MINISTRO DA SAÚDE QUER DISTRIBUIR MAIS REMÉDIOS GRATUITOS

//MINISTRO DA SAÚDE QUER DISTRIBUIR MAIS REMÉDIOS GRATUITOS

Estado de S.Paulo destacou que o Ministério da Saúde estuda uma nova mudança no programa Farmácia Popular, que envolve a distribuição de remédios sem custo para o cidadão. Uma das propostas é estender a gratuidade para os 42 produtos que fazem parte do programa. As alterações, no entanto, são criticadas pelo setor farmacêutico. A estratégia de estender a gratuidade para todo o Farmácia Popular tem como objetivo permitir que os gastos do programa possam ser levados em consideração para o cálculo do mínimo a ser investido pela União na Saúde. A extensão da gratuidade para outros 16 medicamentos seria ainda uma alternativa para a pasta tentar compensar o crescente gasto com o programa. Ao mesmo tempo, a pasta quer reduzir os custos. O problema é que, com essa transação, o governo acaba arcando indiretamente impostos que o setor varejista paga para Estados. “Para tentar evitar esses impostos, a alternativa estudada é que a própria pasta se encarregue de fazer a compra para distribuição nas farmácias credenciadas. A ideia se assemelha a que foi cogitada pelo ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), mas arquivada por esbarrar em problemas jurídicos”, destaca.

 

Projeto que regulamenta direitos dos pacientes preencheria lacuna na legislação, diz especialista

 

Participantes de uma audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família divergiram, nesta quinta-feira (10), sobre a necessidade de uma lei que regule os direitos dos pacientes no Brasil. Segundo a Agência Câmara, o projeto de lei 5559/16 em análise na Câmara dos Deputados, assegura ao paciente o direito à informação sobre sua saúde, o tratamento, os riscos e os benefícios dos procedimentos e os efeitos adversos dos medicamentos. Garante ainda o direito do paciente de não ser discriminado e de contar com um acompanhante em consultas e internações. Para parte dos especialistas, a lei traria segurança jurídica e diminuiria os casos de judicialização da saúde. “Os contrários à matéria argumentaram que o assunto já é previsto em diversas normas legais e infralegais, não havendo necessidade de uma lei que, sim, aumentaria os conflitos relacionados à saúde”, afirma a matéria.

 

Ministério da Saúde informa que Brasil tem duas mortes por sarampo e 103 casos confirmados

 

O Ministério da Saúde informou que de janeiro até o dia 30 de abril o país registrou duas mortes por sarampo. Segundo a pasta, a evolução para óbito ocorreu nesses casos porque os pacientes já têm alguma debilidade por outra doença. É o que informa o G1. O ministério informa ainda que o país tem 103 casos confirmados e 289 em investigação. Nesta quinta-feira (10) a Organização Mundial da Saúde emitiu um alerta para o sarampo em toda a região das Américas e pediu um reforço dos esquemas de vacinação.  O aumento de casos no Brasil é recente e começou no início desse ano. Em 2016, o país havia recebido um certificado de que a doença havia sido eliminada do território. “A pasta informa que está concentrando esforços para manter o certificado de eliminação com ações de vigilância epidemiológica, laboratórios e estratégias de imunização”, informa a nota.

 

Câmara cria data especial para lembrar a luta contra doenças raras

 

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou nesta terça-feira (8) através do Projeto de Lei 8188/14 a instituição da data comemorativa no calendário brasileiro: o Dia Nacional de Doenças Raras. De acordo com a Agência Câmara, a proposta segue para a sanção presidencial. O projeto reserva o último dia de fevereiro para o Dia Nacional de Doenças Raras, no esforço para dar mais atenção a um grupo de doenças pouco divulgadas e conhecidas. São consideradas raras aquelas enfermidades que atingem até 65 indivíduos para cada grupo de cem mil pessoas. São cerca de 8 mil condições clínicas, a maioria de origem genética e sem tratamento efetivo. “Doenças como a fenilcetonúria, que é a ausência de enzima para metabolizar a substância, ou a esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa, são exemplos de doenças raras”, cita a Agência.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Curitiba recebe investimentos para assistência à saúde 

