‘ABSURDO FALAR EM DESMATAMENTO ZERO’, AFIRMA LÍDER RURALISTA

//‘ABSURDO FALAR EM DESMATAMENTO ZERO’, AFIRMA LÍDER RURALISTA

O Brasil tem de ser soberano e não pode aceitar intervenções externas de “interesses escusos”. A opinião é de Luiz Antônio Nabhan Garcia, de 60 anos, presidente da União Democrática Ruralista (UDR), sobre eventuais resistências dos países signatários do Acordo de Paris a mudanças na legislação ambiental brasileira, em caso de uma vitória de Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, um dos principais articuladores políticos do candidato do PSL no setor rural, Nabhan Garcia é cotado para assumir a pasta em um eventual governo, porém, ele nega. “O País tem o Código Florestal, debatido por quase 20 anos, aprovado no Congresso e que vale para o País todo, inclusive para a Amazônia”, afirmou Garcia. “Se um produtor rural qualquer comprar mil hectares de terra não vai poder desmatar porque eles falam de desmatamento zero? Isso é um absurdo.” O Código Florestal prevê que proprietários de terra no bioma têm de preservar 80% de florestas dentro de suas terras na chamada Reserva Legal. “Nabhan Garcia disse ainda que ‘a base dos produtores rurais que está com Bolsonaro’ não aceita intervenções do Acordo de Paris”, informa o jornal.

 

Agro olhou para eleição presidencial e esqueceu representantes do setor



O agronegócio olhou muito para a eleição presidencial neste ano e esqueceu os candidatos regionais do setor. Conforme a coluna Vaivém das Commodities do jornal Folha de S. Paulo, o voto em alguns candidatos ligados ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) deixou várias lideranças do setor agropecuário sem cadeira no Congresso. A ausência de nomes tradicionais na Câmara e no Senado deverá dificultar, inicialmente, a atuação do setor ruralista em Brasília. A experiência e o conhecimento das lideranças que ficaram de fora vão fazer falta nas discussões do setor. Faltou organização política no agronegócio, e o setor poderá ter até a mesma quantidade de deputados e senadores interessados na atividade no Congresso, mas com experiência menor. Os novos números devem indicar uma redução inicial de participantes na Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). “A tendência, porém, é de aumento de afinidade dos novos eleitos com o setor”, destaca a nota.

 

Veja alguns dos candidatos que representavam o agronegócio e não foram eleitos



A coluna Vaivém das Commodities do jornal Folha de S. Paulo destacou que em Mato Grosso, principal produtor nacional de grãos e líder na pecuária, o estado não elegeu vários candidatos tradicionais do setor. O resultado em Mato Grosso foi que líderes do setor como Nilson Leitão (PSDB), Adilton Sachetti (PRB), Carlos Fávaro (PSD) ficaram fora do Congresso nessa eleição. O mesmo ocorreu com Victorio Galli, mesmo sendo do PSL. Luciano Vacari (PPS), há duas décadas em entidades voltadas para a pecuária, também ficou de fora. Minas Gerais sentiu o mesmo efeito de Mato Grosso. As urnas deixaram de fora do quadro do próximo Congresso de ex-ministro da Agricultura, como Antônio Andrade (MDB), a lideranças tradicionais, como Carlos Melles (DEM) e Silas Brasileiro (MDB). A preferência dos eleitores pelo capitão reformado teve efeito também em outros estados agrícolas. Santa Catarina não terá a representação de Valdir Colatto, voltado para o agronegócio. “O ex-secretário de Agricultura do estado de Espírito Santo, Ricardo Ferraço, também ficou sem posto em Brasília”, conclui a coluna.

 

Proposta muda regras para incidência de taxa cobrada pelo Ibama



A Câmara analisa o Projeto de Lei 10273/2018, do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), que pretende alterar a incidência da Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental (TCFA). Prevista na Lei 10.165/2000, essa taxa é cobrada pelo Ibama em ações de controle e fiscalização de atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos naturais. É o que informa a Agência Câmara. A principal mudança prevista no texto é a limitação da possibilidade de cobrança da taxa, que passará a ser justificada somente quando atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos ambientais que estejam submetidas a procedimento de licenciamento ou autorização ambiental de competência da União. Entre outros pontos, o PL 10723/18 também define que a TCFA será devida por pessoa física ou pessoa jurídica independentemente da quantidade de filiais ou estabelecimentos que possua, aplicando-se as faixas de enquadramento de porte e os valores da taxa de forma unitária. “O texto também ajusta as definições para micro, pequenas e empresas de médio porte conforme critérios adotados pelo BNDES”, enfatiza a Agência.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Ministro assina normativos para facilitar o comércio internacional 

