AQUISIÇÃO DA SYNGENTA POR GIGANTE DA CHINA É APROVADA

//AQUISIÇÃO DA SYNGENTA POR GIGANTE DA CHINA É APROVADA
A ChemChina recebeu aprovação do órgão antitruste da União Europeia nesta quarta-feira (5) para sua oferta de US$ 43 bilhões pelo grupo suíço de agroquímicos e sementes Syngenta. Conforme reportagem da Folha de S.Paulo, “o movimento pode ajudar a China a impulsionar sua agricultura”. “O negócio, a maior aquisição estrangeira por uma companhia chinesa, é um dos vários que está remodelando o mercado de químicos para agricultura, sementes e fertilizantes. A União Europeia afirmou que a venda de ativos atende algumas preocupações relacionadas à concorrência. O Executivo comunitário abriu em outubro uma investigação sobre a proposta ao ressaltar uma eventual redução da concorrência nos mercados de pesticidas e de reguladores de crescimento vegetal”, afirma a publicação.

Lucro da Monsanto aumenta

A multinacional americana Monsanto divulgou ter tido um lucro líquido de US$ 1,37 bilhão no segundo trimestre fiscal deste ano, o que significa um incremento de 29% na comparação com o mesmo período de 2016. De acordo com publicação do Valor Econômico, “por ação, o lucro ficou em US$ 3,09 ante US$ 2,41”. “As vendas totais da empresa no período somaram US$ 5,07 bilhões, com alta de 12% na comparação anual. Por divisão de negócios, as sementes de milho, que são o carro-chefe da empresa, tiveram receita bruta de US$ 2,09 bilhões no trimestre, com incremento de 8%. A divisão de sementes para soja e outras oleaginosas registrou aumento de 10,2% nas vendas brutas, para US$ 862 milhões. A parte de algodão teve vendas de US$ 108 milhões ante US$ 37 milhões um ano antes, enquanto a divisão de sementes para vegetais mostrou estabilidade na receita, com US$ 193 milhões. A divisão de outras sementes e traits teve receita bruta de US$ 121 milhões no período, com alta de 1,7%”, diz a reportagem.

Pesquisa e produção de defensivos agrícolas

Durante o Enfisa 2017, representantes das Superintendências de Fiscalização Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA/MAPA) de todos os estados estiveram reunidos para discutir a harmonização da fiscalização de agrotóxicos. Reportagem do portal Agrolink destaca que, de acordo com o Coordenador Geral de Agroquímicos e Afins do MAPA, Carlos Ramos Venâncio, o propósito da reunião foi ouvir os fiscais que atuam em campo e tem conhecimento prático da atividade, além de buscar um meio-termo para melhorar a fiscalização em todo o território. “O objetivo é discutir todas as tarefas de fiscalização federal, a parte da produção, da importação e também da pesquisa, que é uma competência do Ministério. É colocar todo mundo na mesma mesa e encontrarmos os melhores caminhos. É ouvir o fiscal que está efetivamente na ponta, executando a tarefa, e baseado nisso a gente encontrar as melhores soluções para a fiscalização no Brasil”, declarou ele à reportagem.

NA IMPRENSA
Ministério da Agricultura – Maggi agradece apoio de países vizinhos após Operação Carne Fraca

Ministério da Agricultura – Fundo destinará R$ 4,9 bilhões para financiar safra de café 2017/2018

Ministério do Meio Ambiente – País apresenta políticas à Convenção do Clima

Folha de S.Paulo – Indústria deixa para trás o pior da recessão, mas recuperação é lenta

Folha de S.Paulo – Aquisição da Syngenta por gigante da China por US$ 43 bilhões é aprovada

G1 – Cidade do chope e do agronegócio vira polo de inovação no interior de SP

Valor Econômico – FIP Terra Viva ficará submetido a recuperação judicial da Tonon

Valor Econômico – Tereos emitirá R$ 300 milhões em recebíveis do agronegócio

Valor Econômico – Lucro líquido da Monsanto cresce 29% no segundo trimestre de 2017

Valor Econômico – Unica quer taxa de 16% para etanol importado

Valor Econômico – País deve ter safra recorde de soja no ciclo 2016/17, diz consultoria

Agrolink – Compete ao MAPA fiscalizar a fabricação e pesquisa com agrotóxicos no Brasil

Agrolink – Produto armazenado em silobag poderá ser dado em garantia para EGF

Jornal Bom dia – Setor de defensivos agrícolas registra queda nas vendas

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.