CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA CRIA PETIÇÃO EM DEFESA DA HOMEOPATIA

//CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA CRIA PETIÇÃO EM DEFESA DA HOMEOPATIA

O Conselho Federal de Farmácia, por meio do Grupo de Trabalho sobre Homeopatia, criou uma petição eletrônica em apoio a esta prática na atuação farmacêutica. Conforme o portal Panorama Farmacêutico, no próximo Congresso da Federação Internacional Farmacêutica (FIP), dia 4 de setembro, em Glasgow na Escócia, haverá um debate com caráter claramente contrário à Homeopatia, questionando, inclusive, se o farmacêutico deve produzir e dispensar medicamentos homeopáticos e prestar atendimento à população por meio desta terapia. De acordo com a programação, esta mesa, inclusive, questiona se o farmacêutico deve produzir e dispensar medicamentos homeopáticos e prestar atendimento à população por meio desta terapia. Essa discussão na FIP pode gerar documentos e políticas contrárias a farmácia homeopática. “Neste caso, as consequências para o segmento terão repercussões em todo o mundo, o que dificultará o acesso aos medicamentos e à Assistência Farmacêutica para a população”, afirma o portal.

 

Relação entre cigarro e câncer não se limita ao pulmão



No mundo, dentre todos os fatores de risco para desenvolvimento de câncer, o hábito de fumar é o mais associado com mortalidade pela doença. De acordo com O Estado de S. Paulo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que o tabagismo é responsável pela morte por câncer de 6 milhões de pessoas a cada ano, e também de outras doenças. A relação entre tabaco e câncer é mais prevalente quando o assunto é câncer de pulmão. Porém, o consumo de cigarro é também refletido na incidência de câncer de esôfago, estômago, pâncreas, rim, bexiga, mama e em tumores da região de cabeça e pescoço, como boca, laringe e garganta. De acordo com o cirurgião oncologista do Departamento de Cabeça e Pescoço e Líder do Departamento de Medicina Preventiva do A.C.Camargo, Thiago Celestino Chulam, os cânceres nesses órgãos são, na maioria dos casos, diagnosticados em fase avançada da doença. “Um dos fatores para o atraso na descoberta, explica Chulam, é a negligência dos sintomas”, salienta a notícia.

 

Laboratórios descobrem o tratamento digital



Na maior conferência anual sobre câncer do mundo deste ano, os laboratórios farmacêuticos, como habitual, fizeram fila para alardear suas inovações diante de uma audiência receptiva de médicos e investidores. É o que informa o Valor Econômico. A MoovCare, da israelense Sivan Innovation, se descreve como uma solução de acompanhamento relatado pelo paciente com base na web e faz parte de uma nova geração de tratamentos médicos digitais que usam programas de computador como elemento-chave para tratar ou curar doenças. Diferentemente dos aplicativos de bem-estar que ajudam a manter um estilo de vida mais saudável, as “digicêuticas”, como essas terapêuticas digitais algumas vezes são apelidadas, são validadas por meio de testes clínicos, da mesma forma que remédios convencionais. Os sistemas de atendimento médico, preocupados com custos e interessados em tratar um número de pacientes cada vez maior, dá cada vez mais atenção a essas terapias médicas digitais. “As terapias digitais podem ser algo que agrega valor significativo aos pacientes e, presumindo que concluamos que isso se mostra verdadeiro no mundo real, poderiam abrir uma nova área”, disse o executivo-chefe da Novartis, Vas Narasimhan.

 

Empresa que trouxe maconha medicinal ao Brasil cresce 40%



O jornal Folha de S. Paulo destacou que há quatro anos, uma mãe brasileira conseguiu na Justiça o direito de importar para seu filho o Canabidiol, um remédio que é derivado da cannabis sativa, nome científico da maconha. Esse era o único medicamento capaz de controlar as crises convulsivas diárias do menino. Foi assim que começou a história da Medical Marijuana com o Brasil. A HempMeds é a responsável pelo Canabidiol e tem subsidiárias no Brasil e no México. O porte da empresa ainda é modesto, mas o crescimento é forte: no segundo trimestre deste ano, as receitas cresceram 40%, para US$ 15 milhões (R$ 62,1 milhões). O grupo trabalha só com o canabidiol componente da maconha com propriedade terapêutica. Com a liberação da importação do medicamento, a empresa abriu uma subsidiária no Brasil, que basicamente faz a sua representação. A HempMeds indica o uso, com resultados positivos em maior ou menor grau e sem contraindicações, para os tratamentos de autismo, Parkinson, Alzheimer e epilepsia. Mas a burocracia ainda é grande. “Para comprar o produto aqui é preciso passar pelos trâmites de importação e de receita médica para justificar o uso. O remédio chega ao Brasil com um custo alto”, informa o jornal.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Brasileiros têm direito a atendimento na rede pública em três países por meio do CDAM 