 

MMA – Turismo sustentável chega ao Parque Nacional do Pau Brasil

 

MMA – Anteprojeto sobre químicos em debate

 

Embrapa – ACELBRA-DF visita centro de pesquisa da Embrapa

 

Embrapa – Produtores de feijão já podem adquirir a cultivar carioca BRS FC402

 

Embrapa – Criador da sigla PANC participa de jornada sobre o tema no Rio de Janeiro

 

Embrapa – Dia de Campo da Ciência recebeu mais de 300 alunos na terça-feira

 

Embrapa – Balde Cheio inicia nova fase no Maranhão

 

Embrapa – Ciência veterinária perde Jürgen Döbereiner

 

Embrapa – Ciência para a redução das desigualdades é tema da 12ª JINC

 

Embrapa – Carrapato, pastagens e Provas de Avaliação a Campo são destaques da Embrapa na Expofeira

 

Embrapa – Panamá conhece Balde Cheio e tenta profissionalizar a produção de leite

 

Embrapa – Brasil e Portugal estudam a integridade amazônica

 

Embrapa – Especialistas discutem como geotecnologias podem ajudar a preservar o Pantanal

 

Embrapa – Pesquisadores da Embrapa integram missão científica histórica do Baixo São Francisco

 

Embrapa – Embrapa Hortaliças lança “Página do Produtor” no Dia Mundial da Alimentação

 

Câmara dos Deputados – Câmara aprova restrições à importação de leite produzido sem regras ambientais similares às brasileiras

 

Senado Federal – Regina Sousa denuncia as mortes por soterramento em armazéns de grãos

 

O Estado de S. Paulo – Por que a adoção ainda é tão difícil no Brasil?

 

O Estado de S. Paulo – Internet das coisas avança no campo

 

O Estado de S. Paulo – ‘Absurdo falar em desmatamento zero’, afirma líder ruralista

 

Folha de S. Paulo – Mercado Aberto – Adaptação veterinária

 

Folha de S. Paulo – BRF tenta acordo de leniência em investigações da Operação Carne Fraca

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Agro olhou para eleição presidencial e esqueceu representantes do setor

 

Folha de S. Paulo – Liberais de Bolsonaro querem golden shares para destravar privatização com militares

 

Folha de S. Paulo – Cotado para ministério de Bolsonaro vê espaço para desmate legal na Amazônia

 

G1 – Estoque de etanol cresce no país, mas consumo evitará excesso de oferta, diz consultoria

 

G1 – Produção de carne no mundo crescerá 20% até 2030, segundo agência da ONU

 

G1 – Consumo de adubo deve ser recorde em 2018 no Brasil, prevê consultoria

 

O Globo – Start-ups invadem o campo, de olho em maior produtividade

 

O Globo – Algodão pode chegar em breve ao seu prato

 

Valor Econômico – Carf começa a aplicar orientação da PGFN em processos sobre insumos

 

Valor Econômico – Agricultores do Paraná pedem mais recursos para o seguro rural

 

Valor Econômico – SRB comemora adiamento do prazo de adesão ao Refis do Funrural

 

Valor Econômico – Brasil aciona China na OMC por barreiras ao açúcar

 

Valor Econômico – Força-tarefa encontra três novos focos de peste suína no Ceará

 

Valor Econômico – Açúcar já subiu mais de 22% neste mês em Nova York

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Cabanha gaúcha aposta na criação de brangus e braford

 

Zero Hora – Áreas da produção onde mulheres são a principal força de trabalho remuneram menos

 

Correio Braziliense – Anac aprova revisão extraordinária de contratos de dois aeroportos

 

Correio Braziliense – Se a safra vai bem, concessionárias, varejo e construção civil vão também

 

Tá no Site – Controle biológico ganha espaço em lavouras do País

 

Rádio Porta Voz – Produtores rurais aprendem técnicas para o cultivo orgânico de tomate e folhosas

 

Mais Soja – FAEP solicita mais recursos para o seguro rural

 

Mais Soja – Nitrogênio mineral e culturas de entressafra influenciando o potencial fisiológico de sementes de soja

 

Mais Soja – Entidade europeia envia recursos para pesquisa sobre resíduos de agroquímicos realizada no Brasil

 

Mais Soja – Coamo incentiva uso adequado de produtos químicos

 

Mais Soja – Investir em boas práticas de armazenagem é garantir a qualidade do grão

 

Mais Soja – Aprosoja Brasil orienta produtores a emitir certidão negativa de débito na RFB

 

__________________________________________________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.