comparação com as 8 milhões de 2016. Com efeito, a alta no IOCI do robusta se refletiu também no indicador geral da Abic, que considera tanto o conilon quanto o arábica. Entre 6 e 10 de novembro, o IOCI geral marcou 6,26 pontos, ainda indicando oferta seletiva, mas próximo do nível de suprimento normal”, destaca o G1.

NA IMPRENSA

Mapa – Programa ABC é destacado no Espaço Brasil durante a COP 23

MMA – Em Bonn, ministro destaca avanços brasileiros

MMA – Planeta Clima apresenta Plantadores de Rios

MMA – Brasil lança Planaveg na Conferência do Clima

MMA – Sarney Filho defende mecanismos financeiros

MMA – País adota compromisso por biocombustíveis

MMA – Fundo Amazônia: R$ 200 mi para recuperação da vegetação

Senado Federal – Inscrição de assentamentos no cadastro rural está na pauta da CRA

G1 – Marfrig adere ao Refis com dívidas consolidadas de R$ 1,3 bilhão

G1 – Brasil tem rebanho com 18 milhões de ovelhas

G1 – Oferta de café robusta do Brasil é considerada ‘normal’ pela 1ª vez no ano, diz Abic

O Estado de S.Paulo – Regina Pitoscia – Rendimento melhor na renda fixa? Veja o que o mercado oferece

O Estado de S.Paulo – PMDB ataca ‘trama’ para tirar Temer do poder

Valor Econômico – Caixa prorroga redução de juros para operações de crédito rural

Valor Econômico – Marfrig anuncia adesão ao Pert

Valor Econômico – Doria descarta farinata e pretende ampliar uso de orgânicos na merenda

Valor Econômico – Cenário de desafios para os produtores de açúcar da UE

Valor Econômico – Rússia volta a ameaçar frigoríficos brasileiros

Valor Econômico – Bunge anuncia avanço em sua reorganização

Valor Econômico – Marfrig reforça aposta no mercado doméstico

Valor Econômico – Frigol em expansão

Valor Econômico – Aposta na marca

Valor Econômico – Commodities Agrícolas

Zero Hora – Entidade aponta falta de protetor solar gratuito para agricultor familiar

Defesa Net – Empresa chinesa de drones agrícolas firma protocolo com governo do MT

Informativo do Vale – Capacitação da Emater incentiva a produção orgânica de alimentos

Página Rural – PR: em Londrina, Embrapa promove curso de atualização em soja

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.