CÂNCER DE PRÓSTATA DIAGNOSTICADO NO INÍCIO PODE TER 90% DE CHANCE DE CURA

//CÂNCER DE PRÓSTATA DIAGNOSTICADO NO INÍCIO PODE TER 90% DE CHANCE DE CURA

Um em cada sete homens no Brasil terá câncer de próstata. Essa é a doença mais comum entre os homens que já passaram dos 50 anos e mata um brasileiro a cada meia hora. Por isso, é muito importante fazer os exames periódicos. Segundo o oncologista Fernando Maluf, quem faz o exame tem de 80% a 90% de chance de cura e quando a descoberta vem tarde, as chances caem para 30%. O urologista Miguel Srougi explicou no Bem Estar qual o melhor método para diagnosticar um tumor (PSA ou toque retal) e falou sobre reposição hormonal. De acordo com o site do G1, PSA (Antígeno Prostático Específico) é uma proteína produzida pelo tecido prostático normal ou pelo tumor. Ele é medido através de exame de sangue, que deve ser feito anualmente por homens a partir dos 50 anos, pois é um marcador importante para o diagnóstico de câncer de próstata. No entanto, ele deve ser feito sempre em conjunto com o exame físico (toque retal), por não ser 100%. O PSA não elimina exame de toque retal. Homens que querem fazer reposição hormonal precisam fazer o exame de PSA e toque retal para descartar a possibilidade de câncer. Os homens devem monitorar a próstata a partir dos 50 anos. Pessoas com histórico familiar ou homens negros devem começar a partir dos 45 anos.

Saúde no Brasil sofre de “falta de planejamento impressionante”, diz esposa de Sérgio Moro

Rosângela Moro, esposa do juiz Sérgio Moro, desenvolve um trabalho que lhe rendeu recentemente uma bela premiação. Rosângela está envolvida na defesa dos direitos dos pacientes com doenças raras no Brasil. São assim classificadas enfermidades que atingem até 65 em cada 100 mil habitantes. As batalhas começam na dificuldade para obter o diagnóstico e na falta de acesso aos tratamentos. Com custo elevado, os remédios indicados contra as patologias em geral só são fornecidos após ações judiciais contra operadoras de saúde ou contra o Estado. Porém, mesmo com vitórias na Justiça, os pacientes demoram meses para receber os medicamentos, situação que coloca em risco suas vidas. O apoio de Rosângela à causa conferiu a ela o título de homenageada do ano pela Casa Hunter, Associação Brasileira de Doença de Hunter e outras doenças raras. Em entrevista ao Isto É, a advogada defende, entre outras coisas, o acesso mais fácil dos pacientes a remédios que, embora não tenham sido liberados no Brasil, são aprovados por agências internacionais respeitadas e comercializados no Exterior. “Impedir o paciente de ter acesso à medicação é condená-lo a não ter uma chance de brigar pela vida”, diz Rosângela ao Isto É.

Ministério da Saúde anuncia ações para promoção do envelhecimento saudável

O Ministério da Saúde qualificará o atendimento aos idosos na rede pública de saúde. Lançada na segunda-feira (6), a Estratégia Nacional para o Envelhecimento Saudável traz orientações aos profissionais de saúde e gestores para aumentar a qualidade de vida dessa população. O objetivo é reduzir a perda da autonomia, aumentar o desempenho cognitivo e a sobrevida deles. Conforme o Ministério da Saúde, de acordo com as estimativas, em 2030 o número de idosos representará 41,5 milhões de pessoas, ou 18,7% da população. Entre as novidades, está a implementação do atendimento multidimensional. O cuidado passa a ser orientado pela avaliação clínica, psicossocial e funcional. O acompanhamento será norteado a partir de um projeto terapêutico individual, prevenção de doenças e agravos, tratamentos, reabilitação e cuidados paliativos. Com a linha de cuidado da pessoa idosa no âmbito do SUS, será possível obter resultados a curto, médio e longo prazo. Além de adaptar os serviços com o novo cenário populacional que está se formando e organizar o percurso das pessoas idosas nos serviços de saúde, será possível promover a interlocução entre as unidades de saúde e a rede local de assistência social e proteção de direitos. Outra novidade é a atualização e implementação da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa. As informações contidas nesse documento passarão a ser inseridas no Prontuário Eletrônico. O Ministério lançará, em parceria com a Universidade Aberta do SUS (UNASUS/DF), um aplicativo com três ferramentas para avaliação das pessoas idosas. Com o app, será possível identificar a pessoa idosa vulnerável na comunidade, a condição familiar e avaliação da massa corporal em relação à altura, detectando o estado nutricional dos idosos. A ferramenta estará disponível gratuitamente pelo Google Play para Android.

