FILIPINAS LANÇAM INVESTIGAÇÃO SOBRE RISCOS DA VACINA DA DENGUE

//FILIPINAS LANÇAM INVESTIGAÇÃO SOBRE RISCOS DA VACINA DA DENGUE
As Filipinas lançaram uma investigação sobre a imunização de 730 mil crianças com uma vacina contra a dengue que poderia representar riscos para a saúde. Na última semana, a empresa francesa de medicamentos Sanofi anunciou que sua vacina, se tomada por pessoas que não foram previamente infectadas, levarão a formas mais graves da doença no futuro. Reportagem do jornal O Globo enfatiza que o programa de imunização pública nas Filipinas foi suspenso na sexta-feira (1). Combinados, os programas brasileiro e filipino informaram que até o momento cerca de um milhão de pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina. A Dengvaxia, da Sanofi, é a primeira vacina de dengue aprovada no mundo. Além das Filipinas, a vacina foi registrada no Brasil, na Argentina, Austrália, Bangladesh, Bolívia, Camboja, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Indonésia, Malásia, México, Paraguai, Peru, Cingapura, Tailândia e Venezuela. Na segunda-feira da última semana, a Sanofi afirmou em uma coletiva de imprensa que não houve mortes associadas à sua vacina nas Filipinas. Em sua mais recente recomendação sobre a vacina, a OMS aconselhou que a Dengvaxia só fosse administrada a “indivíduos que sabidamente já tenham sido infectados por dengue antes do momento da vacinação”, enquanto aguarda uma revisão completa do estudo.

Novos tratamentos para hepatite C

Dois medicamentos novos aprovados pela Anvisa ampliarão as opções para o tratamento da hepatite C no Brasil. As novidades deixam o país mais próximo de uma cura total da hepatite C e eliminação da sua transmissão.  Conforme o portal da Anvisa, o primeiro é o medicamento Zepatier, uma associação em dose fixa dos princípios ativos elbasvir e grazoprevir. O medicamento será produzido, na forma de comprimido revestido, na concentração de 50mg de elbasvir e 100mg de grazoprevir. O produto é indicado para administração por via oral em adultos uma vez ao dia, para o tratamento da hepatite C crônica (HCC) genótipos 1 ou 4 em adultos. O segundo registro da Anvisa foi para o medicamento Harvoni que é uma associação entre os princípios ativos ledipasvir e sofosbuvir. O Harvoni será utilizado por via oral em adultos e uma vez por dia. O Harvoni é indicado, em combinação ou não com ribavirina, para o tratamento da Hepatite C Crônica (HCC) genótipo 1 em adultos. Os novos produtos se juntam ao arsenal terapêutico de medicamentos da nova geração aprovados recentemente pela Anvisa como Daklinza™ (daclatasvir), Olysio® (simeprevir sódico), Sovaldi® (sofosbuvir) e Viekira Pak (ombitasvir/veruprevir/ritonavir+dasabuvir).

Compra de remédio cubano sem licitação é tema de audiência na quarta-feira

As comissões de Fiscalização Financeira e Controle; e Finanças e Tributação convidaram o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para explicar o processo de escolha de uma empresa cubana para fabricação da eritropoietina, medicamento indicado no tratamento da anemia associada à insuficiência renal crônica.  É o que informa o portal da Câmara dos Deputados. O debate foi sugerido pelo deputado Wilson Filho (PTB-PB). O parlamentar explica que Brasil e Cuba assinaram, em 2003, um acordo para transferência de tecnologia para produção da eritropoietina. “O acordo de transferência de tecnologia foi assinado com a empresa cubana Cimab S.A., em 2004 e, em 2005, obteve-se o registro do produto para iniciar a rotulagem e embalagem pela Bio-Manguinhos.” A Bio-Manguinhos é a unidade da Fundação Oswaldo Cruz responsável pelo desenvolvimento tecnológico e pela produção de vacinas, reativos para diagnóstico e biofármacos. Wilson Filho quer explicações sobre o processo de inexigibilidade e sobre o contrato de transferência tecnológica entre Brasil e Cuba. “A audiência com o ministro está marcada para quarta-feira (06) as 9 horas, no plenário 9”, destaca a publicação.

EUA registram 1º nascimento de bebê de mãe com útero transplantado

De acordo com o Estadão, médicos dos Estados Unidos confirmaram na segunda-feira (4), o nascimento do primeiro bebê do país filho de uma mulher que fez transplante de útero. O parto foi realizado no Baylor University Medical Center, em Dallas, no Texas. Segundo os médicos do hospital, a mãe voltou para casa após dar à luz e seu filho recém-nascido passa bem. A criança permanece hospitalizada para observação. O doutor Tiffany Anthony informou que a equipe médica levou meses para garantir que o útero transplantado fosse funcional e depois para determinar a viabilidade do embrião implantado. Ao todo, oito mulheres foram submetidas a transplante de útero no hospital. O nascimento do bebê é um marco nos Estados Unidos, mas já ocorre na Suécia desde 2014.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Maringá terá mais R$ 10 milhões para UTIs e atendimentos ambulatoriais

Ministério da Saúde – SIOPS: Ministério celebra a 100ª reunião da Câmara Técnica

Ministério da Saúde – Haiti e Palestina conhecem tecnologia brasileira para tratamento de água

Ministério da Saúde – Mais Médicos reabre inscrições para profissionais brasileiros

ANS – Funcionamento dos Núcleos no dia 08/12

ANS – Inscrições abertas para reunião do Comitê de Regulação da Estrutura dos Produtos

Anvisa – Novos tratamentos para hepatite C

Anvisa – Insulina NPH, da Indar, é suspensa no Brasil

Anvisa – Assista à reunião da Diretoria Colegiada nesta terça

Fiocruz – ‘Aids nos anos 80’ é tema de exposição na Biblioteca de Manguinhos

Fiocruz – Fiocruz Amazônia promove conferência sobre ciências sociais e saúde (13)

ALESP – Alesp tem diversos projetos de lei voltados às pessoas com deficiência

Câmara dos Deputados – Comissão aprova exigência de registro sanitário para lojas de produtos ópticos

Câmara dos Deputados – Seguridade Social aprova projeto que detalha cirurgia reparadora de mama feita no SUS

Câmara dos Deputados – Comissão aprova acomodações separadas para parturientes que perderam filho

Câmara dos Deputados – Audiência analisa projetos que aumentam impostos sobre cigarros para custear gastos com saúde pública

Câmara dos Deputados – Câmara faz sessão para lembrar a luta contra a Aids, que ainda mata 15 mil pessoas por ano no Brasil

Câmara dos Deputados – Compra de remédio cubano sem licitação é tema de audiência nesta quarta

Câmara dos Deputados – Câmara aprova atendimento educacional a estudantes internados para tratamento de saúde

Senado Federal – Hélio José defende passe livre para pessoas com deficiência

Senado Federal – Elmano Férrer elogia programa Mais Médicos

Senado Federal – Vanessa Grazziotin elogia decisão do STF de validar o programa Mais Médicos

Senado Federal – Humberto Costa mostra preocupação com o futuro do programa Mais Médicos

Senado Federal – Direito a cursos profissionais para pessoas com deficiência é tema de audiência

G1 – ‘Como posso comer se estou morto?’ – as pessoas que vivem com a síndrome do ‘cadáver ambulante’

O Estado de S.Paulo – EUA registram 1º nascimento de bebê de mãe com útero transplantado

O Estado de S.Paulo – Leishmaniose causa morte de bebê de 10 meses no interior de SP

O Globo – Filipinas lançam investigação sobre riscos da vacina da dengue

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.