CÂNCER NO BRASIL PODE AUMENTAR EM 78% NOS PRÓXIMOS 20 ANOS

//CÂNCER NO BRASIL PODE AUMENTAR EM 78% NOS PRÓXIMOS 20 ANOS

O jornal O Estado de S. Paulo destacou que o câncer avança e 18,1 milhões de novos casos serão registrados em 2018 no mundo, com um total de 9,6 milhões de mortes. Os dados foram publicados nesta quarta-feira (12), pela Agência para a Pesquisa do Câncer, entidade ligada à Organização Mundial da Saúde. O levantamento alerta que, se nada for feito, as incidências vão atingir 29,4 milhões de novos casos em 2040, uma expansão de 63% nos próximos 20 anos. De acordo com o levantamento, o Brasil somará em 559 mil novos casos de câncer, com 243 mil mortes, em 2018. Mas as projeções da entidade apontam que a doença pode sofrer um aumento de 78,5% até o ano de 2040. No total, 998 mil novos casos serão registrados. “De acordo com a pesquisa, alimentação, bebida, falta de atividades físicas e envelhecimento seriam alguns dos principais fatores”, informa a notícia.

 

União deve fornecer medicamento de alto custo para tratamento de doença ocular

 

A 6ª Turma do TRF 1ª Região manteve sentença do Juízo da 21ª Vara da Seção Judiciária de Minas Gerais, que julgou o pedido do autor para que o ente público lhe forneça a injeção intraocular Lucentis para tratamento de Membrana Neovascular Sub-retiniana Secundária a alta miopia degenerativa. De acordo com o portal da SEDEP, a paciente teve a medicação negada sob alegação de que a doença não seria contemplada no protocolo de terapia do município de Belo Horizonte. Ao analisar o processo, o relator, desembargador federal Daniel Paes Ribeiro, destacou que o entendimento do Superior Tribunal de Justiça, a respeito do caso é de que o poder público é obrigado a fornecer medicamentos não incorporados em atos normativos do SUS a pacientes com incapacidade financeira de arcar com o custo da medicação necessária ao tratamento de sua saúde. “Para o relator, ainda que o acompanhamento médico da parte autora não tenha se dado por meio do SUS, os entes da Federação têm o dever de fornecer a medicação devidamente prescrita, que representa a expectativa de restabelecimento da saúde”, enfatiza o portal.

 

Senadores cobram instalação da CPI dos Planos de Saúde

 

Os constantes reajustes dos planos de saúde têm sido motivo de protestos de vários consumidores. O tema também tem motivado a preocupação de muitos senadores. Depois de conseguir 27 assinaturas, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou o requerimento para a criação da CPI dos Planos de Saúde. É o que informa a Agência Senado. A ideia da senadora é que a CPI seja instalada já no início de outubro, logo após o primeiro turno das eleições. De acordo com Lídice da Mata, a população tem demonstrado muita preocupação com os aumentos de preço das operadoras de planos de saúde. Ela disse que, principalmente agora durante o período eleitoral, muitos eleitores a têm procurado para reclamar da situação. A CPI será composta por 11 membros titulares e 6 suplentes e funcionará pelo prazo de 180 dias prorrogáveis. “O objetivo da comissão é investigar os reajustes de preços dos planos de saúde autorizados pela ANS”, destaca a Agência.

 

Comissão aprova MP que cria linha de crédito do FGTS para hospitais filantrópicos e santas casas

 

A comissão mista que analisa a Medida Provisória (MP) 848/18, que prevê socorro a santas casas e hospitais filantrópicos, aprovou nesta terça-feira (11) o texto da MP, que possibilita a aplicação de recursos do FGTS em operações de crédito para entidades hospitalares filantrópicas e sem fins lucrativos que participam de forma complementar do SUS. Conforme a Agência Câmara, o texto aprovado é o projeto de lei de conversão de autoria do relator, senador Lasier Martins (PSD-RS). Ele fez uma modificação em relação ao texto original da MP, enviada pelo Poder Executivo, para explicitar que as entidades beneficiadas terão de ofertar a prestação de serviços ao SUS no percentual mínimo de 60%. A lei já prevê esse percentual para que um hospital seja considerado filantrópico. No entanto, Lasier Martins acredita que o detalhamento vai garantir que o financiamento seja direcionado apenas às instituições que realizam a maior parte dos seus atendimentos à população mais carente. “O presidente da comissão mista, deputado Leonardo Quintão (MDB-MG), acredita que a medida vai ajudar a reduzir o endividamento das entidades sem fins lucrativos”, afirma a matéria.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – A quatro dias do final da campanha, 93% das crianças se vacinaram contra pólio e sarampo 

 

Fiocruz – Fiocruz Pernambuco celebra 68 anos

 

Anvisa – Aprovada a ampliação de uso do Gadovist

 

Anvisa – Importação de canabidiol: exportadora errou sobre entrega

 

Anvisa – Abertas novas turmas para profissionais de saúde

 

Câmara dos Deputados – Comissão aprova MP que cria linha de crédito do FGTS para hospitais filantrópicos e santas casas

 

Senado Federal – Cúpulas do Congresso ficam iluminadas de azul em referência à doença Charcot-Marie-Tooth

 

Senado Federal – Senadores cobram instalação da CPI dos Planos de Saúde

 

O Estado de S. Paulo – Câncer no Brasil pode aumentar em 78% nos próximos 20 anos

 

O Estado de S. Paulo – Nova regra abre espaço para startups no setor de psicologia

 

Folha de S. Paulo – Ensino médico, ética e Drs. Bumbum

 

Folha de S. Paulo – Spray nasal pode ajudar a tratar câncer no cérebro

 

Folha de S. Paulo – ‘Treinar autocontrole é mais importante que fazer exercício físico’, diz coach de emagrecimento

 

Folha de S. Paulo – Coaching oncológico ajuda paciente a lidar com medos e novas prioridades

 

G1 – Crianças de 1 ano têm a menor taxa de vacinação contra o sarampo e a pólio, diz ministério

 

G1 – Abusos contra pacientes psiquiátricos se espalham pelo Brasil com ajuda de verbas públicas

 

G1 – Saúde e violência são os principais problemas para os eleitores brasileiros, segundo Datafolha

 

G1 – Família de Mr. Catra doa as córneas do cantor em São Paulo

 

O Globo – Consumo moderado de laticínios protege o coração, defende estudo

 

Zero Hora – IPE Saúde reajusta em cerca de 35% o valor das consultas médicas

 

Correio Braziliense – Aparelhos estéticos permitem tratamento sem prejudicar a autoestima

 

Correio Braziliense – Fátima Sousa, candidata ao GDF, quer fortalecer atenção básica à saúde

 

Jus Tocantins – Unimed Goiânia deve subsidiar tratamento oncológico de paciente com fornecimento de medicamento de alto custo

 

Optica Net – Diabéticos que não fazem acompanhamento oftalmológico correm risco de perder a visão

 

R7 – Família coloca casa à venda para pagar remédios da filha

 

Serra Nossa – Exposição Intestino Gigante supera expectativas em Carlos Barbosa

 

SEDEP – União deve fornecer medicamento de alto custo para tratamento de doença ocular

 

Panorama Farmacêutico – Preço, automedicação e fake news: como o brasileiro vê o canal farma?

 

Panorama Farmacêutico – O dilema das patentes na saúde

 

Panorama Farmacêutico – AGU usa CPC para barrar ações sobre aditivos em cigarro

 

Panorama Farmacêutico – Mantido reconhecimento de vínculo entre farmacêutica e drogaria

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.