PRIMEIRA CAMPANHA SOBRE CÂNCER RARO NO BRASIL SERÁ LANÇADA EM EVENTO EM BRASÍLIA

//PRIMEIRA CAMPANHA SOBRE CÂNCER RARO NO BRASIL SERÁ LANÇADA EM EVENTO EM BRASÍLIA

O dia 28 de fevereiro é o Dia Mundial de Doenças Raras. Dentre essas doenças, estão diversos tipos de câncer, que apesar de serem menos incidentes e menos falados do que os tipos mais comuns, são tão importantes quanto qualquer outro. Os pacientes com câncer raro têm ainda mais desafios: médicos com menos conhecimento sobre o tema, difícil acesso aos medicamentos órfãos necessários para o tratamento desses pacientes, pouca informação de qualidade, entre muitos outros. Os pacientes chegam a passar por 10 médicos até receberem o diagnóstico do câncer raro, o que gera angustia para o paciente e gastos do governo, em um sistema de saúde que já é subfinanciado. Por isso mais atenção deve ser dada ao tema. A Agência Câmara Notícias enfatiza que para que o assunto seja mais discutido no Brasil, será realizado um evento em Brasília na terça-feira (27), que contará com a presença de importantes parlamentares, médicos e pacientes. “Nesse evento, além de debate sobre os desafios e soluções para o tratamento do câncer raro no Brasil, será lançada a campanha “Câncer raro. Menos comum, não menos importante”, criada pela Colabore com o Futuro, com o apoio de importantes ONGs como a Associação MariaVitoria de Doenças Raras e Crônicas, Instituto Vencer o Câncer e Associação de Câncer de Boca e Garganta. O Evento será transmitido pela TV Câmara”, afirma o texto.

Congresso Nacional ganha iluminação especial para lembrar o Dia Mundial das Doenças Raras

O Palácio do Congresso Nacional ganha iluminação especial para chamar a atenção para o Dia Mundial das Doenças Raras, celebrado em 29 de fevereiro, nos anos bissextos, e em 28 de fevereiro, nos demais anos. Conforme a Agência Câmara Notícias informou, o objetivo é conscientizar a população, os órgãos de saúde pública e profissionais da área sobre os tipos de doenças raras existentes e a dificuldade que os pacientes enfrentam para conseguir tratamento ou cura. A cúpula e o anexo principal da Câmara dos Deputados serão iluminados de lilás e azul, desta segunda-feira (26) a sexta-feira (2/3). Já o lado do Senado está iluminado de rosa e verde. A iluminação foi proposta pela Frente Parlamentar Mista de Atenção Integral às Pessoas Doenças Raras, coordenada pela deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP). De acordo com a OMS, doença rara é aquela que afeta até 65 em cada 100 mil indivíduos, ou seja, 1,3 pessoas para cada 2 mil indivíduos. Estima-se que existam entre 6 mil e 8 mil tipos diferentes de doenças raras. Oitenta por cento delas decorrem de fatores genéticos; as demais advêm de causas ambientais, infecciosas, imunológicas, entre outras.

Polícia tenta esclarecer esquema de fraude em medicamento para câncer no RS

Foi a partir do relato de pacientes que a polícia gaúcha começou a investigar pelo menos três lotes do Sutent 50mg, medicamento fabricado pela Pfizer. De acordo com o jornal Zero Hora, as embalagens apresentavam erros de português e outras falhas. O remédio é receitado para tratamento de câncer de estômago e intestino, câncer metastático renal e de pâncreas. Conforme o delegado Rafael Liedtke, da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor do Departamento Estadual Investigações Criminais, a principal linha de investigação é a falsificação do remédio. — O aspecto do medicamento é diferente do original, tem erros grosseiros de português e a bula parece um xerox — detalha. De acordo com Liedtke, as numerações dos lotes (985EE; 986EE; 987EE) não foram reconhecidas pelo laboratório. O desafio da polícia agora é descobrir quem seria o fornecedor que entregou os medicamentos falsos retirados por pacientes em uma clínica localizada em Porto Alegre. “Quem adquiriu qualquer um dos supostos falsos lotes, a orientação é comparecer à Secretaria Estadual da Saúde (na Avenida Ipiranga, n°6113 – DAF – Divisão de Assistência Farmacêutica, das 8h às 17h, de segunda à sexta) para entregar os medicamentos. Os lotes serão encaminhados para perícia oficial”, destaca a reportagem.

Instituto Butantan vai produzir 6 remédios contra o câncer até 2020, diz governo

O Instituto Butantan construirá uma fábrica para produzir seis medicamentos contra o câncer, anunciou o governo de São Paulo na última sexta-feira (23). Segundo o site do G1, a previsão é de que o local fique pronto em 2020 e os remédios sejam distribuídos para o Sistema Única de Saúde (SUS). Atualmente, o instituto já faz 13 tipos de soro e nove vacinas. Os produtos que serão produzidos são anticorpos que servem de insumo em remédios contra o câncer, são eles: Trastuzumabe, Rituximabe, Bevacizumabe, Etanercepte, Adalimunabe e Palivizumabe. Além dos remédios contra o câncer, o instituto fechou uma parceria para a produção de duas vacinas para o SUS: contra hepatite A e contra a tríplice acelular (dTPa). Um dos principais centros de pesquisa do país, o Instituto Butantan fez 117 anos na sexta-feira (23). “O instituto é especializado em soros contra picadas de cobras e aranhas e agora também de vacinas e remédios. Em 1899, um surto de peste bulbônica assolava a região do porto de Santos, o que fez o Estado de São Paulo comprar a Fazenda Butantan para criar um laboratório de produção de soros, o que deu origem ao instituto”, diz a publicação.

