35% DAS SALAS DE VACINAÇÃO NO PAÍS PRECISAM ‘ABANDONAR’ CARTEIRINHA DE PAPEL E ADOTAR NOVO SISTEMA DIGITAL

//35% DAS SALAS DE VACINAÇÃO NO PAÍS PRECISAM ‘ABANDONAR’ CARTEIRINHA DE PAPEL E ADOTAR NOVO SISTEMA DIGITAL

G1 destacou que até este ano, 65% das salas de vacinação do país já foram equipadas com um novo sistema de registro de vacinação, e os 35% restantes estão em processo de implementação. Desenvolvido em 2010, o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização permite acompanhar em tempo real como está o processo de imunização pelo Brasil inteiro e quais áreas precisam de reforço adicional de campanha. O investimento melhorou a adesão das salas ao novo sistema. O Brasil, no entanto, está atrás de alguns países desenvolvidos. Com o sistema, a ideia é que todos os brasileiros consigam acessar seus dados de vacinação e que eles não estejam centralizados somente na caderneta de papel. “As pessoas com cadastro no sistema poderão ir a uma unidade de saúde e solicitar cópia da caderneta de vacinação”, diz a coordenadora do Programa de Imunização do Ministério da Saúde, Carla Domingues. “Em metas da Organização Mundial da Saúde para 2020, todos os dados de vacinação devem ser digitalizados em nível nacional em sistemas acessados regularmente”, informa a matéria.

 

Justiça fixa em 5,72% teto reajuste de planos individuais de saúde

 

Liminar concedida pelo juiz da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, José Henrique Prescendo, estabelece que reajuste de planos de saúde individuais poderão ser de, no máximo, 5,72% no período 2018/2019. De acordo com o Estado de S.Paulo, a decisão foi dada em resposta a uma ação civil pública proposta pelo Instituto de Defesa do Consumidor e ocorre às vésperas de a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgar o porcentual de reajuste. A expectativa era de que o aumento concedido pela agência fosse em torno de 10%. Na decisão, o juiz fixou temporariamente o reajuste no índice de inflação do setor de saúde e cuidados pessoas do Índice de Preços do Consumidor. Entre as justificativas para a medida, está a falta de clareza na metodologia usada pela ANS para determinar os porcentuais de reajuste. “Na liminar, o juiz diz ainda que a ANS não estaria realizando de forma satisfatória o interesse dos consumidores e ponderou ser indispensável um equilíbrio entre o índice de reajuste autorizado de planos de saúde e o índice de aumento salarial de várias categorias profissionais”, afirma a nota.

 

MPF questionará ANS sobre suposta falha na fiscalização de abuso de planos de saúde contra médicos

 

O Ministério Público Federal (MPF) questionará a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) sobre a suposta omissão na fiscalização de possíveis abusos de empresas de planos de saúde contra médicos credenciados, especialmente oftalmologistas, ao mudar a forma de remuneração desses profissionais por serviços prestados aos pacientes. É o que informa a Agência Câmara. A informação foi dada nesta terça-feira (12), em audiência pública na Câmara dos Deputados, pelo subprocurador-geral da República e Coordenador da 3ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, José Elaeres Marques Teixeira. A audiência da Comissão de Seguridade Social e Família, realizada por iniciativa do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), discutiu a decisão das operadoras de forçar médicos a aderirem ao sistema de pagamentos por “pacotes de consultas”. Nesses pacotes, todos os serviços prestados são remunerados a um preço único, o que pode reduzir em até 2/3 os valores dos honorários dos oftalmologistas. O coordenador de Assessoramento Normativo da ANS, Pedro da Silveira Villela, disse que o pacote de consultas “é uma modalidade possível, válida e legal”. “Segundo ele, a agência não pode impor de antemão um modelo à iniciativa privada nem definir tabelas de preços dos procedimentos médicos, e por isso a melhor solução é a busca de diálogo”, frisa a publicação.

 

Deputada brasileira é eleita para comissão de direitos das pessoas com deficiência da ONU

 

A deputada federal Mara Gabrilli (PSDB) foi eleita nesta terça-feira (12) para integrar a Comissão da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Mara, que é tetraplégica, utiliza o mandato na Câmara para defender os direitos das pessoas com deficiência. Segundo o jornal O Globo, a parlamentar é autora do texto final da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, aprovada em 2015. Em entrevista, Mara afirmou que pretende trabalhar para facilitar o acesso das pessoas com deficiência a aparatos tecnológicos que facilitem o cotidiano. “As pessoas com deficiência precisam de tecnologias acessíveis. E, em qualquer lugar do mundo, esses equipamentos são muito caros. A gente precisa fazer acordos entre os países, os Estados-Partes, para desonerar esse tipo de equipamento. Porque uma cidade pode ter a acessibilidade que for, se as pessoas não tiverem equipamentos, a gente não consegue se mover”. O mandato da parlamentar no comissão vai de 2019 a 2022 e ela deverá atuar na Conferência dos Estados-Partes da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. “Nesse cargo, Mara terá a função de monitorar a implementação da Convenção da ONU no que diz respeito a esse público”, destaca a notícia.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Começou dia 1º de junho o período de credenciamento no PRONON e no PRONAS-PCD 

