ACIONISTAS DA SYNGENTA ACEITAM OFERTA DE US$ 43 BI DA CHEMCHINA 

//ACIONISTAS DA SYNGENTA ACEITAM OFERTA DE US$ 43 BI DA CHEMCHINA 
Conforme reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, a China National Chemical Corp. (ChemChina) informou que os acionistas da gigante suíça do agronegócio Syngenta AG aceitaram a oferta de aquisição no valor de US$ 43 bilhões. A decisão abre caminho para a finalização do maior negócio já feito por uma companhia chinesa na história. Em comunicado à imprensa distribuído nesta sexta-feira (5), a ChemChina informou que detentores de 80,7% das ações da Syngenta concordaram com a aquisição. “O porcentual é superior aos 67% necessários para que o negócio avançasse. O primeiro pagamento aos acionistas será feito no dia 18. Segundo a companhia chinesa, a transferência de controle ocorrerá no mesmo dia. A ChemChina também informou que vai tirar as ações da Syngenta das bolsas na Suíça e nos Estados Unidos assim que a legislação permitir”, diz a reportagem.

Ruralistas se reúnem na semana que vem com a Fazenda para tratar do Funrural

Na próxima terça-feira, a bancada ruralista e entidades do setor de agronegócios deverão se reunir com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para alinhavar uma proposta conjunta de Medida Provisória referente aos pagamentos passados e futuros dos produtores rurais ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), considerado constitucional pelo Supremo Tribunal federal (STF) no mês passado. De acordo com o jornal Valor Econômico, uma fonte do Planalto reconhece que o presidente Michel Temer deverá editar uma MP já na próxima semana para viabilizar o refinanciamento de pendências antigas de produtores com o Funrural, de olho nos votos dos ruralistas para a reforma da Previdência. Com 220 deputados e 16 senadores, a bancada ruralista é a maior do Congresso. Para contornar esse entrave da LRF, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), disse que a bancada vai propor que os produtores que recolheram para o Funrural nos últimos anos continuem pagando a contribuição (2,1% sobre a comercialização de sua produção), mas deixem de pagar, por tempo determinado e ainda não definido, a contribuição de 0,2% sobre as vendas de sua produção que é repassada para o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar)”, ressalta a publicação.

Governo exonera o presidente da Funai 

Foi publicada no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (5) a exoneração do presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Antônio Fernandes Toninho Costa. A exoneração foi assinada pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Ainda não foi designado um substituto. Costa deixa o cargo em meio a um momento conturbado das políticas para os índios no país. O site do G1 publicou que no último final de semana, um conflito agrário no Maranhão deixou pelo menos dez pessoas feridas, entre índios da etnia Gamela e fazendeiros. Por meio de mensagem de whatsapp, Costa disse que foi exonerado por ser honesto, por não ter compactuado com malfeitos e por ser um “defensor da causa indígena” submetido a um ministro “ruralista”. Ele afirmou ainda que outro motivo foi não ter acatado indicações para a Funai feitas pelo líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE). Segundo Toninho Costa, as indicações eram de 20 pessoas “que nunca haviam visto um índio”. “[Fui exonerado] Por não ter atendido o pedido do líder do governo André Moura que queria colocar 20 pessoas na Funai que nunca viram índios em suas vidas. Estou sendo exonerado por ser honesto e não compactuar com o malfeito e por ser defensor da causa indígena diante de um ministro ruralista”, afirmou Costa ao G1.

CPI da Funai-Incra pede indiciamento de ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo 

O relatório final da CPI da Funai-Incra apresentado na quarta-feira (3), na Câmara inclui, entre mais de uma centena de indiciados, o nome do ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. O jornal O Estado de S.Paulo noticiou que no relatório final da comissão apresentado pelo deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Cardozo é acusado de ter cometido crimes como associação criminosa, apoio a ações de esbulho possessório e retardamento de atos de ofício contra disposição expressa de lei, além de improbidade administrativa. “O relatório foi alvo de um pedido de vista conjunto apresentado por dez deputados. O texto deve voltar ser votado na próxima semana. De forma geral, as acusações dão conta de que a Funai e o Incra teriam sido tomados por esquemas de corrupção e ações truculentas, que resultaram na judicialização de quase todas as suas decisões quanto à demarcação de terras ou desapropriação de áreas”, destaca a notícia.

NA IMPRENSA
Mapa – Conab contrata transporte de milho para venda a pequenos criadores do Norte e Nordeste

Mapa – Indígenas de Raposa Serra do Sol vacinam gado contra aftosa

Mapa – Leilões públicos apoiam comercialização de milho de Mato Grosso

Senado Federal – Elmano Férrer avalia que Embrapa revolucionou agronegócio brasileiro

Senado Federal – Telmário protesta contra ataque a índios e acusa governo de esvaziar a Funai

Câmara dos Deputados – Agricultura aprova regras para reciclagem, pela indústria, de carcaças de animais

Câmara dos Deputados – Comissão aprova pagamento para quem preservar mata nativa além do exigido por lei

Câmara dos Deputados – Câmara aprova venda fracionada de medicamentos veterinários

Embrapa – Embrapa e Global Panel lançam recomendações para melhorar nutrição no Brasil e no mundo

Folha de S.Paulo – Pregão que terceirizaria vigilância do desmatamento é suspenso

Folha de S.Paulo – Trator autônomo ilustra novo perfil high-tech de feira agrícola

Valor Econômico – Ruralistas se reúnem na semana que vem com a Fazenda para tratar do Funrural 

Valor Econômico – Etanol já remunera melhor que açúcar em usina longe do porto 

Valor Econômico – Empresas de armazéns veem alta do faturamento 

Valor Econômico – Brasileira Farmabase chega à Argentina 

O Estado do S.Paulo – Captação externa da JSL vai depender de custo de hedge

O Estado de S.Paulo – CPI da Funai-Incra pede indiciamento de ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo

O Estado de S.Paulo – Acionistas da Syngenta aceitam oferta de US$ 43 bi da Chemchina

O Estado de S.Paulo – ABC Brasil estuda nova fonte de captação de recursos

O Estado de S.Paulo – Seca e crise minam a confiança de consumidor nordestino

Jornal de Brasília – Governos cobram medidas do Brasil para reduzir violência contra indígenas

Jornal de Brasília – CPI da Funai-Incra pede indiciamento de Cardozo, antropólogos e indígenas

G1 – Governo exonera o presidente da Funai

G1 – Projeto da UFSCar ajuda a melhorar a produção agrícola em Araras, SP

Correio Braziliense – Por reforma da Previdência, governo negocia Refis para ruralistas

Brasil de Fato – De remédios a cosméticos: conheça os fitoterápicos da reforma agrária

Portal do Agronegócio – Agricultura de Precisão ao alcance de grandes e pequenos produtores

Mertro – PR tem 18 mil intoxicações desde 2012 por uso indevido de remédios

Inteligemcia – Agronegócio digital movimenta marcas na AGRISHOW 2017

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.