SAÚDE NA IMPRENSA
Anvisa – Aberta inscrição para workshop sobre dispositivos médicosAnvisa – Anvisa suspende lote de Casodex

Fiocruz – Projeto busca vírus que possam causar pandemias globais

Fiocruz – Carlos Gadelha fala sobre mercado farmacêutico e laboratórios públicos em entrevista

Fiocruz – Febre amarela é tema do programa Sala de Convidados (27/2) 

Fiocruz – Epistemologias do Sul e saúde coletiva: curso internacional promove aulas abertas na Fiocruz

Correio Braziliense – Forma de caminhar pode ajudar no diagnóstico da demência

ALESP – Equipamentos de radiologia deverão ser operados por profissional certificado

ALESP – Itatiba recebe recursos para saúde

ALESP – Elogio ao trabalho de deputados na CPI da Fosfo

Câmara dos Deputados – Congresso Nacional ganha iluminação especial para lembrar o Dia Mundial das Doenças Raras

Senado Federal – Congresso recebe iluminação para marcar o Dia Mundial das Doenças Raras

Senado Federal – Rótulos de bebidas alcoólicas poderão ter que informar quantidade de calorias

Correio Braziliense – Pesquisa tenta identificar ações cerebrais ligadas à crença em fake news

Estadão – SP registra 93 mortes por febre amarela desde janeiro de 2017

Estadão – Apesar dos desafios, negócios na área da saúde atraem

Estadão – Nova dieta dispensa contagem de calorias

Estadão – Evidência contra violência

Folha de S.Paulo – Entender raiz da depressão pode ajudar a criar novos remédios

Folha de S.Paulo – Atestados mal preenchidos escondem causas de mortes por lipoaspiração

Folha de S.Paulo – Julio Abramczyk – A irritante tosse crônica

Folha de S.Paulo – Inteligência artificial supera médicos ao ver exames de imagem

G1 – O estranho zumbido que intriga cientistas e enlouquece moradores de uma cidade canadense

G1 – Cientistas adaptam teste de HIV e criam novo teste rápido para o zika

G1 – Instituto Butantan vai produzir 6 remédios contra o câncer até 2020, diz governo

G1 – Argentina confirma 2 casos de febre amarela importados do Brasil

G1 – Beber água com rodela de limão pode corroer os dentes, diz estudo

O Globo – Maioria das pessoas com asma não segue tratamento, diz estudo

O Globo – Sete em cada dez ‘millennials’ terão sobrepeso na meia idade, diz análise

O Globo – Fome ameaça 7 milhões de pessoas no Sudão do Sul, alerta ONU

Zero Hora – Polícia afirma que dona de clínica aplicava vacinas vazias e indicia mulher por três crimes

Zero Hora – Rio Grande do Sul tem 20 casos suspeitos de febre amarela em investigação

Zero Hora – Amamentação reduz risco de obesidade na vida adulta, indica estudo

Zero Hora – Polícia tenta esclarecer esquema de fraude em medicamento para câncer no RS

Zero Hora – Um dos maiores pesquisadores do país de efeitos medicinais da maconha é intimado a depor por apologia das drogas

Zero Hora – As sérias consequências do não tratamento da osteoporose

Zero Hora – Antidepressivos são realmente eficazes, segundo estudo de Oxford

Max Press – Alimentação inadequada e vida sedentária podem levar à hipertensão infantil

CBN Maringá – Diabetes: mais fácil tratar a doença do que o doente

Liberdade News – Cerca de 630 milhões de pessoas devem ter diabetes até 2045

Sopa Cultural – Renascença Clube comemora o Dia Internacional da Mulher intensificando a luta contra o Câncer de Mama

Hoje em Dia – Correndo risco: anticoncepcionais ainda são usados de forma inadequada por mulheres

Jornal de Brasília – Catarata. Os invisíveis aos olhos da saúde pública

Rede Notícia – Estudo reforça relação entre falta de vitamina D e síndrome metabólica

Folha PE – Esteatose Hepática: uma doença muitas vezes negligenciada

Soro Positivo. Org – Comutação de tenofovir DF para TAF melhora a saúde óssea e renal

Rede Sul de Notícias – Cedeteg sediará palestra sobre hipotireoidismo e gravidez

Blog Robson Sampaio – Secretaria de saúde conclui prestação de contas 2017

Portal Vermelho – Um ano após prazo, informatização do SUS só chega a 40% das unidades

Remédio Caseiro – Entenda o conceito de medicina ortomolecular e o que essa especialidade trata

____________________________________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.