ANVISA DEFINE NOVA DISTRIBUIÇÃO DE DIRETORIAS

//ANVISA DEFINE NOVA DISTRIBUIÇÃO DE DIRETORIAS

A nova definição dos diretores responsáveis pelas diretorias da Anvisa foi publicada nesta terça-feira (10/07) no Diário Oficial da União. A configuração consta da Resolução da Diretoria Colegiada 236/2018. É o que informa o portal da Anvisa. De acordo com a resolução publicada, Alessandra Bastos agora assume a Diretoria de Autorização e Registro Sanitários e Fernando Mendes fica encarregado da Diretoria de Coordenação e Articulação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. “Ainda de acordo com a resolução, a Diretoria Colegiada da Anvisa define manter Jarbas Barbosa responsável pela Diretoria de Gestão Institucional, além de ser diretor-presidente; Renato Porto, pela Diretoria de Regulação Sanitária; e William Dib, pela Diretoria de Controle e Monitoramento Sanitários”, destaca a nota.

 

Ozonioterapia só pode ser usada em caráter experimental, define CFM

 

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou nesta terça-feira (10), uma resolução que define a ozonioterapia como um procedimento que só pode ser realizado em caráter experimental. Com a decisão, os médicos só poderão realizar esse tipo de técnica em estudos, sob os critérios definidos pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. De acordo com o Estado de S.Paulo, a ozonioterapia consiste na aplicação de uma mistura de oxigênio e ozônio, por diversas vias de administração, com indicação para tratamento de problemas circulatórios, doenças causadas por vírus, feridas infeccionadas, terapia complementar para diversos tipos de câncer e diversas outras aplicações. Para o CFM, porém, a técnica não tem fundamentação científica. No parecer, o CFM conclui que “este procedimento é experimental devido à falta de evidências científicas baseada na revisão sistemática da literatura para o seu uso na prática clínica” e que “há elevado grau de incerteza quanto à eficácia do procedimento”.

 

Bebê morre em hospital no AM após médico sem registro no CRM receitar dosagem 10 vezes maior de remédio

 

O Ministério Público do Amazonas está investigando a morte de um bebê de 10 meses, que morreu no domingo (8), no Hospital Público de Santo Antônio do Içá. Segundo o G1, um médico sem registro no Conselho Regional de Medicina prescreveu para a criança uma dosagem 10 vezes maior de um medicamento para tratar alergia. O bebê Henzo Matheus Pinto Elias chegou ao hospital de Santo Antônio do Içá com quadro de febre e vômito. O menino morreu na tarde de domingo, após passar seis dias internado na unidade. O Ministério Público investiga crimes de negligência, exercício ilegal da medicina e até crime de homicídio. Henzo foi atendido pelo médico na unidade. Na receita assinada por ele, é recomendado o uso de dipirona e 25 miligramas de prometazina. Depois que a medicação foi aplicada, o quadro clínico do bebê piorou. O menino foi transferido para o Hospital do Exército no dia 4 de julho, mas não resistiu. Na certidão de óbito da criança consta que a causa da morte foi edema cerebral e hemorragia intracraniana. O pai do bebê prestou depoimento no Ministério Público. “Um dos fatos mais graves da investigação é que o médico não tem registro no Conselho Regional de Medicina (CRM)”, destacou a matéria.

 

TCM atesta que unidades de saúde atendem pacientes fora do Sistema de Regulação

 

O jornal O Globo destacou que no centro de uma polêmica, a fila para o atendimento de saúde no município do Rio, administrada pelo Sistema de Regulação (Sisreg), está sob duras críticas. Problemas sérios foram apontados em um relatório do Tribunal de Contas do Município (TCM) que cruzou dados da plataforma em maio e junho do ano passado e os atendimentos efetivamente realizados pelos hospitais e unidades de saúde. A constatação foi que parcela significativa da produção é efetuada à margem da regulação, inviabilizando um controle mais efetivo e fragilizando a transparência do processo. O exemplo mais gritante de que os trâmites oficiais vêm sendo burlados é o da Policlínica Guilherme da Silveira, em Bangu. O TCM observou que, enquanto o Sisreg registrava que havia 3.261 agendamentos para a unidade, em junho, a própria policlínica apresentou, no mesmo mês, documento atestando uma produção ambulatorial de 4.363 procedimentos. Ou seja, 33,7% a mais que o agendado oficialmente. Como a prefeitura tem a atribuição de regular as vagas para atendimentos de baixa complexidade em toda a rede, a análise considerou as informações relativas a esta categoria de serviço prestado por unidades municipais, estaduais, federais e conveniadas. “O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) informou que vai anexar o relatório em sua ação contra o prefeito Marcelo Crivella, por entender que estas vagas fora do sistema podem ser fruto de clientelismo ou de uma desorganização total”, informa a notícia.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
ANS – Audiência Pública: Reajuste de planos de saúde 

