AGRONEGÓCIO TAMBÉM PRESERVA, DIZ EMBRAPA

//AGRONEGÓCIO TAMBÉM PRESERVA, DIZ EMBRAPA

As áreas de vegetação nativa preservadas por agricultores, pecuaristas, silvicultores e extrativistas somam 25% do território brasileiro e equivalem a R$ 3,1 trilhões em patrimônio imobilizado, mostra um mapeamento inédito feito pela Embrapa. É o que informa o jornal O Estado de S. Paulo. “Sabia-se que havia uma contribuição dos agricultores na preservação, porém os números dessa participação eram desconhecidos”, afirma Evaristo de Miranda, chefe-geral da Embrapa Territorial. “Mapeamos os dados do Brasil inteiro e constatamos que não há país do mundo no qual o setor agrícola dedique tanto patrimônio e recursos à preservação do meio ambiente.” O levantamento foi possível graças ao Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SiCAR), o registro público obrigatório de todos os imóveis rurais, que identificou as áreas de preservação permanente, de uso restrito, reservas legais, remanescentes de florestas e outras formas de vegetação nativa. “A partir desse cadastro, a expectativa do governo é aumentar controles, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e o combate ao desmatamento”, informa o jornal.

 

Resultados de pesquisa Colmeia Viva® apontam para uso incorreto de defensivo em cana



Os resultados de três anos do Colmeia Viva®MAP, iniciativa de pesquisa com a participação da Unesp e UFScar para o levantamento de dados sobre a mortalidade de abelhas, apontam para 11 casos de uso incorreto de defensivos em áreas próximas de cana-de-açúcar, especialmente em casos de pulverização aérea. De acordo com o portal Cana Online, no período de agosto/2014 a agosto/2017 foram 222 atendimentos voltados aos agricultores e criadores de abelhas, sendo 107 visitas em campo em quatro macro regiões no Estado de São Paulo, onde foram analisadas as práticas agrícolas e práticas apícolas. A metade dos casos com resíduos químicos associada ao uso incorreto na lavoura conta com a presença de inseticidas do grupo químico dos neonicotinóides com foco na cultura de cana-de-açúcar. Também são estes casos em que há relação com pulverização aérea. “Já os demais casos de uso incorreto na lavoura estão associados ao inseticida do grupo químico pirazol, sem relação com pulverização aérea, tratando-se de casos em cana, laranja, café e eucalipto”, enfatiza o portal.

 

Startups facilitam a vida do produtor



Valor Econômico destacou que o uso da inteligência artificial para aprimoramento de sistemas e processos produtivos e redução de perdas na produção, a adoção de novas tecnologias para agregar valor aos alimentos e a integração lavoura-pecuária e florestas não é mais futuro, é presente. Foi por enxergar a necessidade de acompanhamento mais assertivo do comportamento alimentar de bezerras leiteiras entre 0 e 90 dias que os sócios Nelson Nunes e Gustavo Salvati criaram, há dois anos, a Systech Feeder. A startup é responsável pelo desenvolvimento de um alimentador de bezerras que, além de oferecer o alimento, mede com precisão a quantidade ingerida de concentrado à base de milho, soja e sais minerais. Os sensores do comedor também captam informações sobre peso e crescimento dos animais. Também focado na agropecuária, o empresário João Guilherme Soares desenvolveu em parceria com Maurílio Campos a Gado e Cia, primeiro marketplace de compra e venda de gado por aplicativo. O primeiro passo da startup foi criar um catálogo virtual dos animais, com informações básicas como raça, idade, peso e preço. “Selecionada pela Ace Aceleradora, a startup desenvolveu uma tecnologia mobile, por meio da qual o vendedor anuncia diretamente na plataforma e o interessado marca virtualmente a visita para conferir os animais in loco”, destaca a matéria.

 

Índia abre mercado à carne suína brasileira



O Ministério da Agricultura recebeu, terça-feira (25), informação sobre a abertura de mercado na Índia para a carne suína brasileira e seus produtos. “Agora, compete ao setor privado brasileiro atuar para que as exportações aconteçam e que o produto seja bem recebido pelos consumidores indianos”, comentou o ministro da Agricultura, Pecuária e abastecimento (Mapa), Blairo Maggi. Conforme o portal do Mapa, a alíquota do imposto de importação para esse tipo de produto na Índia é de 30%, com exceção da salsicha, que é de 100%. Além do imposto de importação, o importador paga também um GST (equivalente ao ICMS) de 12. “O secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Mapa, Odilson Ribeiro e Silva, destacou o crescimento das exportações brasileiras do setor do agronegócio para o país, que mais que dobraram (113,9%) entre janeiro e agosto deste ano, em comparação com igual período do ano passado”, afirma a notícia.

