PETROBRAS DECIDE PARAR PRODUÇÃO DE FERTILIZANTES EM BAHIA E SERGIPE

//PETROBRAS DECIDE PARAR PRODUÇÃO DE FERTILIZANTES EM BAHIA E SERGIPE

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (20), em comunicado, que decidiu fazer uma parada progressiva da produção das suas fábricas de fertilizantes localizadas em Sergipe (Fafen-SE) e na Bahia (Fafen-BA), para conservar equipamentos e prevenir impactos ambientais. É o que informa o Valor Econômico. De acordo com a estatal petroleira, a decisão está alinhada ao posicionamento estratégico de saída integral das atividades de produção de fertilizantes, conforme o Plano de Negócios e Gestão 2018-2022. “No comunicado, a Petrobras destaca que tem um plano de transição para fornecedores e clientes que será implementado a partir de agora, assim como ações de responsabilidade social cujo objetivo é mitigar impactos que venham a ocorrer nas comunidades”, destaca a notícia.

 

Fábricas de fertilizantes poderão ser ofertadas ao mercado

 

Valor Econômico destaca que o diretor de refino e gás natural da empresa de fertilizantes, Jorge Celestino Ramos, disse que as fábricas estão no programa de desinvestimentos da petroleira. “As fábricas serão ofertadas ao mercado”, afirmou o executivo, durante teleconferência com jornalistas. “Nossa decisão é sair do negócio de fertilizantes”, disse. Segundo o diretor, as duas unidades estavam dando seguidos resultados negativos para a companhia e fecharam 2017 com resultados negativos de cerca de R$ 800 milhões, juntas.  O diretor da Petrobras contou que o custo de parada progressiva das fábricas, localizadas em Sergipe (Fafen-SE) e na Bahia (Fafen-BA), é da ordem de R$ 300 mil por mês. “Sem mencionar valores de custo de produção das unidades, ele informou que o custo de parada é muito inferior ao que é necessário para manter as fábricas operando”, finaliza.

 

Justiça condena empresas por danos morais a pessoas atingidas por agrotóxicos jogados de avião, em Rio Verde



A Justiça Federal condenou duas empresas a pagarem R$ 150 mil por danos morais devido à contaminação por agrotóxicos de cerca de 90 pessoas em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Segundo o G1, o produto agrícola foi pulverizado sobre a Escola Municipal Rural São José do Pontal, em maio de 2013. A decisão é do juiz Paulo Augusto Moreira Lima e foi dada no última quarta-feira (14). Conforme a decisão, as duas empresas consideradas culpadas devem pagar o valor em conjunto. “A ação do Ministério Público Federal em Goiás pedia R$ 10 milhões em danos morais. No entanto, o órgão não informou se vai recorrer ou não da decisão e disse que será realizada uma análise apenas quando o Ministério Público Federal for oficialmente intimado da decisão”, frisa a publicação.

 

Incidente atinge Escola Municipal Rural São José do Pontal com pulverização de agrotóxicos



O portal do G1 ressalta que as vítimas atingidas pelos produtos químicos tóxicos foram levadas para escola municipal Adelor Quintinianoca, na cidade de Rio Verde. O grupo foi atendido por médicos e encaminhado a hospitais da cidade e de Montividiu, município próximo. O produto com o qual as vítimas foram contaminadas foi o Engeo Pleno. O delegado regional de Rio Verde à época, Danilo Carvalho, havia informado que agrotóxico não poderia ser usado em aviões. Segundo ele, pelas leis ambiental e de utilização de agrotóxico, o inseticida só pode ser aplicado via terrestre. O técnico responsável por recomendar o uso do veneno foi multado em mais de R$ 1 mil. “Segundo a Agência Goiana de Defesa Agropecuária, o veneno deveria ser usado em plantação de soja e não de milho, como ocorreu”, informa o portal.

