ACESSO A REMÉDIO DE ALTO CUSTO AINDA CONSTITUI DESAFIO

//ACESSO A REMÉDIO DE ALTO CUSTO AINDA CONSTITUI DESAFIO

O Estado de S.Paulo publicou nesta quarta-feira (22) material especial sobre o Summit Saúde 2018, realizado na sexta-feira (17). Uma das publicações ressalta que, de maneira cada vez mais rápida e eficiente, a indústria farmacêutica consegue encontrar medicamentos inovadores contra o câncer e a hepatite, por exemplo. Só que há um grande empecilho no meio do caminho: o preço. Afinal, esses novos medicamentos exigem longas pesquisas, encarecendo o valor repassado ao usuário final. O futuro, assim, ainda é repleto de desafios, observaram especialistas no evento de sexta-feira (17). Uma solução para o repasse de gastos ao medicamento, dificultando acesso e encarecendo os gastos do governo com saúde, ainda está longe de ser unânime. Mas possibilidades já estão sendo avaliadas. Para o diretor do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, Paulo Hoff, é preciso, antes de tudo, melhorar a prevenção e trabalhar para realizar diagnósticos mais rápidos. “Outro ponto levantado pelos especialistas é a alta porcentagem de impostos aplicada em medicamentos, elevando em 42% o valor final”, informa a matéria.

 

Há 32% mais ações contra planos de saúde em SP



Embora respondam pela assistência médica de apenas 38% da população paulista, os planos de saúde são mais processados do que o SUS no Estado, segundo estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, coordenada pelo professor Mário Scheffer que analisou ações julgadas em segunda instância pelo Tribunal de Justiça de São Paulo entre 2011 e 2017. É o que informa O Estado de S.Paulo sobre painel do Summit Saúde realizado na sexta-feira (17). O levantamento mostra que, no período, foram 53,5 mil demandas relacionadas ao sistema público, ante 70,7 mil processos envolvendo convênios médicos, número 32% maior. Segundo os pesquisadores e especialistas em direito à saúde, o fenômeno tem várias razões, desde falhas na regulação do setor até maior conhecimento da legislação pelos usuários de planos. Para o advogado Rafael Robba, um dos colaboradores da pesquisa da USP, o alto número de ações contra operadoras reflete problemas na atuação da ANS. Já no SUS, diz Robba, a maioria das demandas judiciais é por medicamentos não disponíveis na rede pública. “Para Renata Severo, advogada especializada em direito à saúde do escritório Vilhena Silva, outra razão para convênios serem mais acionados do que o SUS é o maior conhecimento dos clientes dos planos quanto aos seus direitos”, destaca a nota.

 

‘Já detectamos 92 tipos diferentes de fraude’



Ações judiciais contra o SUS têm aumentado nos últimos anos, visando sobretudo ao acesso a medicamentos para tratar doenças raras não incorporados pelo sistema. De acordo com O Estado de S.Paulo, painel do Summit Saúde debateu alternativas para que esses processos não sejam desvirtuados no propósito e criem fraudes. Renata Santos, especialista em judicialização na Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, afirmou que em casos de suspeita de irregularidades, a secretaria levanta os dados e os repassa para a Corregedoria da Polícia. “Já detectamos 92 tipos diferentes de fraudes, uma deles envolvendo as mesmas prescrições, médicos e advogados. Houve investigação e os envolvidos foram presos. Já os pacientes, que realmente precisavam dos medicamentos, foram tratados.” Ainda para evitar fraudes, Renata observou que já há cruzamento de dados em níveis federal, estadual e municipal, para que uma ação que tramita em uma esfera não seja feita em duplicidade. “Nelson Mussolini, do Sindusfarma, que reúne fabricantes de medicamentos, disse que os processos são fruto da lentidão na incorporação de tecnologias pelo sistema”, afirma a notícia.

 

A transformação digital implica respeito aos limites éticos



Como em outros segmentos, o limite entre a inovação tecnológica e a ética médica preocupa profissionais que atuam na área, nem sempre preparados para agir quando o assunto é a privacidade de dados, como constataram especialistas no Summit Saúde. “Estamos no furor da transformação digital da saúde, na prática médica e na gestão, mas essa transformação tem implicações éticas que precisamos considerar e respeitar”, disse Reinaldo de Oliveira, professor de Bioética da Faculdade de Medicina da USP. Segundo O Estado de S.Paulo, para Reinaldo, embora no meio digital exista grande facilidade para troca de informações, a privacidade de dados dos pacientes deve estar sempre em primeiro lugar, pois a assimilação de novas ferramentas e tecnologias não pode alterar os princípios éticos que regem a conduta dos profissionais da área. O professor acredita que, atualmente, existe um processo emancipatório em relação ao paciente e sua saúde, facilitado pelo uso de novas tecnologias. Ainda que não haja sigilo absoluto nos meios digitais, os especialistas afirmaram que é preciso saber diferenciar compartilhamento de conhecimento de quebra de sigilo. “Fábio Tiepolo, fundador da Docway, startup que desenvolveu um aplicativo para agenda de consultas e exames em domicílio, disse que a conexão entre médicos e pacientes, mesmo quando fora do ambiente hospitalar, deve considerar preceitos éticos da Medicina”, ressalta a publicação.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – SVS divulga lista de pré-selecionados para nova turma do curso EpiSUS 

