SAIBA O QUE É O EXAME PRÉ-NUPCIAL QUE O SUS QUER OFERECER A CASAIS

//SAIBA O QUE É O EXAME PRÉ-NUPCIAL QUE O SUS QUER OFERECER A CASAIS

O programa de iniciativa do Ministério da Saúde seria oferecido inicialmente na Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS, a casais que têm risco aumentado de gerar filhos com doenças raras congênitas. É o que informa o Correio Braziliense. Porém, a iniciativa teve críticas de especialistas. Segundo a Sociedade Brasileira de Genética Médica, a proposta tem um olhar eugenista sobre as doenças genéticas. Já que uma das raízes do programa do Ministério da Saúde seria reduzir o custo de tratamentos para casos desse tipo, induzindo casais em risco a não ter mais filhos. “Outro argumento dos críticos do exame pré-nupcial tem a ver com o preço. Na rede privada, esses testes estão disponíveis em laboratórios e o valor médio é de R$ 12 mil reais por casal”, afirma a nota.

 

Anvisa quer apertar mais o cerco contra gordura trans

 

A Anvisa abriu um processo para aumentar a restrição ao uso de gordura trans em alimentos industrializados e avalia até proibi-la. De acordo com a Folha de S.Paulo, a ideia é estudar modelos para reduzir a presença desse tipo de gordura, usada para aumentar o prazo de validade e garantir textura e crocância aos produtos. Estudos apontam que esse tipo de ingrediente, gerado em processo industrial que transforma óleos em gordura consistente, reduz os níveis de colesterol “bom”, aumenta o “ruim” e eleva o risco de doenças cardiovasculares. Há duas opções em análise. “A primeira é a imposição de limites máximos de gordura parcialmente hidrogenada a ser permitida na produção dos alimentos industrializados. A segunda é a proibição”, informa o texto.

 

Diabéticos deverão ter assistência rápida e integral pelo SUS, aprova CAS



Agência Senado destacou que a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou o projeto 225/2017, de autoria do Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que implanta uma política de atendimento integral ao diabético pelo SUS. O relator foi Paulo Rocha (PT-PA) e a proposta segue para a Câmara dos Deputados. De acordo com o texto, fica criado um período de 180 dias a partir da publicação da lei para que o poder público possa por efetivar as ações determinadas no âmbito do SUS. Entre outros pontos, o projeto assegura ao diabético o direito ao início do tratamento “de forma tempestiva” e com integralidade na assistência. A proposta ainda prevê mecanismos de descentralização administrativa no cuidado com os diabéticos. O projeto também determina a abertura de centros especializados em diabetes pelo país. “Além do tratamento, os centros deverão assegurar amplo acesso a medicamentos, insulinas e outros insumos”, destaca a notícia.

 

Projeto que trata da busca ativa por vulneráveis com deficiência segue para a Câmara dos Deputados



A Comissão de Assuntos Sociais aprovou nesta quarta-feira (21) o projeto 204/2017 do senador Romário (Pode-RJ) que modifica a Lei Brasileira de Inclusão (lei 13.146/2015). Segundo a Agência Senado, a proposta trata da abordagem multidisciplinar e o atendimento individualizado para promover a inclusão das pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade. O texto segue agora para análise da Câmara dos Deputados. De acordo com o texto aprovado, toda pessoa com deficiência em situação de abandono, isolamento, dor, mal-estar ou qualquer forma de exclusão, passa a ter direito à avaliação, inclusive domiciliar, por uma equipe multidisciplinar, que elaborará a partir daí um plano de atendimento personalizado para assegurar o exercício dos seus direitos. “Para garantir os objetivos, além do atendimento domiciliar, fica previsto também o uso de instalações públicas”, frisa a Agência.