 

NA IMPRENSA

Mapa – Mapa atualiza padrões de vinho, uva e derivados

 

Mapa – Mapa apoia treinamento sobre praga de cacaueiro

 

Mapa – Blairo Maggi palestra no Fórum Mundial da Água

 

MMA – Brasil se destaca em políticas ambientais

 

MMA – Acordo preserva nascentes do Cerrado

 

MMA – País passa a proteger 25% dos oceanos

 

Embrapa – Embrapa apresenta tecnologia para detectar contaminantes do algodão em conferência na Alemanha

 

Embrapa – Príncipe Naruhito visita Embrapa e conhece avanços da pesquisa brasileira

 

Embrapa – Cientistas desenvolvem cana transgênica resistente a herbicida e a inseto-praga

 

Embrapa – Artigo: Os desafios da agricultura moderna

 

Embrapa – Café de Rondônia surpreende representantes das principais regiões cafeicultoras do País

 

Embrapa – Embrapa Uva e Vinho presente na Expoagro Afubra 2018

 

Embrapa – Grãos, hortaliças e frutas também estão presentes na Expoagro Afubra

 

Embrapa – Convenção na Embrapa discute evolução da Raça Canchim

 

Abrapa – Cooperação Internacional

 

Anvisa – Dicol pública discute reavaliação de agrotóxico

 

Senado Federal – Produção brasileira de chocolate será tema de audiência pública

 

Estadão – Guerra comercial com os EUA pode deter crescimento da economia mundial

 

Estadão – Morre último macho rinoceronte-branco do norte no Quênia

 

Estadão – Acordo Mercosul-Canadá favorece ‘made in Brazil’

 

Estadão – Fausto Macedo – Selo Agro+ Integridade busca separar o joio do trigo

 

Estadão – Empresa cria leite personalizado para mamíferos exóticos da Austrália

 

Folha de S.Paulo – Safra recorde de grãos impulsiona malha ferroviária em 2017

 

G1 – Mulher é presa com 18 kg de agrotóxico contrabandeado do Paraguai em ônibus na Bahia

 

G1 – Último rinoceronte-branco do norte macho do mundo morre no Quênia

 

G1 – Estudantes fazem campanha para recuperar vaca Madalena, furtada de campus em Ribeirão Preto, SP

 

G1 – Justiça condena empresas por danos morais a pessoas atingidas por agrotóxicos jogados de avião, em Rio Verde

 

G1 – Boi Diamante, de ‘Em Família’, foi furtado e abatido para cobrar dívida, diz polícia

 

O Globo – Após proibição do amianto no Brasil, Eternit pede recuperação judicial

 

Valor Econômico – ADM anuncia reorganização de seus negócios

 

Valor Econômico – Há especulação financeira com as ações da BRF, afirma Abilio

 

Valor Econômico – Etanol sobe em 19 Estados e no DF e perde competitividade

 

Valor Econômico – Abilio Diniz minimiza problemas na governança da BRF

 

Valor Econômico – Reunião sobre vendas à UE é adiada

 

Valor Econômico – Paraibana São Braz aposta no ‘pós-crise’

 

Valor Econômico – Faturamento da 3corações cresceu 20% em 2017

 

Valor Econômico – Raízen vê chance para importar etanol

 

Valor Econômico – Cade aprova compra da Vale Fertilizantes Cubatão pela Yara

 

Valor Econômico – Petrobras decide parar produção de fertilizantes em Bahia e Sergipe

 

Zero Hora – Recuperação de 300 quilômetros das estradas da zona rural deve ocorrer em até dois meses, diz prefeitura

 

Zero Hora – Presidente da Cesa estima que fim da companhia leve ao menos três anos

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Para o agronegócio, visita de Lula foi como mexer em um vespeiro

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Expoagro Afubra começa nesta terça

 

Correio Braziliense – Furtado em fazenda de Goiás, boi Diamante foi morto por ladrões

 

Correio Braziliense – Agricultura é essencial na criação de soluções para uso racional da água

 

Nova Edição – Justiça condena empresas por danos morais a pessoas atingidas por agrotóxicos jogados de avião, em Rio Verde

 

Zeca News – OAB visita acampamento atacado com pulverização aérea em Marabá

 

____________________________________________________________________________

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.