Hospital de Câncer de Barretos põe mais cinco carretas de prevenção à doença nas rodovias do país

Iniciado em 1994 com uma bicicleta, o trabalho de prevenção ao câncer desenvolvido pelo Hospital de Câncer de Barretos (a 423 km de São Paulo) terminará o ano com 23 unidades móveis de combate a variadas formas da doença aptas a rodar pelo país. A Folha de S.Paulo enfatiza que essas novas unidades iniciarão o trabalho de prevenção entre janeiro e fevereiro, ampliando em 800 os atendimentos diários do hospital, referência no tratamento da doença no país, no setor de prevenção. Atualmente, há nove unidades fixas de prevenção – São Paulo (3), Mato Grosso do Sul (2), Rondônia (2), Bahia e Sergipe (1 cada) – e 18 unidades móveis. Serão abertas até o fim do ano unidades fixas no Amapá e Acre, para atender casos de câncer de mama, colo de útero, pele, boca e pulmão. Essas carretas funcionam como “satélites” das instalações fixas, orbitando num raio de 250 quilômetros de onde os prédios estão instalados. O trabalho feito pelo hospital também tem como meta reduzir custos dos tratamentos. Embora tenha iniciado com uma bicicleta, o projeto mais intenso de prevenção começou a ser desenvolvido em 2002, com o uso de um ônibus adaptado para avaliar possíveis casos de câncer de mama. “Antes do início dos atendimentos país afora, o hospital tinha índices de 14% de casos de câncer de mama inicial e 70% de casos de mama avançados. Dez anos após o início do projeto, o índice de casos de câncer de mama em fase inicial chegou a 86%”, ressalta a Folha.

SAÚDE NA IMPRENSA

 

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde anuncia ações para promoção do envelhecimento saudável

Ministério da Saúde – 6 de Novembro é comemorado o Dia da Malária nas AméricasMinistério da Saúde – Saúde: 30% dos idosos têm dificuldade para realizar atividades diárias

Ministério da Saúde – Oficinas de debate da PNEPS são realizadas em todas as regiões do país

Anvisa – Chupetas e bicos estão na pauta da Dicol desta terça

Anvisa – Registrado primeiro tratamento para câncer com feixe de prótons

Anvisa – Anvisa terá novo diálogo com o setor regulado

Fiocruz – Seminário sobre aleitamento e alimentação complementar acontece nesta quarta (8/11)

Fiocruz – Centro de Estudos analisa os sistemas alimentares e suas implicações na alimentação familiar

Fiocruz – Sala de Convidados discute o testamento vital e suas implicações (7/11)

ALESP – Audiência pública sobre a Violência Obstétrica

Câmara dos Deputados – Comissões debatem proibição de enfermeiros fazerem diagnósticos e pedirem exames

Câmara dos Deputados – Câmara faz sessão solene em homenagem ao Dia do Nascitur

Senado Federal – Terapia Ocupacional responde ao estresse da vida moderna, aponta sessão de homenagem 

Senado Federal – Presidente do TCU explica auditorias em políticas públicas de saúde

Folha de S.Paulo – Uso de ‘chip’ hormonal para ficar em forma preocupa médicos

Folha de S.Paulo – Marcelo Toledo – Hospital de Câncer de Barretos põe mais cinco carretas de prevenção à doença nas rodovias do país

G1 – Os sintomas de câncer de pâncreas que muitas vezes passam despercebidos

G1 – Câncer de próstata diagnosticado no início pode ter 90% de chance de cura

G1 – Estudo identifica 23 mil fungos e bactérias em celulares; risco vai de micoses até infecções respiratórias

Isto É – Saúde no Brasil sofre de “falta de planejamento impressionante”, diz esposa de Sérgio Moro

Jornal Floripa – PGE/SC terá equipe exclusiva para ações judiciais relacionadas à saúde

Panorama Farmacêutico – Planos de saúde não pagam nem 20% do valor de multas recebidas

Defensoria Pública da União – Seminário aborda luta contra o câncer no sistema de justiça brasileiro em PE

Imprensa e Mídia – Reumatologia: Uberlândia conta com um dos profissionais mais expoentes do Brasil

Startupi – Hospital em Israel cria centro de inovação para melhorar a qualidade de vida das crianças com necessidades especiais

Jornal da USP – Pesquisa do Hospital das Clínicas busca pessoas que sofreram AVC

Jornal da USP – Anticorpo criado em Ribeirão pode auxiliar tratamento do câncer de mama

Difundir – Release: Dia de Combate à Retinopatia Diabética quer equalizar fila do SUS

Conass – CONASS Informa n. 204 – Publicada a Portaria GM n. 2566 que institui Núcleo de Judicialização com a finalidade de organizar e promover o atendimento das demandas judiciais no âmbito do Ministério da Saúde

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.