 

SUS Conecta – 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena será em maio de 2019

 

Fiocruz – Fiocruz inicia estudo sobre a presença de anticorpos para zika, dengue e chikungunya

 

Anvisa – Anvisa define nova distribuição de diretorias

 

ALESP – Sistema para doação de medula óssea torna-se lei estadual

 

Câmara dos Deputados – Câmara aprova aumento do piso salarial para agentes comunitários de saúde

 

Senado Federal – Marta convida população para debate sobre mensalidade dos planos de saúde

 

Estado de S.Paulo – A verdade sobre as Organizações Sociais de Saúde

 

Estado de S.Paulo – Faturamento de laboratórios locais cresce 19% até abril e supera mercado

 

Estado de S.Paulo – Bruno Covas põe chefe da Cohab na secretaria de Saúde

 

Estado de S.Paulo – Boatos sobre vírus zika têm engajamento três vezes maior que notícias verdadeiras

 

Estado de S.Paulo – Veja quais doenças voltaram a preocupar os brasileiros

 

Estado de S.Paulo – Ozonioterapia só pode ser usada em caráter experimental, define CFM

 

Folha de S.Paulo – Casos de sarampo expõem Rio a risco de surto após 18 anos

 

G1 – Falta de remédio em hospital de SP interrompe quimioterapia de pacientes com câncer

 

G1 – Bebê morre em hospital no AM após médico sem registro no CRM receitar dosagem 10 vezes maior de remédio

 

G1 – 10 benefícios da amamentação para a mãe e para o bebê, segundo a OMS

 

G1 – ‘Perdi a carteirinha de vacinação, e agora?’ G1 responde dúvidas sobre vacinas

 

G1 – Casos de sarampo aumentam no país; veja sintomas e como se proteger

 

O Globo – Hospital Gaffrée e Guinle passa a oferecer cirurgias genitais e nas pálpebras

 

O Globo – O essencial da manhã: Unidades de saúde do Rio atendem pacientes fora do sistema de regulação

 

O Globo – TCM atesta que unidades de saúde atendem pacientes fora do Sistema de Regulação

 

O Globo – Complicações do sarampo podem levar à cegueira, explica médica

 

O Globo – Artigo: Não haverá ‘recall’

 

O Globo – Nos EUA, juiz dá aval para mais de 400 ações contra a Monsanto irem a julgamento

 

Valor Econômico – Mezei, ex-presidente da Pfizer, assume Orygen Biotecnologia

 

Valor Econômico – Justiça reduz índices de reajuste de planos coletivos de saúde

 

Zero Hora – Após morte por gripe, Hospital de Tupanciretã restringe visitas para evitar proliferação do vírus

 

Zero Hora – Meio ano após primeiros casos, escolas municipais de Santa Maria recebem orientação sobre toxoplasmose

 

Zero Hora – Novo contrato do SUS com o Beneficência Portuguesa depende de acordo sobre dívida

 

Zero Hora – Justiça atende pedido da Indústria e dá mais prazo para apresentar modelo de rótulos de alimentos

 

Zero Hora – Projeto para combater avanço da aids em Viamão chama atenção de programa da ONU

 

Correio Braziliense – Saiba quais doenças estavam extintas mas voltaram a ameaçar o Brasil

 

Terra – Estudo mostra eficácia e segurança em nova opção de aplicação de Kyprolis® (carfilzomibe) para tratar mieloma múltiplo recidivado ou refratário

 

Jornal da Cidade BH – Evento marca início de campanha para ajudar crianças com câncer

 

Panorama Farmacêutico – MPF pede confirmação de fornecimento de medicamento para doença rara

 

Panorama Farmacêutico – Takeda recebe autorização para a proposta de aquisição da Shire

 

Panorama Farmacêutico – Faturamento de laboratórios locais cresce 19% até abril

 

Panorama Farmacêutico – Sanofi paralisa fábrica na França por emissão de gases tóxicos

 

Panorama Farmacêutico – Brasil desenvolve pesquisa sobre medicamento contra pé diabético

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.