ANVISA PARTICIPA DE DEBATE SOBRE RESÍDUO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

//ANVISA PARTICIPA DE DEBATE SOBRE RESÍDUO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou em seu portal a participação de seus representantes no 6º Workshop Latino-Americano de Resíduos de Agrotóxicos: Alimentos e Meio Ambiente. O evento foi realizado na Costa Rica, entre os dias 14 e 17 de maio, e contou com a participação de representantes de 48 países. A Agência participou da mesa redonda “Análise de Risco e Regulação para a Saúde e Meio-Ambiente com Foco em Resíduos de Agrotóxicos e Outros Compostos Emergentes”. A relevância da avaliação do risco dietético na proteção à saúde da população foi um tema de destaque na discussão. “A experiência da Anvisa e os resultados do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) de 2013 a 2015 também foram temas debatidos. A possibilidade de direcionar as ações de gestão do risco foi um dos benefícios citados na avaliação do Programa. Também foi mencionada a necessidade de se aprimorar continuamente os mecanismos de comunicação do risco à população”, afirma a notícia.

Temer envia ao Congresso projeto que regulamenta CRA cambial

Em mais um gesto de afago ao setor do agronegócio, o presidente Michel Temer informou na quinta-feira (25) em nota à imprensa que está encaminhando um projeto de lei ao Congresso que regulamenta a emissão de alguns títulos do agronegócio, como os Certificados dos Recebíveis do Agronegócio (CRA), em moeda estrangeira e com cláusula de correção cambial. O jornal Valor Econômico destaca que a ideia é gerar segurança jurídica para que investidores ou fundos estrangeiros financiem a agricultura e tirem o peso de grandes bancos na função tradicional de financiar o setor. E possibilitar o “aumento de fontes de financiamento do agronegócio”, afirma Temer à imprensa. A proposta de lei atende ao setor do agronegócio, que vinha pedindo desde o ano passado que o governo regulamentasse esses títulos como alternativa às fontes tradicionais de crédito rural (depósitos à vista e poupança rural), que vêm se mostrando cada vez mais limitadas. Em agosto de 2016, o Congresso aprovou uma Medida Provisória que permittia a emissão de CRA e CDCA em moeda estrangeira, mas sem mencionar que o lastro desses títulos também fosse em moeda estrangeira. No entanto, o Valor Econômico apurou que o projeto não garante toda a segurança jurídica que o setor reivindicava. O principal ponto reivindicado, que trata da isenção de Imposto de Renda sobre a variação do rendimento que houver durante o tempo do investimento, não foi contemplado no texto.

Com mais de 700 empresas, setor de drones vive aquecimento

Recém-regulamentados para uso como câmeras voadoras, os drones têm cada vez mais aplicações. Já são mais de 700 as empresas brasileiras que criam, importam ou implementam hardware e software desses aparelhos, segundo Emerson Granemann, organizador da feira DroneShow, que aconteceu em São Paulo neste mês. A regulamentação, ocorrida no início de maio, deverá fazer o mercado crescer, já que grandes contratos não vinham sendo fechados “por falta de segurança jurídica”, explica Granemann. Em colaboração para  a Folha de S.Paulo, Marcelo Soares diz que já há possibilidades de aplicação dos drones no monitoramento de torres de energia e transmissão, o que poupa o risco em escaladas de técnicos. “Segundo estudo da Gartner, 30% do mercado mundial comercial de drones até 2020 deve estar em inspeções de óleo, gás, energia, infraestrutura e transporte. Essa tecnologia pode ser usada para monitorar o trânsito ou contar multidão num protesto, por meio da localização de rostos em imagens”, diz parte da publicação.

Agronegócio investe na precisão com veículo aéreo não tripulado

Precisão é a palavra do momento no agronegócio. E a bola da vez é o emprego de veículos aéreos não tripulados para levantamento de áreas de plantio, acompanhamento de safra, localização de áreas de preservação, vigilância e detecção de incêndio, entre outros usos.  De acordo com informações obtidas por Denilson Oliveira em colaboração para a Folha de S.Paulo, a produtora de celulose Eldorado Brasil comprou em 2012 seus primeiros equipamentos para o monitoramento de suas florestas de eucalipto. As imagens fornecidas têm precisão que permite captar detalhes desde o plantio das mudas até o desenvolvimento das árvores. A Embrapa pesquisa com a Qualcomm e o Instituto de Socioeconomia Solidária o desenvolvimento de tecnologia para vants. “Segundo Lúcio André de Castro Jorge, pesquisador da Embrapa Instrumentação, o desenvolvimento de sistemas de bordo para drones deve proporcionar ampla adesão da tecnologia na indústria agrícola, tornando essas soluções acessíveis aos pequenos, médios e grandes produtores”, destaca o texto.

NA IMPRENSA 

Mapa – Conab faz novo leilão de frete de milho para o Nordeste

Mapa – Leilão vende quase 600 mil toneladas de milho

Mapa – Mapa tem prejuízo de mais de R$ 1,1 milhão como depredação provocada por manifestantes

Mapa – Código Florestal contribuiu para consolidar e ampliar preservação

MMA – Especialistas defendem a camada de ozônio

Anvisa – Anvisa participa de debate sobre resíduo de agrotóxicos

Embrapa – Livro sobre produção de cogumelos por meio de tecnologia chinesa modificada chega à 3ª edição

Câmara dos Deputados – Debatedores defendem decisão rápida do STF sobre legalidade do Código Florestal

Câmara dos Deputados – CPI da Funai 2 tenta novamente votar relatório final na próxima terça

Senado Federal – Aeroporto de Congonhas receberá nome do deputado Freitas Nobre

Senado Federal – Município de Braço do Norte (SC) ganha título de Capital Nacional do Gado Jersey

Folha de S.Paulo – Com mais de 700 empresas, setor de drones vive aquecimento

Folha de S.Paulo – Drones decolam em universidades fora dos grandes centros

Folha de S.Paulo – Agronegócio investe na precisão com veículo aéreo não tripulado

Folha de S.Paulo – Ministro da Agricultura critica BNDES por ter impulsionado domínio da JBS

O Estado de S.Paulo – Fapesp lança edital e governo recria conselho dos Institutos de Pesquisa

Valor Econômico – Concentração do setor de carne e domínio da JBS preocupam Blairo Maggi 

Valor Econômico – Ações da empresa têm forte recuperação 

Valor Econômico – CVM mostra prontidão com JBS em meio a processos lentos 

Valor Econômico – Futuro da Vigor causa apreensão em polo de leite do Rio de Janeiro 

Valor Econômico – Depois de resultados fracos e calote no Brasil, americana CHS muda comando 

Valor Econômico – Temer envia ao Congresso projeto que regulamenta CRA cambial 

Valor Econômico – CNA e Apex-Brasil renovam acordo de cooperação técnica 

Valor Econômico – Credores aprovam aditamento do plano de recuperação da Renuka

Valor Econômico – Plano Safra 

G1 – Oferta de carne pode cair com escândalo da JBS e beneficiar concorrentes, diz Abrafrigo

G1 – Preço das frutas cai e das hortaliças sobe em abril, diz Conab

Amambai Notícias – Mais Milho discute fatores essenciais para produção do grão no Brasil

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.