 

Ministério da Saúde – Mapeamento de Experiências Exitosas sobre Envelhecimento está em sua 6ª Edição

 

Ministério da Saúde – Governo incentiva menor permanência em hospitais psiquiátricos

 

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde visita Hospital do Câncer em Recife (PE)

 

ANS – Análise de Impacto Regulatório e Governança Pública

 

Hemobrás – Hemobrás realiza Processo Seletivo Simplificado

 

SUS Conecta – CNS e Grito dos Excluídos: pela saúde pública e uma sociedade igualitária

 

Fiocruz – Fiocruz PE lança aplicativo para acessar dados sobre investimentos na saúde

 

Fiocruz – Bahia: curso de ‘Correlações Clinicopatológicas em Doenças da Pele’ está com as inscrições abertas

 

Anvisa – Anvisa apoia o Dia Nacional de Combate ao Fumo

 

Câmara dos Deputados – Trabalhadores criticam novas regras dos planos de saúde de estatais federais

 

O Estado de S. Paulo – Paciente se queixa de falta de medicamento em unidade dispensadora

 

O Estado de S. Paulo – Uso de narguilé por adolescentes preocupa mais que fumo

 

O Estado de S. Paulo – Relação entre cigarro e câncer não se limita ao pulmão

 

O Estado de S. Paulo – Algumas dúvidas sobre os seguros de pessoas

 

Folha de S. Paulo – Empresas de cigarro driblam regras e criam hashtags para atrair jovens

 

Folha de S. Paulo – Mães que amamentam devem evitar maconha, diz associação médica

 

Folha de S. Paulo – Empresa que trouxe maconha medicinal ao Brasil cresce 40%

 

G1 – Filhos de fumantes ‘têm mais chance de morrer’ de doenças de pulmão na vida adulta

 

G1 – Unicamp desenvolve protótipo de vacina de proteção dupla contra vírus da zika e meningite

 

G1 – Cigarro é o principal fator de risco para câncer de bexiga

 

G1 – Confirmada quarta morte por sarampo no AM; vítima é mulher de 44 anos

 

G1 – MPF apura irregularidades em hospitais públicos de Guarulhos

 

O Globo – Tabagismo e álcool podem danificar artérias do coração muito cedo na vida

 

O Globo – Mãe processa EUA por morte de bebê que ficou sem tratamento em centro de imigração

 

O Globo – Show em prol de crianças com câncer reúne artistas na Barra

 

Valor Econômico – Laboratórios descobrem o tratamento digital

 

Valor Econômico – O declínio dos poluentes sintéticos

 

Zero Hora – Conselho da Saúde de Caxias recomenda que servidores substituam funcionários terceirizados na UPA em 6 meses

 

Zero Hora – Terapia em grupo é oferecida de graça para quem quer largar o cigarro

 

Zero Hora – Surto de toxoplasmose: Ministério da Saúde aponta fragilidades no abastecimento de água

 

Zero Hora – RS registra sete novos casos de sarampo

 

Zero Hora – Poluição do ar pode ocasionar perda de inteligência, diz estudo

 

Correio Braziliense – Dano arterial começa na adolescência, no caso de jovens que bebem e fumam

 

Correio Braziliense – “Vamos implantar o SUS real no DF”, promete Fátima Sousa, do Psol

 

Araruna – Especialistas alertam que exame de glicemia não é suficiente para descobrir diabetes

 

Bahia Notícias – Centro de Hemodiálise do Subúrbio receberá 260 pacientes pelo SUS por mês

 

Gazeta Norte Mineira – Parlamentar volta a pedir cumprimento de lei da farmácia popular funcionando 24 horas

 

Panorama Farmacêutico – CFF cria petição em defesa da homeopatia

 

Panorama Farmacêutico – Ebola já matou 75 pessoas na República Democrática do Congo

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.