 

Ministério da Saúde – Vacinação contra a gripe termina nesta sexta (15)

 

Ministério da Saúde – 6ª Reunião Ordinária da CIT acontecerá excepcionalmente no período da tarde no dia 28/6

 

Fiocruz – Uso de opiáceos para combater dores crônicas cresce 465%

 

Fiocruz – Fiocruz traz Leonardo Boff para debate on-line sobre cuidados na saúde e sustentabilidade

 

Anvisa – Anvisa proíbe venda on-line de produtos clandestinos

 

Anvisa – Anvisa aprova indicação inédita para câncer de pulmão

 

Anvisa – Anvisa sedia Simpósio Novas Fronteiras Farmacêuticas

 

Anvisa – Anvisa recebe Auditoria da União Europeia

 

Anvisa – Anvisa aprova três novos medicamentos biológicos

 

ALESP – Destinação de R$ 120 mil para compra de uma ambulância em Jacupiranga

 

ALESP – Secretário da Saúde não tem projeto para retomar atendimento no Butantã

 

ALESP – Mutirões de cirurgias eletivas no Estado

 

Câmara dos Deputados – Seguridade discutirá proposta que regulamenta a profissão de biotecnologista

 

Câmara dos Deputados – MP questionará ANS sobre suposta falha na fiscalização de abuso de planos de saúde contra médicos

 

Senado Federal – Congresso é iluminado de rosa para conscientizar sobre doença pulmonar

 

Estado de S.Paulo – Justiça fixa em 5,72% teto para reajuste de planos individuais de saúde

 

Estado de S.Paulo – Médicos alemães descobrem novo tratamento para fascite plantar

 

Estado de S.Paulo – Médicos Sem Fronteiras alerta sobre situação de imigrantes

 

Estado de S.Paulo – O câncer bate à porta: a força para viver bem após o diagnóstico de câncer de mama metastático

 

Estado de S.Paulo – Cremesp vai apurar esterilização de mulher

 

Folha de S.Paulo – Em país que valoriza a velhice, idosos vivem com mais saúde

 

G1 – 35% das salas de vacinação no país precisam ‘abandonar’ carteirinha de papel e adotar novo sistema digital

 

G1 – 12,7 milhões de brasileiros têm até sexta-feira para tomar vacina contra a gripe

 

G1 – 35% das salas de vacinação no país precisam ‘abandonar’ carteirinha de papel e adotar novo sistema digital

 

G1 – Crioterapia: entenda o tratamento feito por Ana Furtado para evitar queda de cabelo causada pela quimioterapia

 

O Globo – Justiça fixa teto de 5,72% para aumento de planos de saúde individuais em 2018

 

O Globo – Deputada brasileira é eleita para comissão de direitos das pessoas com deficiência da ONU

 

O Globo – Tratamento promissor para o câncer é suspenso após piora de pacientes

 

O Globo – Estudo alerta para remédios que têm depressão como possível efeito colateral

 

Valor Econômico – Plano de saúde Assim busca cliente de alta renda

 

Zero Hora – Moradores já fizeram mais de 200 denúncias sobre focos de mosquito da dengue em Santiago

 

Zero Hora – Exame feito na gestação pode identificar cardiopatia congênita

 

Zero Hora – Veneno de cobra acelera queima de calorias em ratos

 

Zero Hora – Cirurgia pré-natal pode representar a cura para doenças sanguíneas congênitas

 

Zero Hora – Youtuber fala sobre risco de câncer após diagnóstico de gordura no fígado

 

Zero Hora – Justiça condena três planos de saúde em Caxias do Sul a devolver valor extra cobrado por partos

 

Correio Braziliense – Exame de sangue que detecta câncer chega a laboratórios em poucos anos

 

Correio Braziliense – Conselho de Medicina de SP apura esterilização de mulher sem consentimento

 

Correio Braziliense – Exame de sangue que detecta câncer chega a laboratórios em poucos anos

 

Correio Braziliense – Cirurgia inédita no Hospital de Base dá esperança a pacientes com câncer

 

Correio Braziliense – Reajuste dos planos de saúde individuais deve ser de 10%

 

Correio Braziliense – Este ano, 65% das mortes por influenza foram por complicações do vírus H1N1

 

El país – A crise que ameaça parar exames para câncer em várias partes do Brasil

 

Difusora 890 – Projeto ‘intestino gigante’ do Hospital Tacchini oferece exames gratuitos para rastreamento de doenças do intestino

 

O Girassol – Merck impulsiona a liderança de opinião na ética da edição de genomas

 

Governo do Estado da Bahia – Governo firma parceria para combate ao câncer de mama e do colo do útero

 

A Tribuna – Vital Brazil vai produzir medicamentos para tratamento do câncer

 

______________________________________________________

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.