 

SAÚDE NA IMPRENSA

Ministério da Saúde – Planejamento e parcerias devem ampliar metas de imunização

 

Ministério da Saúde – OMS e diretores recebem homenagem do Governo Federal

 

Ministério da Saúde – Febre amarela: Ministério da Saúde atualiza casos no país

 

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde anuncia ações assistenciais com estados e municípios

 

ANS – ANS disponibiliza números do setor relativos a fevereiro

 

Tecpar – Tecpar deve ganhar apoio do Fundo Paraná para independência

 

CNS – Semana da Saúde 2018 vai realizar ações para defender o SUS em todo o Brasil

 

CNS – CNS vai realizar 21ª Plenária Nacional de Conselhos de Saúde em abril

 

CNS – CNS avalia Políticas de Saúde voltadas a população e áreas específicas

 

Fiocruz – Fiocruz debate Programa Translacional de Promoção da Saúde

 

Fiocruz – Abrascão 2018: ciência, tecnologia, ensino e saúde são temas de seminário

 

Anvisa – Anvisa e setor regulado debatem desburocratização

 

ALESP – Verbas de custeio da saúde para 22 cidades

 

ALESP – Investimentos para saúde de municípios

 

ALESP – Cobrança de avanços no atendimento do renal crônico

 

ALESP – Palestra na Alesp aborda o tratamento do doente renal crônico

 

ALESP – Medida propõe diagnóstico precoce ao câncer de olho

 

Câmara dos Deputados – Ministro da Saúde anuncia na Câmara que governo pode impor vacinação de venezuelanos

 

Câmara dos Deputados – Aprovada urgência para dois projetos que beneficiam pessoas com deficiência

 

Câmara dos Deputados – Congresso homenageia Dia Internacional da Síndrome de Down com iluminação especial

 

Câmara dos Deputados – Termina amanhã o prazo de indicações para o Prêmio Dr. Pinotti 2018

 

Senado Federal – Serviços de saúde deverão ter prazo para notificar violência contra a mulher

 

Senado Federal – Diabéticos deverão ter assistência rápida e integral pelo SUS, aprova CAS

 

Senado Federal – Multas de trânsito poderão reforçar financiamento do SUS

 

Senado Federal – Projeto que trata da busca ativa por vulneráveis com deficiência segue para a Câmara dos Deputados

 

Senado Federal – CDH celebra o Dia Internacional da Pessoa com Síndrome de Down

 

Senado Federal – CCJ aprova licitação simplificada para aquisição de material médico-hospitalar

 

Senado Federal – Licença-maternidade pode passar a ser contada após a alta do bebê prematuro

 

Estadão – Fausto Macedo – PF combate desvios de dinheiro do mosquito em Minas

 

Estadão – Saúde leva quase 2 meses para encaminhar à PF documentos suspeitos de falsificação

 

Estadão – Parentes de portadores de Síndrome de Down protestam contra desembargadora

 

Folha de S.Paulo – Comum, dor lombar é tratada de forma ineficaz, diz novo estudo

 

Folha de S.Paulo – Anvisa quer apertar mais o cerco contra gordura trans

 

G1 – Estudantes preparam homenagem para colega com Síndrome de Down em Natal

 

G1 – Brasil tem mais de mil casos confirmados de febre amarela, atualiza ministério

 

G1 – Onze turistas que viajaram ao Brasil em 2018 contraíram febre amarela, diz OMS

 

O Globo – Vacina que protege bebês de cinco doenças está em falta no Rio

 

O Globo – Bebidas açucaradas dobram risco de morte prematura por doença cardíaca

 

Zero Hora – Política de vacinação contra febre amarela no RS não muda, diz secretário de Saúde

 

Zero Hora – Caxias do Sul aguarda reposição de três profissionais do programa Mais Médicos

 

Zero Hora – Novo boletim confirma 1.098 casos de febre amarela no país, com 340 mortes

 

Correio Braziliense – Saiba o que é o exame pré-nupcial que o SUS quer oferecer a casais

 

Correio Braziliense – Brasil quer obrigar venezuelanos a serem vacinados antes de entrar no país

 

Correio Braziliense – Diretor-geral da OMS visita Brasília e pede foco na atenção primária

 

Nosso Paraná – Mutirão de cirurgias de cataratas atenderá 200 idosos de Paranaguá na próxima semana

 

Seguro Notícias – Judicialização é um dos temas do 9º Seminário UNIDAS

 

Guarantã News – Remédios de alto custo chegarão em 4 ou 5 dias após Anvisa liberá-los, diz ministro

 

Folha Pe Notícias – Faltam remédios em Pernambuco para doenças raras

 

____________________________________________________________________________

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.