NOVACKI DIZ QUE MUNDO PRECISA RECONHECER ESFORÇO DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA PARA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

//NOVACKI DIZ QUE MUNDO PRECISA RECONHECER ESFORÇO DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA PARA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL
O ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, disse na terça-feira (5), em Brasília, que o Brasil precisa mostrar ao mundo as ações desenvolvidas por sua agropecuária para preservar o meio ambiente. Segundo o portal do Mapa, de acordo com Novacki, o mundo deve garantir ao agro brasileiro as mesmas condições de mercado oferecidas aos demais países. “Se o Brasil tiver condição de colocar os seus produtos nas mesmas condições que outros, o mundo dará o primeiro passo para ajudar a preservar toda a nossa riqueza ambiental”, afirmou o ministro interino, ao final de sua participação no Agro Seminário, promovido pelo Instituto de Educação no Agronegócio (I-UMA). Novacki também citou medidas tomadas pelo Ministério da Agricultura para modernizar o setor. Entre elas, o Plano Agro+, lançado em 2016 com objetivo de simplificar e desburocratizar normas e procedimentos. O ministro interino mencionou ainda o Programa de Conformidade do Agronegócio Brasileiro, que está sendo implementado. “Por meio do compliance, vamos coibir desvios de conduta e melhorar o relacionamento do ministério com as empresas da cadeia do agro”, destacou, informando que será criado o selo Agro+ integridade. A expectativa, ressaltou, é que o setor produtivo venha a aderir ao programa de compliance.

Vendas de máquinas podem ser menores que o previsto, diz John Deere

As vendas de máquinas agrícolas podem não fechar o ano tão bem quanto se previa inicialmente, afirmou Paulo Herrmann, presidente da John Deere Brasil, após evento “Futuro Fértil”, em São Paulo. “O ano de 2017 deve fechar acima de 2016, mas, talvez, não na expectativa que nós tínhamos no começo do ano”, disse Herrmann. O Valor Econômico destaca que segundo o executivo, o motivo é que os preços dos grãos caíram em Chicago e isso desmotivou novos investimentos. “Muitos agricultores estão repensando ou retardando investimentos”. Na quinta-feira (7), a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgará os números de agosto. “A expectativa da associação é de que as vendas de máquinas agrícolas cresçam 13% em 2017, para 49,5 mil unidades. De janeiro a julho, foram vendidas 25,2 mil unidades, alta de 17,1% ante o mesmo período de 2016”, afirma o Valor.

Governo prepara reação a possível fim do Funrural

A Advocacia-Geral da União (AGU) já prepara um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra o Projeto de Resolução 13/2017, da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), que pode ser promulgado e acaba com as cobranças antigas do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), apurou o Valor. Com o mandado de segurança, a AGU quer impedir que o governo perca uma receita para os cofres públicos estimada em R$ 17 bilhões, que é a dívida total contraída por produtores rurais nos últimos anos, segundo a Receita Federal. O projeto da senadora suspende a execução da Lei 8.540/1992, que definia uma alíquota de 2% sobre a receita da comercialização da produção. Portanto, uma vez promulgado, tem força de lei para anular a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), proferida no fim de março pela constitucionalidade dessa contribuição previdenciária. “A pretensão do projeto era tornar inconstitucional a cobrança do Funrural e anular as dívidas, mas o governo vai recorrer, e a palavra final será do STF”, diz o advogado Rudy Ferraz, do escritório Ferraz Advogados Associados, de Brasília. “Na terça-feira (5), a comissão mista formada para debater a MP 793 convocou o secretário-geral da Receita Federal, Jorge Rachid, para ouvi-lo na próxima semana sobre a disposição do governo em ceder mais ainda nas condições de parcelamento das dívidas, como pretendem os ruralistas”, ressalta parte da reportagem.

Produtor adota Manejo Integrado de Pragas e elimina aplicações de defensivos contra lagarta

O produtor rural José Roberto Mortari cultiva 387 hectares de soja em Londrina, no Norte do Paraná. Na temporada passada, ele resolveu sair na frente em relação ao cuidado com a plantação e colocou um total de 290 hectares (cerca de 75% do total) no Manejo Integrado de Pragas (MIP). Conforme o site Cenário MT informou, o resultado foi uma redução considerável no número de aplicações de defensivos agrícolas, solo menos compactado, uma lavoura mais equilibrada e um incremento direto na rentabilidade. O processo começou com o curso do SENAR-PR Inspetor de Campo em MIP Soja, que Mortari descobriu por meio da FAEP (ele faz parte da diretoria do Sindicato Rural de Londrina). “A formação está dentro das principais temáticas trabalhadas no programa Plante Seu Futuro. Chama a atenção o fato de o produtor ter dedicado uma área considerável para o MIP logo de início, já que o mínimo para se adotar o programa é cinco hectares e boa parte dos agricultores começa nesta faixa. A cada semana, 20 hectares tinham a incidência de pragas detalhada. A partir da contagem e classificação de insetos, um plano de ação sobre a aplicação de inseticidas era traçado”, diz a publicação.

NA IMPRENSA
Mapa – Novacki diz que mundo precisa reconhecer esforço da agropecuária brasileira para preservação ambiental

Mapa – Parceria permitirá investir R$ 17,7 milhões para combater bicudo do algodoeiro

Abrapa – Especialista do IMAmt aponta tipos de controle para os nematoides

Abrapa – 11º CBA aborda como manejar várias tecnologias para herbicidas em diferentes culturas

Abrapa – Importância de área de refúgio nas lavouras é discutida no 11º CBA

Abrapa – Pesquisadores debatem combate a lagartas durante o 11º CBA

Abrapa – Boas Práticas agrícolas em pauta no Congresso Brasileiro do Algodão

Embrapa – Embrapa, IMAmt e Abrapa firmam parceria para desenvolver algodão resistente ao bicudo

Ibama – Sete dos nove estados da Amazônia operam o Sinaflor

MMA – Edital promove uso sustentável do Cerrado

MMA – Brasil prepara relatório de salvaguardas

MMA – Brasil possui três rotas de aves limícolas

Câmara dos Deputados –  Proposta altera limite de leite vendido por agricultor familiar ao governo

Câmara dos Deputados – Agricultura debate produção e comercialização de vinho colonial

Senado Federal – Comissão do Parlasul aprova acordo de livre comércio com a Palestina e de aviação civil com 22 países

Folha de S.Paulo –  Antonio Delfin Netto – Sem reforma da Previdência, crescimento do PIB será inútil

O Estado de S.Paulo – Blog Erton Escobar – A ciência brasileira está falida. E daí?

Valor Econômico – Vendas de máquinas podem ser menores que o previsto, diz John Deere

Valor Econômico – China compra mais, mas oferta maior segura preço de lácteos

Valor Econômico – Americanos exportam mais grãos

Valor Econômico – ‘Agricultura do sol’ avança no Vale do Araguaia

Valor Econômico – Governo prepara reação a possível fim do Funrural

Valor Econômico – Commodities Agrícolas

A Gazeta – IBGE organiza o censo agropecuário em Marechal Rondon

Folha do Progresso – Ministério do Trabalho resgata escravos em fazenda no Pará

Portal Loanda – China irá investir na produção da Fáfia, em Querência do Norte

Portal do Agronegócio – IMA e Senai firmam parceria para aprimorar tecnologias de apoio à qualidade na produção de alimentos

Cenario MT – Produtor adota Manejo Integrado de Pragas e elimina aplicações de defensivos contra lagarta

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.