PATENTE DE SOJA DA MONSANTO É CONTESTADA

//PATENTE DE SOJA DA MONSANTO É CONTESTADA

A patente da semente de soja Intacta, da Monsanto, que combina tolerância ao herbicida glifosato e resistência a lagartas, está sendo questionada na Justiça Federal pela Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja). É o que informa o Valor Econômico. A ação pede a anulação da patente alegando que o registro não cumpre os requisitos legais previstos na Lei de Propriedade Industrial. Um dos argumentos é de que houve “engenharia genética” e não a criação de uma nova tecnologia. Se o pedido de nulidade da patente for aceito, o agricultor passará a economizar R$ 130 por hectare, referentes ao royalty da semente. O Brasil planta cerca de 20 milhões de hectares com Intacta e a economia seria de R$ 2,6 bilhões na safra 2016/17.

Venda de máquinas voltou a recuar

As vendas de máquinas agrícolas no país voltaram a cair em outubro e somaram 3.900 unidades, informou a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). De acordo com o Valor Econômico, houve retração de 10,3% em relação a setembro. Na comparação com outubro de 2016, a queda foi ainda mais expressiva, de 20,9%. Com o resultado de outubro, as vendas de máquinas agrícolas no país acumularam alta de apenas 4,4% até outubro ante o mesmo período de 2016, totalizando 37.480 unidades (tratores, colheitadeiras e retroescavadeiras). As exportações do segmento alcançaram 1.393 unidades no mês passado, retração de 3% em relação a setembro, mas alta de 78,1% ante outubro de 2016. Com a queda nas vendas, a produção do setor também foi afetada. A Anfavea informou que a produção nacional de máquinas atingiu 4.759 unidades em outubro, 11% mais que em setembro e 23,7% abaixo de outubro de 2016. Mesmo com os resultados fracos de outubro, a Anfavea mantém a perspectiva de crescimento de 10,4% na produção de máquinas agrícolas no ano, para 59,6 mil unidades. Mantém também as projeções de aumento de vendas internas em 6,9%, para 46,7 mil unidades, e expansão de 34,6% nas exportações, para 12,9 mil unidades.

Refinarias da Petrobras poderão emitir certificados no RenovaBio

O marco regulatório que implementará o RenovaBio e está na Casa Civil sofreu um acréscimo e passou a prever que as refinarias de petróleo instaladas no Brasil também poderão emitir certificados de descarbonização (CBios), caso suas emissões de gases de efeito estufa sejam menores do que a média global. Essa possibilidade entrou no projeto, após sugestão da Petrobras. A Petrobras confirmou que fez o pedido, mas disse que não iria comentar. Empresas certificadoras vão analisar as refinarias que se interessarem. Elas serão comparadas a uma média global, apurada por estudos acadêmicos internacionais. O Valor frisa que a adesão das refinarias ao RenovaBio não será obrigatória, assim como não será para os produtores de biocombustíveis. A alteração acomoda o interesse da Petrobras, que até então vinha mantendo postura cautelosa ante o RenovaBio. Também está em discussão a inclusão de mecanismo que preveja limitação dos CBios em caso de pressão inflacionária. Há possibilidade de incluir o Banco Central nessas definições, junto ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). O presidente Michel Temer estaria disposto a lançar o programa até sexta-feira, segundo o Valor.

Ministério da Agricultura é notificado sobre restrições à carne brasileira pela Rússia

O Ministério da Agricultura foi notificado na quarta-feira (8) sobre novas restrições impostas à carne brasileira pelo país. A autoridade sanitária do país proibiu temporariamente a importação de um frigorífico brasileiro e impôs controles sanitários mais rígidos a outros cinco, informou o G1 em reportagem publicada no sábado (4). “A comunicação foi encaminhada ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) para que seja dada ciência aos estabelecimentos envolvidos para avaliação”, informou o Ministério. Segundo o órgão, os estabelecimentos deverão prestar esclarecimentos ao DIPOA que irá analisar e adotar as providências necessárias. O site do G1 ressalta que de acordo com o Serviço Federal de Vigilância Sanitária e Veterinária na Rússia, os controles sanitários serão ampliados para cinco empresas brasileiras. O motivo é que foram encontradas substâncias fora dos padrões sanitários russos. Veja quais são os frigoríficos: JBS, Aurora, Frigoestrela, Frigol, Frigon – Irmãos Gonçalves. Em 2016, a Rússia foi o quarto maior mercado para a carne brasileira, atrás apenas da China, Hong Kong e Arábia Saudita. O país importou cerca de US$ 1 bilhão do Brasil em 2016, cerca de 7,5% do total.

NA IMPRENSA

 

Mapa – Mapa e Apex realizam evento para captar investimentos em Israel

Mapa – Brasil sediará reunião mundial da World Cocoa Foundation

MMA – Tela verde amplia prazo para inscrições

MMA – Reciclagem é tema de exposição no Ministério

MMA – Brasil discute acesso a recursos internacionais

Embrapa – Embrapa Rondônia disponibiliza vídeos sobre o café em realidade virtual

Embrapa – Encontro une competência de cientistas do Brasil e do exterior para discutir matéria orgânica do solo

Embrapa – Informações geoespaciais da Amazônia são apresentadas em Brasília

Câmara dos Deputados – Comissão de Segurança aprova porte de arma para proprietários e trabalhadores rurais maiores de 21 anos

Câmara dos Deputados – Câmara inclui na LDB a pedagogia da alternância para jovens do campo

Senado Federal – Novos requisitos para condutores de ambulâncias vão ao Plenário

Folha de S.Paulo – Lucro do BB sobe 15% no 3º trimestre, e inadimplência cai pela 1ª vez no ano

G1 – Ministério da Agricultura é notificado sobre restrições à carne brasileira pela Rússia

G1 – Safra de grãos deve ficar 8,9% menor em 2018, prevê IBGE

O Estado de S.Paulo – Fux considera só 3 pontos do novo Código Florestal inconstitucionais

Valor Econômico – BRF assina memorando com Cofco Meat sobre segurança alimentar

Valor Econômico – Camex adia para janeiro decisão sobre importação de trigo

Valor Econômico – Lucro líquido da Pilgrim’s mais do que dobra no 3º trimestre

Valor Econômico – STF adia julgamento sobre novo Código Florestal após pedido de vista

Valor Econômico – Refinarias da Petrobras poderão emitir certificados no RenovaBio

Valor Econômico – Venda de máquinas voltou a recuar

Valor Econômico – Aprosoja vai à Justiça para anular patente da Intacta

Valor Econômico – Café ao lado de espécies nativas para estancar desmate na Amazônia

Valor Econômico – SLC Agrícola reverte prejuízo e lucra R$ 70,5 milhões no 3º trimestre

Valor Econômico – Patente de soja da Monsanto é contestada

Valor Econômico – Biosev suspende atividade na usina Maracaju, em Mato Grosso do Sul

Valor Econômico – Conab reduz estimativa para produção brasileira de grãos em 2017/18

Valor Econômico – Safra de 2017/18 deverá atingir 220,2 milhões de toneladas, diz IBGE

Valor Econômico – ADM e Cofco assinam memorando de entendimento

Valor Econômico – Biosev registrou lucro líquido de R$ 32,8 milhões no 2º tri de 2017/18

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.