 

Ministério da Saúde – SGTES promove 1º Seminário Internacional de Residências em Saúde

 

ANS – Neste dia das mães, ANS reforça diretrizes da OMS sobre parto

 

Hemobrás – Alunos de Saúde Coletiva visitam Hemobrás

 

Fiocruz – Fiocruz Pernambuco abre inscrições para o minicurso ‘Implementation Science’

 

Fiocruz – Fiocruz AM: meningite meningocócica em populações indígenas é tema do Centro de Estudos

 

Anvisa – Anvisa sedia workshop sobre integridade de dados

 

ALESP – Homenagem da AACD

 

ALESP – Veículo para transporte de pacientes em Santa Branca

 

ALESP – CPI das OSS ouve conselheiro de saúde

 

Câmara dos Deputados – Finanças e Tributação aprova tratamento obrigatório para lábio leporino no SUS

 

Câmara dos Deputados – Comissão aprova proposta que inclui na CLT a obrigatoriedade de teste de acuidade visual dos empregados

 

Câmara dos Deputados – Projeto que regulamenta direitos dos pacientes preencheria lacuna na legislação, diz especialista

 

Câmara dos Deputados – Câmara cria datas especiais para lembrar a luta contra doenças raras e homenagear o Rotary Club

 

Câmara dos Deputados – Comissão que acompanha situação de venezuelanos visita hospitais em Roraima

 

Estado de S.Paulo – Ministro da Saúde quer distribuir mais remédios gratuitos

 

Estado de S.Paulo – ‘Dia D’ de vacinação contra a gripe será neste sábado, 12

 

Estado de S.Paulo – Após novos casos de Ebola, OMS diz que se prepara para o ‘pior’

 

Estado de S.Paulo – Homem é diagnosticado com câncer de pele após foto publicada em rede social

 

Folha de S.Paulo – Mãe de criança com deficiência múltipla não quer rótulo de ‘especial’

 

Folha de S.Paulo – Hipnose acessa mente humana e oferece cura para muitas doenças e fobias

 

Folha de S.Paulo – Criado por brasileiro, novo método que mede pressão cerebral chega a hospitais

 

G1 – Três são presos por desviar medicamento de alto custo para o tratamento de crianças

 

G1 – Medicamento de uso restrito é vendido livremente na internet

 

G1 – República Democrática do Congo registra 4 novos casos do ebola

 

G1 – Ministério da Saúde informa que Brasil tem duas mortes por sarampo e 103 casos confirmados

 

G1 – Postos de vacinação do país abrem neste sábado em ‘dia D’ contra a gripe

 

G1 – OMS diz que se prepara para o ‘pior cenário possível’ após casos de ebola no Congo

 

G1 – Goiânia recebe o Bem Estar Global

 

Valor Econômico – Preços de remédios sobem 1,52% em abril, maior impacto sobre IPCA

 

Valor Econômico – Amil é processada por antigos gestores

 

Valor Econômico – Cada um com o seu remédio

 

Zero Hora – A menos um mês do prazo previsto para fechar leitos, Hospital Geral de Caxias busca verbas

 

Zero Hora – Escola da Ospa emociona pacientes do Hospital de Clínicas

 

Zero Hora – OMS se prepara para o “pior” após novos casos de ebola na República Democrática do Congo

 

Correio Braziliense – Ministério da Saúde quer distribuir mais remédios gratuitos

 

Correio Braziliense – Gengibre combate náuseas em grávidas e pacientes em quimioterapia

 

Correio Braziliense – OMS se prepara para o “pior” após novos casos de ebola no Congo

 

Carlos Britto – Projeto de Aero Cruz determina a órgãos públicos e empresas privadas de Petrolina área exclusiva para pessoas com deficiência e doenças raras

 

Jornal Dia-dia – Maio: Mês Internacional de Combate ao Melanoma

 

Panorama Farmacêutico – Pacientes oncológicos devem ter cuidados durante o outono

 

____________________________________________________________________________

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.