MINISTRO DIZ QUE CAMPANHA DE VACINAÇÃO NÃO SERÁ ANTECIPADA

//MINISTRO DIZ QUE CAMPANHA DE VACINAÇÃO NÃO SERÁ ANTECIPADA
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, declarou em entrevista ao Jornal CBN que a campanha de vacinação contra a febre amarela, prevista para começar em fevereiro, não será antecipada. Isso porque os agentes de saúde ainda precisam ser treinados para fracionar em cinco partes as doses da vacina contra a doença, processo que Barros afirmou ser complexo. De acordo com o Jornal O Globo, esta é a primeira vez que o Brasil utilizará doses fracionadas contra a febre amarela. No entanto, só receberá o certificado internacional que comprova a vacinação contra a febre amarela, aqueles que tomarem a dose padrão. “O ministro disse que quem procurar os postos de saúde, mesmo antes do início da campanha, será vacinado. Pois existem doses armazenadas no estoque estratégico do governo, que não chegaram a ser usadas em 2017”, destaca a reportagem.

Novas regras sobre financiamento e transferência de recursos são esclarecidas

O Ministério da Saúde e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde realizaram, na sexta-feira (12), videoconferência em Brasília, a fim de facilitar o entendimento do novo modelo de transferência de recursos federais em saúde. Conforme o portal da Saúde, o diretor do Fundo Nacional de Saúde, Antonio Carlos Rosa de Oliveira Junior, detalhou a mudança na transferência de recursos, na modalidade fundo a fundo, que passa a ser em dois blocos, custeio e investimento. Antônio informou sobre a abertura das 5.595 contas correntes referentes a estados, municípios e Distrito Federal. “O novo modelo, estabelecido com a publicação da portaria 3.992/2017, permitirá mais eficiência no controle e o monitoramento do cumprimento da execução dos recursos destinados às ações em saúde em todo o Brasil. A medida diminui a burocracia e evita que recursos fiquem parados nas contas dos municípios e estados”, frisa a publicação.

Dentistas entram com recurso contra liminar que os impede de aplicar botox para fins estéticos

O Conselho Federal de Odontologia entrou com recurso contra a liminar que impede que dentistas apliquem preenchimento facial e toxina botulínica para fins exclusivamente estéticos. O Jornal O Globo enfatiza que não há previsão para a análise do recurso, mas a categoria acredita que em breve voltará a ser autorizada a fazer esses procedimentos. “A liminar que derrubou essa resolução foi emitida por uma juíza da Justiça Federal no Rio Grande do Norte no último dia 15 de dezembro, após pedido realizado pela SBPC. Na ação movida pela SBPC, que resultou na liminar do RN, foi alegado que procedimentos estéticos invasivos na face extrapolam a área de atuação dos dentistas”, ressalta a notícia.

Aquisições de hospitais crescerão em 2018

As compras de hospitais poderão deslanchar neste ano, segundo consultores que atuam no mercado de fusões e aquisições desse setor. Há muitas negociações e transações para acontecer, afirma Edgar da Costa, diretor da consultoria Ptrus. “Em 2017 foram cerca de R$ 4 bilhões em transações. Nossa previsão é que em 2018 esse valor triplique.” Segundo a coluna Mercado Aberto, da Folha de S.Paulo, uma mudança de regras em 2015 permitiu que estrangeiros pudessem exercer controle de hospitais, mas isso não significou a entrada em peso de grupos de fora, houve operações entre brasileiros e fundos de private equity. “As compras na área de saúde, que, além de hospitais, inclui clínicas e laboratórios, tiveram um salto em 2017. O mercado de fusões e aquisições tem tendência de alta, mas esse setor tem sido um ponto fora da curva”, afirma Luis Motta, da KPMG.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Médicos inscritos no 15º Ciclo devem entregar documentação a partir desta segunda (15) 

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde, Estado de RR e os municípios de Boa Vista e Pacaraima assinam plano de ação para a assistência a imigrantes

Ministério da Saúde – Novas regras sobre financiamento e transferência de recursos são esclarecidas

Ministério da Saúde – Brasil tem segundo caso de pacientes que sobreviveram ao vírus da raiva humana

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde participa de homenagem à Zilda Arns no Haiti

Ministério da Saúde – São Paulo receberá mais 1 milhão de doses de vacina

ANS – Vigitel 2016: Estudo avalia beneficiários de planos de saúde

Anvisa – Anvisa publica Política de Patrocínios

Inca – Febre amarela: dose reduzida da vacina imuniza por oito anos

ALESP – Participação em entrega de obras na SP-255 e posto de saúde

Correio Braziliense – Ciência avança no tratamento da talassemia, doença hematológica hereditária

Correio Braziliense – Banhos de sauna ajudam a evitar problemas cardíacos, diz pesquisadores

Folha de S.Paulo – Mercado Aberto – Aquisições de hospitais crescerão em 2018

Folha de S.Paulo – Mineração na Amazônia venezuelana faz crescer desmatamento e malária

Folha de S.Paulo – Remo, dança do ventre e videogame ajudam pacientes com câncer

Folha de S.Paulo – Julio Abramczyk – Perda auditiva: outro perigo no trabalho com gasolina

O Globo – Febre amarela: Ministro diz que campanha de vacinação não será antecipada

O Globo – Dentistas entram com recurso contra liminar que os impede de aplicar botox para fins estéticos

O Globo – Obesidade e sobrepeso são problemas crescentes no país

O Estado de S.Paulo – Primeira morte por febre amarela em 2018 é confirmada no Rio de Janeiro

O Estado de S.Paulo – Mairiporã libera vacina da febre amarela para gestantes

O Estado de S.Paulo – Mairiporã alerta turistas esportivos a se vacinarem contra febre amarela

O Estado de S.Paulo – Busca de vacina contra febre amarela é grande até em área fora de risco em SP

O Estado de S.Paulo – Governo vai abordar moradores não vacinados contra febre amarela em Valença (RJ)

O Estado de S.Paulo – Entidade internacional alerta para alta da febre amarela no Brasil

Valor Econômico – It’s Seg chega a pequena empresa com franquia 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.