AGRICULTURA É INCÓGNITA PARA PRÓXIMO GOVERNO

//AGRICULTURA É INCÓGNITA PARA PRÓXIMO GOVERNO

Eleito com grande adesão do setor de agronegócios, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) ainda diverge sobre o nome mais adequado para assumir o Ministério da Agricultura em seu governo, a partir de janeiro de 2019. De acordo com o Valor Econômico, de um lado, o deputado Ônix Lorenzoni (DEM-RS), já anunciado futuro ministro da Casa Civil, tem revelado nos bastidores a preferência pelo também deputado gaúcho e eleito como senador mais votado por seu Estado, Luiz Carlos Heinze (PP-RS). Em outra frente, o próprio Bolsonaro nutre simpatia por Antônio Nabhan Garcia, presidente da União Democrática Ruralista (UDR) e que se tornou um de seus principais aliados durante a campanha. Nomes de políticos ruralistas, porém, também vêm sendo ventilados pela equipe de Bolsonaro. A deputada federal reeleita Tereza Cristina (DEM-MS), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), é consenso dentro da bancada e nome de maior preferência dentro do setor, porém já confidenciou a interlocutores que prefere aconselhar nomes de fora do meio político. “Por fim, o deputado Marcos Montes (PSD-MG), candidato a vice na chapa derrotada de Antônio Anastasia (PSDB) ao governo mineiro, também é lembrado”, destaca a notícia.

 

Novos ministros só serão anunciados em dezembro, afirma Lorenzoni



Anunciado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) como futuro ministro da Casa Civil, o deputado federal reeleito Onyx Lorenzoni (DEM-RS) afirmou nesta terça-feira (30) que anúncios de ministros vão ocorrer somente em dezembro. É o que informa o Valor Econômico. “Ele (Bolsonaro) vai nos dar as principais orientações. E nós vamos começar a trabalhar”, afirmou Lorenzoni. “Vou para Brasília amanhã. Já tenho aqui uma série de informações para ele. E ele hoje vai nos orientar de como inicia o contato com o atual governo”, disse. O deputado informou que, na quarta-feira (31), já deve levar “alguns nomes, para que sejam constituídos”, mas não disse a quais cargos.

 

Petrobras adia ‘hibernação’ de fábricas de fertilizantes



A Petrobras comunicou nesta terça-feira (30) que adiou para o dia 31 de janeiro de 2019 a hibernação das fábricas de fertilizantes localizadas em Sergipe e na Bahia. Conforme o Valor Econômico, em março, a companhia informou que a hibernação seria concluída a nesta quarta-feira (31). Segundo a companhia, a decisão de dar mais tempo foi tomada para que a administração possa concluir a análise de alternativas à hibernação. Entre as opções analisadas está o arrendamento da fábrica a terceiros. Programado inicialmente para acontecer até 30 de junho, o processo de paralisação acabou atrasado após congressistas de Sergipe e Bahia pressionarem a estatal em busca de uma solução alternativa para as duas unidades. “O processo de hibernação consiste em uma parada progressiva da produção das unidades industriais, com ações para conservar equipamentos e prevenir impactos ambientais. A estatal afirma que a medida está alinhada ao posicionamento estratégico de deixar as atividades de produção de fertilizantes, conforme o Plano de Negócios e Gestão 2018-2022”, afirma a matéria.

 

Equipe de transição de Bolsonaro vai discutir venda da Embraer



Valor Econômico destacou que tanto membros do ministério de Michel Temer quanto da futura equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, já deram indicações de que a venda de 80% da aviação comercial da Embraer para a Boeing é agora um assunto a ser tratado entre ambos os governos. Por isso, será discutido no período de transição. O governo brasileiro é acionista minoritário da Embraer, mas conta com uma categoria especial de ação, a chamada “golden share”, que lhe dá direito de veto nas decisões da empresa de aviação. Na semana passada, o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, declarou à agência “Reuters” que “seguramente a equipe de transição será chamada para conversar sobre o acordo”. Nesta terça-feira (29), foi a vez de o general da reserva Augusto Heleno, cotado para ser o futuro ministro da Defesa, demonstrar interesse em conhecer os termos do acordo. “O acordo tem que ser vantajoso para o país”, disse Heleno. Ele afirmou não ver problemas caso o entendimento seja fechado ainda no governo Temer, mas, ressaltou, o importante é que o negócio atenda as duas partes. “Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro mostrou ser favorável à parceria. O governo Temer também já havia sinalizado positivamente porque o acordo prevê que os projetos de defesa continuarão com a Embraer”, informa o Valor.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Ministro realiza missão comercial à China e Emirados Árabes 

