ALTA DO GLIFOSATO ELEVOU LUCRO DA MONSANTO

//ALTA DO GLIFOSATO ELEVOU LUCRO DA MONSANTO

O maior volume vendido de sementes de soja na América do Sul e o avanço de preços do herbicida glifosato puxaram o resultado líquido da americana Monsanto no primeiro trimestre do ano fiscal 2018. O Valor Econômico informou que, em relatório, a empresa destacou que os resultados foram puxados pelo maior volume vendido de sementes de soja com a tecnologia Intacta na América do Sul e pelos preços mais altos desse insumo. “Também contribuíram para os resultados a alta do preço do herbicida, que estão sendo impulsionados pela escassez do produto no mercado, após várias fábricas de matéria-prima chinesas terem sido fechadas”, destaca a publicação.

País exportará 35 mil cabeças de gado para a Turquia nos próximos dias

Sob um calor de 35 graus, ao menos cinco mil gados sacolejam pelas estradas das regiões Centro-Oeste e Sudeste, em centenas de carretas, com destino ao porto de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo. Segundo o Estadão, ao todo, 35 mil cabeças de gado serão exportadas para a Turquia nos próximos dias, em três navios. Por onde passam, as carretas que transportam os gados espalham cheiro de esterco e urina. “O transporte de carga viva vem preocupando as entidades protetoras dos animais, devido às condições em que os gados são submetidos desde o transporte rodoviário, até a viagem de navio, que pode levar mais de 30 dias. A CMADS da Assembleia Legislativa de São Paulo vai oferecer denúncia ao Ministério Público Federal e Estadual, juntamente com as entidades”, frisa a reportagem.

Volume de exportação de carne fica estável em 2017, ano da operação Carne Fraca

No ano em que a reputação da carne brasileira sofreu com a operação Carne Fraca, o volume de carnes exportado pelo Brasil ficou praticamente estável com relação ao de 2016. O G1 destaca que apesar da Carne Fraca e das restrições impostas recentemente pela Rússia, as exportações de carne bovina aumentaram 12% em 2017, o equivalente a 130 mil toneladas a mais. A ABPA estimou que o país, que responde por cerca de 40% das exportações globais de frango, poderia ter exportado mais 200 mil toneladas de carne de frango e de porco em 2017 se não fosse o impacto da operação Carne Fraca. “Apesar da estabilidade no volume exportado, o país lucrou mais com a venda de carnes ao exterior em 2017”, ressalta o texto.

Parceria promoverá adaptação na cafeicultura

A necessidade de identificar e divulgar mecanismos de adaptação aos impactos da mudança do clima na produção familiar e na pequena produção cafeeira brasileira levou o MMA e a organização não-governamental Hanns R. Neumann do Brasil a firmarem acordo de cooperação técnica na área. Conforme o MMA divulgou, o documento prevê a elaboração de uma agenda comum de aprendizagem para promover a divulgação das boas práticas de adaptação e mitigação da mudança do clima no setor cafeeiro. O objetivo é tornar o pequeno produtor mais competitivo e prepará-lo para enfrentar os problemas da mudança do clima em sua propriedade. “A ideia é capacitar pequenos agricultores e agricultores familiares a melhorar a renda e a qualidade de vida, explorando sua atividade de forma sustentável”, diz a notícia.

NA IMPRENSA

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.