 

Ministério da Saúde – Universidades do Acre terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Alagoas terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Amapá terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Amazonas terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades da Bahia terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Ceará terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Distrito Federal terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Espírito Santo terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Goiás terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Maranhão terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Mato Grosso do Sul terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Mato Grosso terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Minas Gerais terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Pará terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades da Paraíba terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Paraná terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Pernambuco terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Piauí terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Rio de Janeiro terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Rio Grande do Norte terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Rio Grande do Sul terão incentivo de R$ 350 mil para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Rondônia terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Roraima terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Santa Catarina terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de São Paulo terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades de Sergipe terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – Universidades do Tocantins terão recurso para prevenir e controlar a obesidade

 

Ministério da Saúde – III Intercâmbio de Jovens Indígenas reúne 13 etnias do DSEI-Guatoc

 

SUS Conecta – Ativistas de todo país se reúnem para discutir melhores condições de trabalho e garantia à vida

 

SUS Conecta – Encontro nacional de trabalhadores(as) avalia mudanças na nova legislação trabalhista

 

Fiocruz – Arquivos médicos sobre tatuagem são tema do Encontro às Quintas (23/8)

 

Fiocruz – Filme retrata a transmissão de doenças pelo Aedes

 

Anvisa – Medicamentos exigem diagnóstico cada vez melhor

 

Anvisa – Revogada norma que restringia alimentos de Fukushima

 

Câmara dos Deputados – Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual promove inclusão e defesa de direitos

 

Câmara dos Deputados – Proposta susta norma da Anvisa e retoma regras mais rígidas para descarte de resíduos hospitalares

 

Senado Federal – Projeto permite deduzir do IR doações a instituições beneficentes

 

Senado Federal – Sugestão legislativa quer incluir psicólogo na equipe de Saúde da Família

 

O Estado de S.Paulo – 6 em 10 paulistanas na menopausa têm insônia; terapias alternativas são opção

 

O Estado de S.Paulo – O que muda com a sanção da Lei Geral de Proteção de Dados

 

O Estado de S.Paulo – A intervenção federal sob o enfoque da primeira infância

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – ‘Não é tratar. É pensar na saúde’

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Experiência e diálogo viram ferramentas de gestão

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Plano para funcionários passa a ser estimulado

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Queixas põem País na UTI

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Há 32% mais ações contra planos de saúde em SP

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – ‘Já detectamos 92 tipos diferentes de fraude’

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Fundos e startups vão modelar futuro do setor 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Parceria com SUS e indústria é vital

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Não faltam dados, mas interpretação 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Acesso a remédio de alto custo ainda constitui desafio

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – ‘Será possível mapear o DNA por US$ 500′

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – A transformação digital implica respeito aos limites éticos

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Vacinar detém surtos e amplia expectativa de vida

 

O Estado de S.Paulo – Summit Saúde – Saúde que vem de dentro

 

Folha de S.Paulo – Médico dos EUA que lançou moda da vitamina D recebe dinheiro da indústria

 

Folha de S.Paulo – Ator de LazyTown morre aos 43 anos após longa batalha contra câncer

 

G1 – Proteína garante a saúde dos músculos e dos ossos

 

G1 – Terapia inédita com robô na França ajuda jovens autistas a descobrirem o mundo

 

G1 – Como programas de computador e realidade virtual estão virando armas no combate à depressão e outros transtornos mentais

 

G1 – Por que pessoas que se sentem mais jovens do que são podem viver mais

 

G1 – Vacina do SUS contra o sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda

 

G1 – Vistoria no Hospital Federal de Bonsucesso encontrou profissionais sem qualificação fazendo triagem de pacientes na emergência, diz Cremerj

 

G1 – Bolívia proíbe entrada de brasileiros sem vacina contra o sarampo

 

O Globo – Entenda como os alimentos e micróbios ajudam a cicatrizar lesões graves

 

O Globo – ‘Óleo de coco é veneno puro’, diz professora de Harvard

 

Zero Hora – Farroupilha tenta captar R$ 11 milhões junto a empresas para equipar centro de diagnóstico do câncer

 

Zero Hora – Terapia genética é esperança para hemofílicos

 

Zero Hora – Brasil é o segundo país das Américas a registrar maior número de casos de sarampo

 

Correio Braziliense – Cientistas descobrem mecanismo que pode melhorar terapia contra câncer

 

Paraíba – Justiça determina que União forneça medicamento à paraibana com doença rara

 

SEDEP – TRF2 determina que União, Estado, Prefeitura do Rio e UFRJ pague medicamento de alto custo para tratamento de câncer de fígado

 

Terra – Criados em laboratório por brasileiros, minicérebros ajudam a entender o cérebro humano

 

Panorama Farmacêutico – A coroação da imunoterapia contra o câncer

 

Panorama Farmacêutico – Brasileiro cria startup para reservar compra de maconha no Uruguai

 

Panorama Farmacêutico – Evento debate farmácia como estabelecimento de saúde aliada à gestão

 

______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.