 

Mapa – Mapa prepara gestores de emergências zoossanitárias

 

MMA – Gestores avaliam bacias hidrográficas do RJ

 

MMA – Gestão da água no Brasil é destaque na China

 

Embrapa – Conceito Carne Carbono Neutro presente em eventos internacionais

 

Embrapa – Personalidades e instituições são homenageadas com a Medalha Mário Martinez

 

Embrapa – Espírito Santo recebe 1º TecLeite

 

Embrapa – Mountains 2018 tem resumos aprovados de 29 países

 

Embrapa – Técnicos da Emater-DF participam de capacitação em Energias Renováveis

 

Embrapa – Crianças refletem sobre como a ciência ajuda na redução das desigualdades

 

Embrapa – Estudantes do Ifac de Tarauacá visitam Embrapa Acre

 

Embrapa – Projeto regional de inclusão geodigital inicia atividades no Amapá

 

Embrapa – Acordo viabiliza primeira área de estudo oficial da Carne Baixo Carbono

 

O Estado de S. Paulo – Desafios que o novo governo enfrentará

 

O Estado de S. Paulo – Adeus mamíferos, pássaros, peixes, anfíbios e répteis

 

Folha de S. Paulo – Vírus da zika em macacos sugere presença de ciclo silvestre no Brasil

 

Folha de S. Paulo – Mercado Aberto – Maior leilão privado de crédito de carbono pode ser último antes de nova política

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Ministério da Agricultura sob Bolsonaro precisará priorizar diplomacia comercial

 

Folha de S. Paulo – Consumo e ‘domesticação’ do cacau começaram na Amazônia, há 5 mil anos

 

Folha de S. Paulo – Compartilhamento avança na aviação e promete democratizar o transporte aéreo

 

Folha de S. Paulo – Embraer registra prejuízo de R$ 84 milhões no terceiro trimestre

 

G1 – Terra perdeu 60% de seus animais silvestres em 44 anos, diz relatório

 

O Globo – China legaliza comércio de produtos derivados de tigres e rinocerontes

 

O Globo – Acordo com a Boeing pode ser assinado até o fim do ano, prevê presidente da Embraer

 

Valor Econômico – Caminhoneiros protestam para cobrar cumprimento do piso do frete

 

Valor Econômico – JBS quer aumentar produção de industrializados em 45% até 2021

 

Valor Econômico – Camil adianta que novas aquisições no Brasil e no exterior seguem nos planos

 

Valor Econômico – Bolsonaro manterá política liberal para combustíveis, avalia Única

 

Valor Econômico – À venda, terminal da Odebrecht Transport em PE amplia cargas

 

Valor Econômico – No mercado de açúcar, o pior já ficou para trás

 

Valor Econômico – Equipe de transição de Bolsonaro vai discutir venda da Embraer

 

Valor Econômico – Agricultura é incógnita para próximo governo

 

Valor Econômico – Petrobras adia ‘hibernação’ de fábricas de fertilizantes em SE e BA

 

Valor Econômico – Novos ministros serão anunciados só em dezembro, afirma Lorenzoni

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Aberta a safra de especulações para Secretaria e Ministério da Agricultura

 

Correio Braziliense – Cães treinados detectam malária antes de paciente apresentar sintomas

 

Canal Rural – Combate aéreo a incêndios rendeu R$ 45 mil a hospital em Goiás

 

Portal do Agronegócio – Summit Agronegócio Brasil 2018 coloca em pauta os principais desafios, tendências e oportunidades do setor

 

Rádio Evangelho – Bactérias e fungos podem tornar plantas mais resilientes a alterações climáticas

 

Sul News – MPF promove audiência pública para debater o impacto dos agrotóxicos

 

Mais Soja – Produção mundial de trigo 18/19 deve ser 5% menor que a safra anterior

 

Mais Soja – Complexos oleaginosos e grãos representaram 43% das exportações Argentinas no primeiro semestre

 

Mais Soja – Ministro realiza missão comercial à China e Emirados Árabes

 

Mais Soja – Novo relatório de custo de produção para o milho de alta tecnologia

 

Mais Soja – Imea consolida os dados do custo de produção da soja da safra 18/19

 

Mais Soja – Para ABIOVE, novo cronograma de mistura do biodiesel contribuirá para o crescimento da cadeia produtiva

 

Mais Soja – Integração Lavoura-Pecuária leva soja ao noroeste do Paraná

 

_________________________________________________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.