 

NA IMPRENSA

 

 

Mapa – Índia abre mercado à carne suína brasileira

 

Mapa – Acre e Rondônia devem vacinar contra aftosa pela última vez no ano que vem

 

MMA – Anúncio de recursos para energia renovável

 

MMA – Desafios para a gestão dos recursos hídricos no país

 

Embrapa – Encontro de pesquisadores em 2019 vai estudar o solo do Maranhão

 

Embrapa – Pesquisa une Brasil e China

 

Embrapa – Dia de campo aborda inovação no cultivo de abacaxi no AM

 

Embrapa – Com ampla utilização, química renovável é alternativa à indústria petroquímica

 

Embrapa – Mais competitividade para tilápia

 

Ibama – Prevenção e combate a incêndios florestais envolve 3,3 mil indígenas em 5 anos

 

Ibama – Ibama estende prazo para entrega do Ato Declaratório Ambiental de 2018

 

Senado Federal – Proposta permite dividir condomínio rural familiar

 

O Estado de S. Paulo – Austrália anuncia novas medidas de apoio aos agricultores ante crise de morangos com agulhas

 

O Estado de S. Paulo – Desconfiança, fuga e mordidas revelam traumas psicológicos em cães abandonados

 

O Estado de S. Paulo – Temer corre para emplacar venda da Embraer e Braskem

 

O Estado de S. Paulo – Confira as propostas dos presidenciáveis discutidas no debate do SBT

 

O Estado de S. Paulo – Agronegócio também preserva, diz Embrapa

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Próximos meses serão desafiadores para o setor de leite

 

Folha de S. Paulo – Fotógrafa registra a beleza e o amor de cães com deficiência

 

Folha de S. Paulo – Ações civis públicas ajuizadas pelo Ibama podem aumentar, dizem advogados

 

Folha de S. Paulo – Fermento na farinha

 

Folha de S. Paulo – BC rebaixa projeção do PIB para 1,4% neste ano

 

G1 – Produção de flores gera 200 mil empregos no Brasil

 

G1 – Com possível extinção na natureza, ajuda para preservação da ararinha-azul vem do exterior

 

Valor Econômico – Colheita de café por cooperados da Cooxupé está virtualmente encerrada

 

Valor Econômico – Brasil segue sem conseguir exportar frango à Indonésia

 

Valor Econômico – PR respondeu por 37% das exportações de carne de frango em agosto

 

Valor Econômico – Holandesa Koppert agora mira herbicida biológico

 

Valor Econômico – Clariant investe 100 milhões de euros em usina de etanol celulósico

 

Valor Econômico – Exportação de leite longa vida pela Lactalis ao Uruguai gera reações

 

Valor Econômico – Consumo de carne deve crescer 2%

 

Valor Econômico – Agritechs auxiliam os gestores na tomada de decisão

 

Valor Econômico – Startups facilitam a vida do produtor

 

Valor Econômico – Ofício da ANTT reconhece acordo em frete de retorno

 

Zero Hora – “Vamos seguir fiscalizando”, diz presidente do Ibama, sobre multas aplicadas a produtores

 

Zero Hora – Plataforma digital reúne dados dos biomas brasileiros

 

Zero Hora – Agronerds

 

Correio Braziliense – Com medo de eleição, empresas querem leilão de aeroportos neste ano

 

Agrolink – Novo fungicida Reconil® é apresentado a cooperativas e revendas agrícolas do Estado do Paraná

 

Cana Online – Resultados de pesquisa Colmeia Viva® apontam para uso incorreto de defensivo em cana

 

Mais Soja – Algodão tolerante à seca: genes podem levar ao seu desenvolvimento

 

Mais Soja – Adesão ao seguro agrícola é garantia de sustentabilidade financeira na agricultura

 

Mais Soja – Desempenho agronômico de cultivares de soja em função da época de semeadura em áreas de cultivo de arroz irrigado

 

Mais Soja – Eficiência de fungicidas multissítios em mistura com fungicidas sítio-específicos no controle da ferrugem-asiática da soja

 

Mais Soja – Como está a evolução da resistência da ferrugem aos principais grupos químicos?

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.