MINISTÉRIO DA JUSTIÇA QUER QUE HOSPITAIS EXIBAM PREÇOS EM LOCAL VISÍVEL

//MINISTÉRIO DA JUSTIÇA QUER QUE HOSPITAIS EXIBAM PREÇOS EM LOCAL VISÍVEL

De acordo com Monica Bergamo da Folha de S.Paulo, o Ministério da Justiça quer fazer mudanças na regulamentação dos planos de saúde. Uma das propostas em estudo na Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) exige a liberação da portabilidade entre as empresas a qualquer momento. Atualmente, só é possível mudar de seguradora depois de um ano, e nos 120 dias posteriores ao aniversário do contrato. A Secretaria também vai exigir que os hospitais coloquem a tabela dos preços cobrados dos consumidores em local visível. “Isso repercute no valor do plano de saúde”, diz Arthur Rollo, secretário Nacional do Consumidor. “As propostas serão levadas à comissão especial da Câmara dos Deputados que está revendo a Lei dos Planos de Saúde”, ressalta a Folha.

Projeto em anáise na CAS amplia acesso ao tratamento de câncer de mama e de útero

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) deverá analisar, na quarta-feira (20), o projeto que amplia o acesso das mulheres aos exames e ao tratamento do câncer de mama e de útero (PLC 20/2017). Conforme o portal do Senado Federal, o texto, relatado pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), determina que o Sistema Único de Saúde crie estratégias para facilitar o diagnóstico e permitir o tratamento da doença. Para isso, as equipes de saúde e de programas sociais deverão ter um papel ativo para identificar pacientes com dificuldade em marcar exames preventivos, como papanicolau e mamografia, devido a barreiras sociais, culturais e geográficas. A medida tem o apoio do senador Waldemir Moka (PMDB-MS), que é médico. O projeto já passou pela Câmara dos Deputados e, se for aprovado pela CAS, seguirá para análise do Plenário do Senado.

Pesquisa da USP usa toxina de planta brasileira para combater o HIV

Uma planta trepadeira presente na flora do nordeste brasileiro pode ser a chave para eliminar o vírus HIV, causador da Aids, do organismo humano. É o que informa o Estadão. Um estudo da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com uma universidade americana, demonstrou que a proteína pulchellina, extraída da Abrus pulchellus tenuiflorus, planta nativa do Brasil, foi eficaz na destruição de células infectadas pelo vírus, sem causar estragos às células sadias. De acordo com o professor da USP no Instituto de Física de São Carlos (IFSC), Francisco Eduardo Gontijo Guimarães, orientador da pesquisa, a substância da planta é altamente tóxica, mas tem sua ação abrandada e direcionada para atingir apenas as células infectadas. “O passo importante, segundo ele, foi conseguir um anticorpo que reconhecesse o vírus mesmo quando ele está escondido na célula, fora do alcance dos retrovirais normalmente usados para o controle do HIV. O professor explica que o HIV se instala nos glóbulos brancos, células do sistema imunológico que defendem o organismo contra doenças e infecções, e libera toxinas que enganam o sistema de defesa, transmitindo a mensagem de que as células infectadas estão sadias”, destaca o Estadão.

Empresa russa fornecerá antivírus às Forças Armadas do Brasil

A empresa russa Kaspersky Lab se tornou a responsável por fornecer soluções de segurança cibernética para as Forças Armadas do Brasil – Exército, Força Aérea e Marinha. Mais especificamente na proteção contra vírus. A Folha de S.Paulo ressalta que o software da Kaspersky será parte da defesa cibernética desses órgãos, que inclui outros serviços ligados à segurança digital, como setores especializados na detecção de intrusos e de atividade maliciosa. Os contratos firmados têm duração de três anos e somam R$ 8,4 milhões. A maior parte, R$ 4,5 milhões, é referente ao serviço prestado ao Exército. O contrato com a Força Aérea tem valor de R$ 2,3 milhões e da Marinha R$ 1,6 milhão. De acordo com a Kaspersky, a instalação dos sistemas já vem desde dezembro de 2016, mas, por questões de segurança, o anúncio oficial deve ser feito nesta semana. “A informação, no entanto, já constava em Diário Oficial. Segundo a empresa, o antivírus será instalado aproximadamente em 120 mil máquinas. O contrato de manutenção oferece relatórios de ameaças e serviços de monitoramento e resposta a incidentes. Serão também oferecidos treinamentos”, diz a reportagem.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Ministro da Saúde apresenta a estratégia e-Saúde do Brasil (digiSUS)

Ministério da Saúde – Insulina no Aqui Tem Farmácia Popular é 2,5 vezes mais cara que da rede pública

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde estuda uso de robôs para realizar cirurgias no SUS

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde debate ações de saúde suplementar e novas parcerias para o SUS

Anvisa – Consulta Pública sobre Análise de Impacto Regulatório

Anvisa – Publicada norma sobre prescrição de buprenorfina

Anvisa – Participe do webinar sobre produtos para saúde

Anvisa – Summit discute vigilância sanitária no mundo

Anvisa – Anvisa proíbe uso de mercúrio e pó para liga dentária

Anvisa – Assista à reunião da Diretoria Colegiada da Anvisa

Conitec – DGITS participa do Global Evidence Summit

Fiocruz – Estudo avalia duração de imunidade de vacina para febre amarela

Fiocruz – Fiocruz Brasília lança relatório sobre suicídio e direitos humanos

Inca – INCA promove encontro internacional em pesquisa oncológica como parte das comemorações de seus 80 anos

Câmara dos Deputados – Comissão debate dificuldades e desafios das pessoas com deficiência visual

Senado Federal – Senado discute aposentadoria para pessoas com HIV

Senado Federal – Projeto em anáise na CAS amplia acesso ao tratamento de câncer de mama e de útero

Câmara dos Deputados – Enfrentamento a hepatites virais na Região Norte será debatido em audiência pública

Câmara dos Deputados – Comissão debate problemas acarretados por lesão medular

Câmara dos Deputados – Comissão de Seguridade Social e Família debate hemodiálise no Brasil

Câmara dos Deputados – Comissão especial debate inovação no desenvolvimento de medicamentos

Folha de S.Paulo – Empresa russa fornecerá antivírus às Forças Armadas do Brasil

Folha de S.Paulo – Pesquisa mapeia o comportamento sexual de gays e bissexuais no Brasil

Folha de S.Paulo – Parceria dobra cirurgias de lábio em crianças no interior de São Paulo

Folha de S.Paulo – Justiça concede liminar que permite tratar homossexualidade como doença

Folha de S.Paulo – Mônica Bergamo – Ministério da Justiça quer que hospitais exibam preços em local visível

G1 – Fumantes com HIV são mais propensos a morrer de câncer de pulmão

G1 – Novas terapias genéticas para o câncer são promissoras, mas possuem graves efeitos colaterais, aponta estudo

G1 – Academia Americana de Pediatria atualiza cuidados com piercings e tatuagens

O Estado de S.Paulo – Pesquisa da USP usa toxina de planta brasileira para combater o HIV

O Estado de S.Paulo – Brincadeiras e naturalidade ajudam crianças a lidar com a troca de dentes

Valor Econômico – AGU se opõe à ação do PSL contra empresas de benefício

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.