BRASIL REFORÇA OS PADRÕES REGULATÓRIOS DE AGROTÓXICOS PARA PROTEGER ABELHAS E OUTROS POLINIZADORES

//BRASIL REFORÇA OS PADRÕES REGULATÓRIOS DE AGROTÓXICOS PARA PROTEGER ABELHAS E OUTROS POLINIZADORES
A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) destaca em seu site a Instrução Normativa nº 2, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), publicada em 10 de fevereiro de 2017 no Diário Oficial da União, que torna mais rígida a avaliação de risco de agrotóxicos que ainda não existem no Brasil e também a reavaliação de produtos que já se encontram no mercado brasileiro. “O objetivo é frear o desaparecimento de espécies de abelhas no País e evitar a síndrome conhecida como Distúrbio do Colapso das Colônias (CCD, sigla em inglês), que já é realidade nos Estados Unidos e em países europeus. A publicação desse documento é resultado do esforço conjunto do Ibama, Embrapa e representantes da Academia e da Indústria, que em 2015, constituíram um grupo técnico de trabalho (GTT) para discutir procedimentos de avaliação de risco com foco nos polinizadores, mais especificamente as abelhas”, diz trecho da publicação.

Exportações em janeiro somam US$ 5,87 bilhões

As exportações do agronegócio em janeiro somaram US$ 5,87 bilhões, com crescimento de 17,9% em relação aos US$ 4,98 bilhões exportados em janeiro do ano passado. As importações também cresceram, passando de US$ 913,01 milhões para US$ 1,27 bilhão (+39,1%). Como resultado, o superávit do setor subiu de US$ 4,06 bilhões para US$ 4,60 bilhões. Os dados são da Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e foram publicados nesta terça-feira (21) no site do ministério. O complexo sucroalcooleiro foi o setor com maior expansão nas vendas externas entre os setores exportadores do agronegócio nesse mês de janeiro. O valor das exportações desses produtos subiu 110% em relação a janeiro de 2016, passando de US$ 489,34 milhões para US$ 1,03 bilhão. No setor, o principal produto exportado foi o açúcar (92,9%). Foram US$ 955,40 milhões em açúcar de cana, com elevação de 120,7% no valor embarcado. As exportações do complexo soja tiveram expansão de 54,7%, em janeiro, o que resultou em US$ 961,05 milhões em exportações. As vendas externas de soja em grão foram de US$ 364,79 milhões (+147,1%).

Execução da subvenção ao prêmio de seguro rural

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publica em seu site o detalhamento da execução do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PRS), em 2016. Com orçamento de R$ 400 milhões, 41,8% acima do disponibilizado em 2015, o material está disponível no portal do Mapa. “A maior dotação orçamentária permitiu que 48 mil produtores fossem beneficiados e 5,6 milhões de hectares segurados, resultando numa importância segurada de R$ 13,26 bilhões. No relatório, há informações detalhadas por estado, município e atividade. “As culturas que receberam maior aporte de recursos da subvenção foram: soja, com 42,1% (R$ 167,90 milhões), milho 2ª safra (18,6%; R$ 74,07 milhões), trigo (10,8%; R$ 42,93 milhões), maçã (8,7%; R$ 34,85 milhões) e uva (6,4%; R$ 25,64 milhões). Essas culturas consumiram 86,7% (R$ 345,38 milhões) do total de recursos disponibilizados pelo programa, beneficiando 47.353 produtores (98,6% do total)”, relata a publicação.

NA IMPRENSA
Mapa – Vendas externas em janeiro atingem US$ 5,87 bilhões, em alta de 17,9%

Mapa – Mapa disponibiliza relatório de subvenção ao prêmio do seguro rural

MMA – Adaptação à mudança do clima será monitorada

Secretaria de Aviação Civil – Programa TREINAR abre inscrições para curso em Porto Alegre

Embrapa – Seminário internacional abordou os desafios e oportunidades do controle de pragas

Embrapa – Brasil reforça os padrões regulatórios de agrotóxicos para proteger abelhas e outros insetos polinizadores

Embrapa – Chegou a ExpoTec Embrapa 2017: conheça as novas tecnologias voltadas ao homem do campo

Embrapa – Visita técnica à Espanha contempla polos de cultivo protegido de hortaliças

Folha de S.Paulo – Vaivém das Commodities – Laranja e açúcar puxam alta de 7,2% do PIB do agronegócio paulista

Folha de S.Paulo – Vale faz acordo histórico que pulveriza controle para ampliar governança

O Progresso – Temer acelera registros e libera novos agrotóxicos

G1 – Aeroporto de Paraty, RJ, volta à rotina um mês após acidente com Teori

R7 – Balões obrigam aviões a mudarem rota de voo nos aeroportos de São Paulo

Valor Econômico – Chuvas assustam, mas clima em MT volta a favorecer soja e milho

Valor Econômico – Queda de preços do etanol começa a chegar aos postos

Valor Econômico – Publicados os requisitos para importação de café do Vietnã

Valor Econômico – Investidor vê ganho, apesar de diluição, e Vale dispara na bolsa

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.